Voltar ao Início

Você está em:

As consequências dos ataques dos Houthis

Petróleo, gás natural, grãos, brinquedos, eletrônicos e outros produtos podem demorar mais para chegar na Europa por cargueiros
Amanda Omura

Amanda Omura

Por causa de uma interrupção de fornecimento de matéria prima, a montadora de carros elétricos Tesla suspendeu as atividades de uma unidade na Alemanha entre os dias 29 de janeiro e 11 de fevereiro.

Petróleo, gás natural, grãos, brinquedos, eletrônicos e outros produtos que geralmente são levados até a Europa em cargueiros que atravessam o Canal do Suez podem demorar mais para chegar. Cerca de 12% do comércio global passa pelo canal, segundo a Associated Press.

Os ataques que os rebeldes houthis, do Iêmen, fazem a cargueiros comerciais no Mar Vermelho têm obrigado as empresas a mudar de rota, e isso está causando os atrasos.

Os navios da BP, uma das maiores empresas de transporte de petróleo do mundo, estão dando a volta no continente africano para evitar o Mar Vermelho.

Uma coalizão militar formada por Estados Unidos e Reino Unido atacou o Iêmen em resposta.

A importância do canal
Na ponta sul do Mar Vermelho fica o Golfo de Aden. Por lá, há passagem intensa de navios com destino ao Canal do Suez, que fica na ponta norte do Mar Vermelho. Essa é a principal rota entre a Ásia e a Europa.

Cerca de 40% do comércio entre os dois continentes passa pela área. Diversos tipos de produtos são transportados dessa forma, mas o principal é petróleo. Segundo a plataforma de agendamento de cargas Freithtos Groups, mais de 1 milhão de barris de petróleo passam pelo Canal de Suez por dia.

Cabo da Boa Esperança
Grandes empresas de de transporte, incluindo a Maersk, estão evitando o Mar Vermelho e enviando seus navios ao redor da África e do Cabo da Boa Esperança. Por causa disso, as viagens ficam mais demoradas (de uma a duas semanas, na média) e mais caras.

Pelo menos 90% dos navios que levam contêineres que costumavam atravessar o Canal de Suez agora estão seguindo rotas ao redor da ponta da África, afirmou Simon Heaney, gerente sênior de pesquisa de contêineres da Drewry, uma consultoria de pesquisa marítima.

Posts Relacionados

Tribunal dos EUA nega imunidade a Donald Trump

Tribunal dos EUA nega imunidade a Donald Trump

Corte de Apelações rejeitou pedido de advogados do ex-presidente de que ele gozava de proteção legal porque era presidente à época

El Salvador se consolida como regime de partido único

El Salvador se consolida como regime de partido único

Apesar da alta popularidade, presidente concentra poderes e anuncia a pulverização da oposição, com controle de 58 das 60 cadeiras

EUA discute sobre a responsabilização das big techs

EUA discute sobre a responsabilização das big techs

Mark Zuckerberg pediu desculpas a familiares de crianças e adolescentes afetadas por conteúdos de exploração sexual infantil

Agricultores impõem ‘cerco’ a Paris em protesto

Agricultores impõem ‘cerco’ a Paris em protesto

Agricultores pressionam governo para recuperar danos causados pela inflação e a guerra, além de políticas prejudiciais ao setor

Começa paralisação na Argentina contra Milei

Começa paralisação na Argentina contra Milei

Ato foi convocado pela maior central sindical do país e tem adesão de funcionários de bancos, comércio, setor bancário e caminhoneiros

Nikki Haley parte para o tudo ou nada contra Trump

Nikki Haley parte para o tudo ou nada contra Trump

Única desafiante ao ex-presidente na disputa republicana, ex-embaixadora da ONU passa a criticá-lo, para tentar reduzir a vantagem dele

Irã e Paquistão abrem diálogo por crise no Oriente

Irã e Paquistão abrem diálogo por crise no Oriente

Nesta semana, Paquistão disse que bombardeou base de grupo separatista em território iraniano, um dia após dizer ter sido atacado Irã

Otan convoca 90 mil soldados para exercício militar

Otan convoca 90 mil soldados para exercício militar

Aliança militar do Ocidente convoca 90 mil soldados de países membros e da Suécia para primeiro exercício militar de 2024

pt_BRPortuguese