Voltar ao Início

Você está em:

Braço direito de Mario Frias gasta R$ 20 mil em viagem de 5 dias e duas reuniões

André Porciúncula é subsecretário de Incentivo e Fomento à Cultura e responsável por novas regras da Lei Rouanet
Amanda Omura

Amanda Omura

O subsecretário de Incentivo e Fomento à Cultura, da Secretaria Nacional de Cultura, André Porciúncula, gastou R$ 20 mil em dinheiro público numa viagem de 5 dias a Los Angeles, em janeiro. A viagem teve duas reuniões de trabalho.

A informação foi publicada inicialmente no jornal "Folha de S. Paulo". Os dados constam também no Painel de Viagens, sistema do Ministério da Economia que computa viagens de servidores públicos.

Os R$ 20 mil gastos na viagem a Los Angeles se dividem em R$ 10 mil com passagens de ida e volta e R$ 10 mil com hospedagem. Havia outras pessoas na comitiva, mas o gasto de R$ 20 mil se refere exclusivamente a Porciúncula.

Porciúncula é braço direito do secretário nacional de Cultura, Mário Frias. Nas últimas semanas, ganhou repercussão uma viagem que Frias fez a Nova York, em dezembro de 2021.

Ele gastou R$ 39 mil em passagens e diárias, numa viagem de dois dias que tinha como objetivo oficial debater projeto na área de audiovisual com o lutador de jiu jitsu Renzo Gracie.
Procurada, a Secretaria Nacional de Cultura não havia se manifestado até a última atualização desta reportagem sobre a viagem de Porciúncula.

Porciúncula, ao lado de Frias, tem sido responsável por estabelecer novas regras da Lei Rouanet, que fomenta projetos artísticos. Segundo ele, o formato anterior facilitava o desperdício de dinheiro público.

A oposição quer que Frias explique, no Senado, os gastos da viagem. O Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União (TCU) defende uma investigação desse gasto.

Posts Relacionados

O que é o Sistema Nacional de Cultura, sancionado por Lula nesta semana

O que é o Sistema Nacional de Cultura, sancionado por Lula nesta semana

Mecanismo tem sido chamado de 'SUS da Cultura' e promete facilitar o acesso aos financiamentos no segmento

Em meio a crise na Petrobras, governo resolve pagar metade dos dividendos

Em meio a crise na Petrobras, governo resolve pagar metade dos dividendos

Com pagamento de aproximadamente R$ 20 bilhões, União terá direito a R$ 6 bilhões, valor que ajudará na meta fiscal

Haddad repete apelo por ‘pacto’ entre Poderes para cumprimento de metas

Haddad repete apelo por ‘pacto’ entre Poderes para cumprimento de metas

Pacheco, presidente do Senado, declarou a perda de validade de trechos da MP editada pelo governo para elevar receitas

Câmara aprova retrocessos na pauta ambiental e pode fragilizar prevenção

Câmara aprova retrocessos na pauta ambiental e pode fragilizar prevenção

Textos liberam garimpo em reservas, flexibilizam medidas contra incêndios e extinguem taxas que custeiam Ibama

No Brasil, Macron pretende negociar investimentos bilaterais

No Brasil, Macron pretende negociar investimentos bilaterais

Presidente francês passará por 4 cidades em 3 dias a partir da semana que vem; comitiva terá cerca de 140 empresários

Bloqueio no orçamento deve ser de menos de R$ 5 bilhões, diz Haddad a Lula

Bloqueio no orçamento deve ser de menos de R$ 5 bilhões, diz Haddad a Lula

Valor do bloqueio deve ficar em R$ 3 bilhões. Lula comemorou a notícia com os integrantes da equipe econômica

PF diz que Bolsonaro agiu com consciência e pediu falsificação de cartões de vacina

PF diz que Bolsonaro agiu com consciência e pediu falsificação de cartões de vacina

Relatório de inquérito indicia ex-presidente por associação criminosa e inserção de dados falsos em sistema

Governo deve realizar ações para proteção ao meio ambiente na Amazônia

Governo deve realizar ações para proteção ao meio ambiente na Amazônia

Executivo terá de apresentar plano para fiscalização, combate a crimes ambientais, e medidas para reduzir o desmatamento

pt_BRPortuguese