Voltar ao Início

Você está em:

81% da população brasileira acessou a internet em 2021, diz pesquisa

TIC Domicílios 2021 voltou à metodologia pré-pandemia e aponta crescimento no número de conectados em comparação à 2019
Amanda Omura

Amanda Omura

A internet foi acessada por 81% da população brasileira em 2021, segundo a pesquisa TIC Domicílios. O levantamento é feito anualmente pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br) e constatou que:

1/3 dos mais pobres não tem acesso à internet;
Acesso à internet na zona rural passou de 53% para 73% ;
50% dos brasileiros têm TV conectada à internet;
Faixa etária mais conectada é a de pessoas entre 16 e 24 anos;
Regiões Sul, Norte e Centro-Oeste têm os maiores índices de uso de internet no Brasil;
46% dos usuários compraram produtos e serviços pela internet;
70% dos usuários recorreram à internet para buscar informações ou serviços públicos.
A edição de 2020 da pesquisa, publicada no ano passado, também demonstrou que 81% da população tinha acesso à internet no Brasil. Mas aquele levantamento usou metodologia diferente para atender às necessidades de distanciamento no pico da pandemia de Covid-19, incluindo a coleta de dados por telefone.

Agora que a pesquisa voltou a ser feita pessoalmente, os pesquisadores do Cetic.br explicam que o ideal é comparar os novos resultados com a edição de 2019, que também teve essa metodologia. Assim, o grupo de usuários de internet no país cresceu 7 pontos percentuais em dois anos.

"A comparação com os resultados de 2020 deve ser feita com cautela. Em 2020, tanto o questionário quanto o método de coleta tiveram que ser adaptados para a emergência sanitária", explica Fábio Storino, coordenador da pesquisa do Cetic.br.

Estudo em mais de 20 mil casas
A pesquisa foi produzida pelo Cetic.br a partir de entrevistas feitas em 23.950 domicílios entre outubro de 2021 e março de 2022. A TIC Domicílios considerou dados de 21.011 dessas entrevistas (o restante foi destinado para uma pesquisa do Cetic.br sobre uso de internet por crianças e adolescentes).

Segundo Storino, diferenças em relação a 2020 podem ser atribuídas tanto para a pandemia quanto às mudanças na metodologia. Por isso, ele diz que "não é possível afirmar com segurança que houve queda na proporção de domicílios com conexão à internet ou na proporção de usuários de internet entre 2020 e 2021".

Posts Relacionados

Febre aftosa: 16 estados do Brasil e o DF não precisam mais vacinar bovinos contra a doença

Febre aftosa: 16 estados do Brasil e o DF não precisam mais vacinar bovinos contra a doença

Ministério da Agricultura reconheceu que unidades federativas estão livres da doença

Em 9 comunidades Yanomami, 94% dos indígenas têm alto nível de contaminação por mercúrio

Em 9 comunidades Yanomami, 94% dos indígenas têm alto nível de contaminação por mercúrio

Estudo coletou amostras de cabelo de 287 indígenas do subgrupo Ninam, e apontou que todos eles vivem sob exposição

Comissão de Anistia concede 1ª reparação coletiva, e Brasil pede desculpas a indígenas

Comissão de Anistia concede 1ª reparação coletiva, e Brasil pede desculpas a indígenas

Grupo foi perseguido, torturado e expulso de suas terras – crimes reconhecidos pela Comissão Nacional da Verdade

Pacientes buscam assistência jurídica para receber tratamento pelo SUS

Pacientes buscam assistência jurídica para receber tratamento pelo SUS

No Brasil, segundo Ministério da Saúde, 13 milhões de pessoas sofrem com alguma condição rara

Ministério da Saúde amplia vacinação da dengue para mais 154 cidades

Ministério da Saúde amplia vacinação da dengue para mais 154 cidades

Segundo a pasta, distribuição das doses começa a partir da nota técnica que será publicada nesta quarta (27)

Pé-de-Meia: alunos do ensino médio já podem consultar se foram contemplados

Pé-de-Meia: alunos do ensino médio já podem consultar se foram contemplados

Programa é voltado para alunos de 14 a 24 anos, regularmente matriculados no ensino médio da rede pública

Só 3 das 100 cidades mais populosas do país universalizaram saneamento básico

Só 3 das 100 cidades mais populosas do país universalizaram saneamento básico

Maringá (PR), São José do Rio Preto (SP) e Campinas (SP) são as únicas a ter ao menos 99% da população com acesso à água

Casos de tuberculose crescem quase 10% na cidade de SP; alta no estado foi de 7,1%

Casos de tuberculose crescem quase 10% na cidade de SP; alta no estado foi de 7,1%

Em todo o estado foram 20.547 registros oficiais da doença em SP no ano passado

pt_BRPortuguese