Voltar ao Início

Você está em:

Conselho do governo define meta de descarbonização para 2023

Distribuidoras de combustíveis terão de comprar 37,47 milhões de créditos de descarbonização, 11,5% menor que o projetado
Picture of Amanda Omura

Amanda Omura

O Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) definiu nesta quinta-feira (8) as metas de descarbonização que as distribuidoras de combustíveis têm que cumprir em 2023, conforme prevê a lei do RenovaBio (Política Nacional de Biocombustíveis).

As empresas terão de adquirir 37,47 milhões de créditos de descarbonização, os chamados CBios, quantidade que posteriormente será desdobrada para cada distribuidor.

O valor é 11,5% menor que o projetado anteriormente pelo próprio conselho, quando a expectativa era que os créditos de CBios chegassem a 42,35 milhões em 2023, mas 4,1% maior que a meta deste ano, de 35,98 milhões de créditos.

Em nota, o Ministério de Minas e Energia diz que a meta definida observa os "interesses do consumidor e mantém o compromisso brasileiro com a redução das emissões de GEE da matriz de transportes".
"A decisão do conselho também coopera para a previsibilidade e sinaliza ao mercado de combustíveis a importância de aumentar a produção e a participação de biocombustíveis na matriz energética, visando à descarbonização e ao aumento da segurança energética", afirma o governo em nota.

Como funciona
As distribuidoras de combustíveis têm que comprar esses créditos de CBios como forma de compensar os combustíveis fósseis vendidos. É uma compra compulsória, que depois elas precisam comprovar.

Os créditos de CBios são emitidos por produtores de etanol e biodiesel. É uma forma de transferir recursos do setor fóssil para o de biocombustíveis. Em geral, cada crédito de CBio equivale a uma tonelada de carbono que deixou de ser emitida.

O atual governo é a favor de reduzir a meta de CBios devido ao custo desses créditos no mercado. As distribuidoras acabam repassando esse custo, o que afeta o preço do combustível vendido na bomba.

Mistura de biodiesel no diesel
Integrantes do governo de transição defendem aumentar no próximo ano o percentual obrigatório de biodiesel a ser acrescido ao óleo diesel vendido ao consumidor final.
Atualmente, a adição obrigatória de biodiesel está em 10%, abaixo do percentual estabelecido na Política Nacional de Biocombustíveis (RenovaBio). Foi uma das diversas medidas adotadas pelo atual governo para baixar o preço do diesel.

Posts Relacionados

Número de refugiados no Brasil aumenta 117% em 2023; venezuelanos e cubanos são maioria

Número de refugiados no Brasil aumenta 117% em 2023; venezuelanos e cubanos são maioria

Apenas no ano passado, 77.193 novas pessoas foram reconhecidas refugiadas pelo governo brasileiro

Senado deve votar regulamentação de cigarro eletrônico, apesar de Anvisa ter vetado

Senado deve votar regulamentação de cigarro eletrônico, apesar de Anvisa ter vetado

Senadores favoráveis argumentam que medida vai estabelecer regras para fiscalizar produto que é comercializado clandestinamente

Rodoviária de Porto Alegre reabre após ficar um mês fechada durante enchente

Rodoviária de Porto Alegre reabre após ficar um mês fechada durante enchente

Viagens interestaduais devem ser retomadas a partir do dia 13 de junho, de acordo com o governo do estado

Justiça proíbe derrubada de muro que dificulta acesso à praia no Pontal de Maracaípe

Justiça proíbe derrubada de muro que dificulta acesso à praia no Pontal de Maracaípe

Agência Estadual de Meio Ambiente deve comprovar se construção foi feita dentro do terreno privado

Nova carteira de identidade: três estados ainda não emitem documento

Nova carteira de identidade: três estados ainda não emitem documento

Previsão é de que Bahia, Roraima e Amapá comecem a emitir nova carteira de identidade ainda em junho

Litoral brasileiro: PEC das Praias pode ‘privatizar’ terrenos à beira-mar

Litoral brasileiro: PEC das Praias pode ‘privatizar’ terrenos à beira-mar

O texto no Senado foi discutido numa audiência pública. Ainda está longe de ser analisado por comissões e pelo plenário

Plano com metas da educação ‘caduca’ em julho; congresso deve prorrogar o atual

Plano com metas da educação ‘caduca’ em julho; congresso deve prorrogar o atual

Plano Nacional de Educação determina diretrizes, objetivos e estratégias para a política educacional a cada 10 anos

Enem 2024: inscrições começam nesta segunda; confira o cronograma completo

Enem 2024: inscrições começam nesta segunda; confira o cronograma completo

Todos os candidatos interessados em participar do Enem 2024 devem se inscrever. Provas serão aplicadas em 3 e 10 de novembro

pt_BRPortuguese