Voltar ao Início

Você está em:

Alunas celebram distribuição de absorventes em escolas municipais do Rio

Programa 'Livres para Estudar', da Secretaria Municipal de Educação, distribui 12,8 milhões de absorventes até maio
Picture of Amanda Omura

Amanda Omura

Para as meninas do 8º e 9º da Escola Municipal Vicente Licílio Cardoso, localizada no bairro Saúde, no Centro do Rio, a menstruação ainda é envolta por vergonha e insegurança. As amigas Ana, Bia, Nikoly, Letícia e Emily estão entre os 163 mil estudantes beneficiados pelo programa da Secretaria Municipal de Educação “Livres para Estudar”, que visa a distribuição de 12,8 milhões de absorventes descartáveis a 951 unidades de ensino da rede municipal até maio deste ano.
“Ter o absorvente aqui na escola vai ser uma libertação, porque muitas pessoas não têm condição de comprar. Vai ser uma ajuda e é muito importante. Acho que já tinha que ter há muito tempo”, diz Ana Beatriz Assumpção, de 15 anos.

Inês Resende, coordenadora pedagógica, explica que já era de praxe ter alguns pacotes guardados na secretaria. "Agora, a gente vai distribuir um pacotinho por mês para cada menina. É uma ação para que elas se sintam seguras dentro da escola".

A iniciativa inaugura o debate sobre a dignidade menstrual nas escolas da cidade e dá luz a uma temática pouco explorada nesse espaço.

Segundo uma pesquisa realizada pelo Unicef e o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), 71% dos entrevistados disseram que nunca tiveram aulas, palestras ou rodas de conversa sobre cuidados na menstruação no âmbito escolar.
"É pouco a escola só distribuir, mas é um caminho. É benéfico de qualquer forma, mas deveria ser mais distribuído e mais falado. O tabu está muito enraizado", complementa a aluna Nikoly Albuquerque, de 15 anos.

A falta de um item tão básico para a saúde de pessoas que menstruam pode levar ao absenteísmo, prejudicando o rendimento do estudante, ou até a evasão escolar. Uma em cada quatro mulheres já faltou à aula por não poder comprar absorventes. É o que mostra o levantamento feito por uma multinacional de produtos menstruais em parceria com a antropóloga Mirian Goldenberg.

"Eu estava na escola e a minha amiga não tinha ido a semana inteira. Eu perguntei pra ela: 'O que aconteceu? Por que você não veio?' Aí ela falou: 'Ah, eu tava menstruada, não tinha absorvente. Eu tive que ficar em casa'", conta Ana Beatriz Cândido, de 13 anos.

Muitas recorrem a soluções improvisadas para conter o sangramento menstrual, como o uso de papel higiênico, pedaços de pano, roupas velhas, jornal e até miolo de pão. Entre as consequências para a saúde estão alergias e infecções, como cistite e candidíase, ou até uma condição que pode levar à morte, conhecida como Síndrome do Choque Tóxico.

Posts Relacionados

Justiça proíbe derrubada de muro que dificulta acesso à praia no Pontal de Maracaípe

Justiça proíbe derrubada de muro que dificulta acesso à praia no Pontal de Maracaípe

Agência Estadual de Meio Ambiente deve comprovar se construção foi feita dentro do terreno privado

Nova carteira de identidade: três estados ainda não emitem documento

Nova carteira de identidade: três estados ainda não emitem documento

Previsão é de que Bahia, Roraima e Amapá comecem a emitir nova carteira de identidade ainda em junho

Litoral brasileiro: PEC das Praias pode ‘privatizar’ terrenos à beira-mar

Litoral brasileiro: PEC das Praias pode ‘privatizar’ terrenos à beira-mar

O texto no Senado foi discutido numa audiência pública. Ainda está longe de ser analisado por comissões e pelo plenário

Plano com metas da educação ‘caduca’ em julho; congresso deve prorrogar o atual

Plano com metas da educação ‘caduca’ em julho; congresso deve prorrogar o atual

Plano Nacional de Educação determina diretrizes, objetivos e estratégias para a política educacional a cada 10 anos

Enem 2024: inscrições começam nesta segunda; confira o cronograma completo

Enem 2024: inscrições começam nesta segunda; confira o cronograma completo

Todos os candidatos interessados em participar do Enem 2024 devem se inscrever. Provas serão aplicadas em 3 e 10 de novembro

DPVAT: quem tem que pagar e como vai funcionar a volta do seguro automotivo

DPVAT: quem tem que pagar e como vai funcionar a volta do seguro automotivo

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sancionou a lei que determina a volta da cobrança do seguro obrigatório de veículos terrestres, antes conhecido

Maioria dos hospitais privados de SP regista aumento de internações por dengue

Maioria dos hospitais privados de SP regista aumento de internações por dengue

A maioria dos hospitais particulares do estado de São Paulo registrou aumento de internações de pacientes por dengue e Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) nos

Meningite: DF registra 107 casos e 14 mortes em um ano

Meningite: DF registra 107 casos e 14 mortes em um ano

Doença pode causar sequelas além de haver risco de morte. Principal estratégia para prevenir é imunização

pt_BRPortuguese