Voltar ao Início

Você está em:

Arroz branco ou integral? Lavar ou não lavar? Veja respostas

Alimento corresponde a 15% das calorias totais consumidas nos lares brasileiros, mas é considerado com baixo valor agregado
Amanda Omura

Amanda Omura

Onipresente no prato do brasileiro, o arroz é um dos alimentos mais consumidos no país. Embora seja unanimidade, não está livre de controvérsias. Quem já não ouviu: que "o integral é melhor do que o branco" ou que "não se deve lavar o arroz antes do preparo" ou ainda que, "por ser rico em carboidrato, deve ser cortado da dieta"? Mas não é bem assim. Confira o que dizem especialistas sobre essas e outras questões envolvendo o acompanhamento favorito de muitos.
De acordo com a Pesquisa de Orçamentos Familiares do IBGE mais recente, o arroz corresponde a 15% das calorias totais consumidas nos lares brasileiros, com quase 20 kg do cereal sendo comprados anualmente por domicílio.

O arroz integral é mesmo melhor do que o branco?
Do ponto de vista nutricional, sim! O arroz integral é muito mais rico em fibras do que o branco, o que auxilia no processo de digestão.

Os carboidratos são um dos principais compostos desse alimento, mas o arroz é um grão constituído por amido e também, em menores quantidades, por proteínas e fibras.

É considerado um alimento com bom balanço nutricional, com uma porção sendo capaz de fornecer em média 20% da energia e 15% da proteína per capita necessárias a um adulto.

Mas a composição e suas características nutricionais variam conforme os alguns fatores:
Diferenças próprias de cada tipo de arroz;
Variações do ambiente de cultivo;
Tipo de manejo e armazenamento.

Além disso, os nutrientes não são distribuídos de forma uniforme no grão. As camadas externas, por exemplo, apresentam maiores quantidades de proteínas e fibras.

O arroz branco deve ser cortado da dieta por causa do carboidrato?
Não. O arroz branco, é extremamente polido e mais processado, então nem sempre é a melhor alternativa. Mas também não pode ser demonizado.

No processo de produção do arroz, há etapas de refinamento que retiram a casca, fazendo com que ele perca boa parte das fibras e minerais.

De acordo com a Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (TACO), cada 100 gramas de arroz branco cozido contêm 28 gramas de carboidratos. Por ser rico nesses compostos, os nutricionistas recomendam que a ingestão do arroz branco seja associada a outros alimentos.

Nesse sentido, a combinação mais tradicional do prato brasileiro – arroz com feijão – é uma ótima alternativa. A professora doutora da Faculdade de Engenharia de Alimentos da Unicamp Cinthia Cazarin explica que a união desses dois alimentos é importante porque os nutrientes se complementam.

Posts Relacionados

Por que algumas pessoas se sentem cansadas o tempo todo?

Por que algumas pessoas se sentem cansadas o tempo todo?

Para algumas pessoas, não importa quanto tempo durmam, elas ainda se sentem cansadas e com pouca energia. Por quê?

Manual de sobrevivência para o carnaval: veja cuidados para evitar ressaca

Manual de sobrevivência para o carnaval: veja cuidados para evitar ressaca

Em tempos de carnaval, nada melhor do que curtir a folia ao máximo. Mas você pensa na sua saúde enquanto aproveita?

O que acontece com corpo quando se para de tomar café

O que acontece com corpo quando se para de tomar café

Costuma causar dor de cabeça, mas também melhora o humor, o sistema gastrointestinal e até a aparência

Dengue: quais são os sintomas e quando é hora de buscar um hospital

Dengue: quais são os sintomas e quando é hora de buscar um hospital

Brasil registrou explosão no número de casos de dengue nas duas primeiras semanas deste ano, com 55.859 casos prováveis

Colágeno: quais os efeitos reais do suplemento na pele?

Colágeno: quais os efeitos reais do suplemento na pele?

Apesar de ser um suplemento popular, o colágeno ainda carece de boas evidências científicas que respaldem o principal benefício

Por que devemos investir no consumo de frutas, legumes e verduras

Por que devemos investir no consumo de frutas, legumes e verduras

Alimentos contêm substâncias bioativas que ajudam no nosso metabolismo. Quanto mais colorido o prato, melhor

Os riscos de energéticos pré-treino com cafeína, que prometem resultado rápido

Os riscos de energéticos pré-treino com cafeína, que prometem resultado rápido

Vendidos em cápsulas ou como bebidas, os pré-treinos são turbinados com cafeína e vendidos sem prescrição médica

Qual a diferença entre compulsão alimentar e comer emocional

Qual a diferença entre compulsão alimentar e comer emocional

Comer emocional acontece quando, em uma ocasião determinada, se come mais do que se comeria normalmente

pt_BRPortuguese