Voltar ao Início

Você está em:

Açúcar não é indicado para crianças com menos de 2 anos

De acordo com os especialistas, os resultados negativos não demoram a aparecer após o consumo precoce de açúcares
Amanda Omura

Amanda Omura

A introdução alimentar aos bebês começa após os seis meses de idade e alimentos ricos em açúcares não devem ser ofertados até, pelo menos, os 2 anos, de acordo com entidades médicas e o próprio Ministério da Saúde.

Contrariar essa diretriz pode provocar danos a longo prazo na saúde dos pequenos, tanto por favorecer o surgimento precoce de doenças quanto por virar motivo para uma recusa aos alimentos mais saudáveis.

Além do risco de surgimento de problemas de saúde, quanto antes se inicia o consumo de açúcar, maiores as chances de se desenvolver um paladar excessivamente voltado ao doce, cultivando uma preferência aos alimentos ultraprocessados.

Segundo o "Guia Alimentar para Crianças Brasileiras Menores de 2 anos", do Ministério da Saúde, "os açúcares, melado, rapadura e mel (…) não devem ser oferecidos para crianças menores de 2 anos". Os adoçantes também não são recomendados.

O Guia explica que o consumo precoce de açúcar:
aumenta a chance de ganho de peso excessivo durante a infância e, consequentemente, o desenvolvimento de obesidade e outras doenças na vida adulta;
pode provocar placa bacteriana entre os dentes e cárie;
pode fazer que a criança tenha dificuldade em aceitar verduras, legumes e outros alimentos saudáveis.

De acordo com os especialistas, os resultados negativos não demoram a aparecer após o consumo precoce de açúcares. Atualmente, é comum encontrar crianças com doenças crônicas típicas de adultos, fruto de uma dieta inadequada.

Entre elas, diabetes, hipertensão e obesidade são as enfermidades frequentemente associadas com esse tipo de dieta. Além dos danos óbvios ao organismo, afetam também o desenvolvimento físico e mental, tornando as crianças vulneráveis à depressão e ao isolamento social.

O Atlas Mundial da Obesidade aponta que, em 2030, o Brasil deve estar na quinta posição do ranking com o maior número de crianças e adolescentes com obesidade do mundo. Dados do Ministério da Saúde demonstram que, hoje, a cada dez crianças de 5 a 9 anos, três estão acima do peso.

No Guia Alimentar, divulgado pela pasta em 2021, é reforçado ainda que também não devem ser oferecidas preparações que contenham o ingrediente, como bolos, biscoitos, doces e geleias.

Naturais X Ultraprocessados
De acordo com os especialistas, o açúcar, a gordura e o sal são ingredientes comumente presentes nos ultraprocessados e os responsáveis por intensificar seu sabor.

O que são os ultraprocessados? Alimentos com formulações industriais à base de ingredientes extraídos ou derivados de alimentos (como óleos, gorduras, açúcar e amido modificado) ou sintetizados em laboratório (corantes, aromatizantes, realçadores de sabor, entre outros).

O resultado disso é uma reação do sistema neurológico, que aciona o mecanismo de recompensa ligado ao prazer. No caso das crianças, esse estímulo é ainda mais danoso, uma vez que todo seu sistema está em formação.

A alimentação ideal para os pequenos envolve frutas, legumes e vegetais oferecidos in natura, ou seja, aqueles obtidos diretamente de plantas ou de animais, sem sofrer qualquer alteração em sua composição.

Posts Relacionados

Por que os ‘supercochilos’ podem ser bons para sua saúde

Por que os ‘supercochilos’ podem ser bons para sua saúde

O supercochilo é uma tendência em crescimento em todo o mundo. Mas uma rápida soneca durante o dia realmente funciona?

Vermelhidão, ressecamento, lesões e coceira: pode ser dermatite atópica

Vermelhidão, ressecamento, lesões e coceira: pode ser dermatite atópica

A dermatite atópica também é conhecida como eczema atópico. De origem grega, o termo significa pele que ferve

Por que algumas pessoas se sentem cansadas o tempo todo?

Por que algumas pessoas se sentem cansadas o tempo todo?

Para algumas pessoas, não importa quanto tempo durmam, elas ainda se sentem cansadas e com pouca energia. Por quê?

Manual de sobrevivência para o carnaval: veja cuidados para evitar ressaca

Manual de sobrevivência para o carnaval: veja cuidados para evitar ressaca

Em tempos de carnaval, nada melhor do que curtir a folia ao máximo. Mas você pensa na sua saúde enquanto aproveita?

O que acontece com corpo quando se para de tomar café

O que acontece com corpo quando se para de tomar café

Costuma causar dor de cabeça, mas também melhora o humor, o sistema gastrointestinal e até a aparência

Dengue: quais são os sintomas e quando é hora de buscar um hospital

Dengue: quais são os sintomas e quando é hora de buscar um hospital

Brasil registrou explosão no número de casos de dengue nas duas primeiras semanas deste ano, com 55.859 casos prováveis

Colágeno: quais os efeitos reais do suplemento na pele?

Colágeno: quais os efeitos reais do suplemento na pele?

Apesar de ser um suplemento popular, o colágeno ainda carece de boas evidências científicas que respaldem o principal benefício

Por que devemos investir no consumo de frutas, legumes e verduras

Por que devemos investir no consumo de frutas, legumes e verduras

Alimentos contêm substâncias bioativas que ajudam no nosso metabolismo. Quanto mais colorido o prato, melhor

pt_BRPortuguese