Voltar ao Início

Você está em:

24 mil pessoas aguardam por transplante de córnea no Brasil

Dados são referentes aos atendimentos feitos no Sistema Único de Saúde (SUS) e nas redes privada e suplementar
Picture of Amanda Omura

Amanda Omura

Exatamente 24.319 pacientes estão na fila de espera por um transplante de córnea no Brasil – o número dobrou entre 2019 e 2022. É o que aponta um levantamento feito pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), com informações do Sistema Nacional de Transplantes (SNT). Apesar do aumento na lista, o volume de transplantes cresceu entre 2020 (pico da pandemia de Covid-19) e 2022: de 4.374 para 7.826 cirurgias, mas o número está abaixo do patamar pré-pandemia.

Veja alguns pontos apresentados pelo CBO:
Entre 2012 e 2022 foram realizados 86 mil transplantes de córnea no Brasil.
A fila de espera da cirurgia duplicou entre 2019 e 2022. Foi de 12.212 para 23.319. Em 2020, 16.337 aguardavam pelo transplante. Em 2021, esse número era de 20.134.
Em 2020 (o pico da pandemia), o número de transplantes atingiu o menor número da série histórica. Foram 4.374. Em 2022, o Brasil voltou a realizar mais de sete mil transplantes ao ano, mas o número ainda está abaixo dos anos pré-pandemia.
São Paulo é o estado com mais centros de referência para esse tipo de procedimento. No país, apenas Acre, Amapá e Roraima não possuem nenhum centro.
As mulheres são maioria quando o assunto é transplante de córnea só no Sudeste. Nas outras regiões, os homens prevalecem.

A córnea é um tecido transparente que fica na parte da frente do olho (para exemplificar, podemos compará-la ao vidro de um relógio ou a uma lente de contato). Se a córnea se opacifica (embaça) a pessoa pode ter a visão bastante reduzida ou, às vezes, até perder a visão.

De acordo com o Ministério da Saúde, o transplante permite que pessoas com alguma deficiência visual por problemas de córnea recuperem a visão.

Durante um transplante de córnea, o botão (ou disco) central da córnea opacificada (embaçada) é trocado por um botão central de uma córnea saudável. Esta cirurgia pode recuperar a visão em mais de 90% dos casos de pessoas que têm alguma deficiência visual por problemas de córnea.

Tempo de espera
Segundo o Sistema Nacional de Transplantes, o tempo de espera por um transplante de córnea é de 13,2 meses, em média. A lista é a mesma, não importando se o atendimento é realizado na rede pública ou privada.

Posts Relacionados

INSS alerta que salário-maternidade pode ser pedido gratuitamente e sem intermediários

INSS alerta que salário-maternidade pode ser pedido gratuitamente e sem intermediários

Solicitação pode ser feita pela própria trabalhadora pelo site do governo ou pelo aplicativo Meu INSS

Desmatamento tem queda de 40% na Amazônia, mas está em alta no Cerrado

Desmatamento tem queda de 40% na Amazônia, mas está em alta no Cerrado

Redução do desmatamento na Amazônia no primeiro trimestre é de 40% neste ano em comparação com o ano passado

Poder Público deve indenizar famílias de vítimas de tiroteios em operações policiais

Poder Público deve indenizar famílias de vítimas de tiroteios em operações policiais

Indenização não será devida se governos conseguirem provar que não houve participação de agentes de segurança em mortes

Brasil chega a 575 mil médicos ativos, vê número de mulheres aumentar e desigualdade persistir

Brasil chega a 575 mil médicos ativos, vê número de mulheres aumentar e desigualdade persistir

Dados mostram desigualdade na distribuição e fixação de profissionais, com menos médicos no interior e em cidades pequenas

Febre aftosa: 16 estados do Brasil e o DF não precisam mais vacinar bovinos contra a doença

Febre aftosa: 16 estados do Brasil e o DF não precisam mais vacinar bovinos contra a doença

Ministério da Agricultura reconheceu que unidades federativas estão livres da doença

Em 9 comunidades Yanomami, 94% dos indígenas têm alto nível de contaminação por mercúrio

Em 9 comunidades Yanomami, 94% dos indígenas têm alto nível de contaminação por mercúrio

Estudo coletou amostras de cabelo de 287 indígenas do subgrupo Ninam, e apontou que todos eles vivem sob exposição

Comissão de Anistia concede 1ª reparação coletiva, e Brasil pede desculpas a indígenas

Comissão de Anistia concede 1ª reparação coletiva, e Brasil pede desculpas a indígenas

Grupo foi perseguido, torturado e expulso de suas terras – crimes reconhecidos pela Comissão Nacional da Verdade

Pacientes buscam assistência jurídica para receber tratamento pelo SUS

Pacientes buscam assistência jurídica para receber tratamento pelo SUS

No Brasil, segundo Ministério da Saúde, 13 milhões de pessoas sofrem com alguma condição rara

pt_BRPortuguese