Voltar ao Início

Você está em:

Antes de reunião com Biden, Lula se encontra com senador Bernie Sanders

Lula faz primeira viagem aos EUA neste terceiro mandato. Petista se reúne com presidente norte-americano em Washington
Amanda Omura

Amanda Omura

Em viagem oficial aos Estados Unidos, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) reuniu-se nesta sexta-feira (10) com o senador norte-americano Bernie Sanders. O senador fez carreira no partido Democrata, mas agora é independente.

Lula chegou nesta quinta-feira (9) a Washington, onde terá uma reunião com o presidente dos EUA, Joe Biden. É a primeira visita de Lula ao país depois que retornou ao Palácio do Planalto.

Em uma rede social, Lula afirmou que teve o "prazer de conhecer ao vivo" Sanders nesta sexta.

"Já tínhamos conversado em reunião por vídeo antes. Falamos sobre sobre democracia, movimento sindical e melhores direitos e empregos para trabalhadores", disse o presidente brasileiro.

Filiado ao mesmo partido de Joe Biden, Bernie Sanders se colocou como pré-candidato da legenda à presidência dos Estados Unidos em 2020. Ele disputaria as prévias contra Biden, mas desistiu de concorrer.

Sanders é representante da ala mais à esquerda do Partido Democrata, enquanto Biden é considerado como moderado.

O político é crítico de ações antidemocráticas como as vivenciadas nos Brasil e nos EUA nos governos de Jair Bolsonaro e Donald Trump, do Partido Republicano.

Mudanças climáticas
O senador norte-americano afirmou em uma rede social que discutiu com Lula a defesa da democracia, direitos de trabalhadores e mudanças climáticas.

Sanders se encontrou com Lula na Blair House, residência oficial na qual Lula está hospedado em Washington.

Após o encontro com o senador, Lula recebeu um grupo de deputados do Partido Democrata. Entre os presentes, estavam os parlamentares Pramila Jayapal, Alexandria Ocasio-Cortez (AOC) e Ro Khanna.

A reunião entre Lula e Biden, esperada desde que o petista derrotou Bolsonaro na eleição de 2022, está prevista para às 18h no horário de Brasília.

Depois da conversa com Sanders, Lula se encontrou também com outros parlamentares dos Estados Unidos.

Posts Relacionados

Toffoli cobra dados sobre atuação da Transparência Internacional na Lava Jato

Toffoli cobra dados sobre atuação da Transparência Internacional na Lava Jato

Ministro do STF diz ser preciso investigar se recursos públicos foram parar na ONG, que nega recebimento

Lula chama evento com Tarcísio em SP de ‘ato civilizatório’, e diz que dará ‘todo apoio’

Lula chama evento com Tarcísio em SP de ‘ato civilizatório’, e diz que dará ‘todo apoio’

Presidente e governador participaram de cerimônia sobre construção de túnel entre Santos e Guarujá

Bolsonaro pode ter recebido informações da Abin após ex-presidente deixar o cargo

Bolsonaro pode ter recebido informações da Abin após ex-presidente deixar o cargo

A suspeita é de que assessores de Carlos Bolsonaro pediam informações para o ex-diretor da Abin, Alexandre Ramagem

Governo estuda prorrogar GLO em portos e aeroportos por 6 meses

Governo estuda prorrogar GLO em portos e aeroportos por 6 meses

As Forças Armadas ganharam poder de polícia nos aeroportos, e nos portos a Marinha passou a monitorar os acessos

Lula conversa com presidente do Equador e oferece ajuda em crise de segurança

Lula conversa com presidente do Equador e oferece ajuda em crise de segurança

Há preocupação no Palácio do Planalto de que a escalada da violência atinja brasileiros que vivem no Equador

CGU conclui que é falso registro de que Bolsonaro teria se vacinado contra a Covid

CGU conclui que é falso registro de que Bolsonaro teria se vacinado contra a Covid

De acordo com a Controladoria, os resultados serão encaminhados às autoridades do estado e do município de São Paulo

Isenção fiscal para líderes religiosos tiraR$ 300 milhões dos cofres públicos

Isenção fiscal para líderes religiosos tiraR$ 300 milhões dos cofres públicos

Suspensão da regra que desonerava líderes religiosos abriu novo capítulo de desgaste com equipe econômica

G20 terá grupo de Empoderamento Feminino para discutir igualdade e misoginia

G20 terá grupo de Empoderamento Feminino para discutir igualdade e misoginia

Como Brasil preside grupo de países, debates serão coordenados pela ministra das Mulheres, Cida Gonçalves

pt_BRPortuguese