Voltar ao Início

Você está em:

Desmatamento tem queda de 40% na Amazônia, mas está em alta no Cerrado

Redução do desmatamento na Amazônia no primeiro trimestre é de 40% neste ano em comparação com o ano passado
Picture of Amanda Omura

Amanda Omura

Dados divulgados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) nesta sexta-feira (12) mostram que o desmatamento está em queda na Amazônia. No Cerrado, porém, os índices estão em alta.

Os números são referentes a março e ao primeiro trimestre deste ano. O levantamento é feito pelo Sistema de Detecção de Desmatamento em Tempo Real (Deter), que monitora em tempo real e emite alertas dos locais onde há derrubada de árvores para equipes de fiscalização.

Segundo a pesquisa, 162 km² de mata estiveram sob alerta de desmatamento na Amazônia em março deste ano. O número é 54,4% menor do que março do ano passado, quando foram registrados 356 km² de mata desmatada.
março de 2023: 356 km²
março de 2024: 162 km²
variação: queda de 54,5%
Comparando os primeiros trimestres, os alertas de desmatamento foram de 845 km² nos três primeiros meses de 2023, contra 507 km² neste ano - uma queda de 40%. Os números do primeiro trimestre deste ano são os menores desde 2017.
janeiro a março de 2023: 845 km²
janeiro a março de 2024: 507 km²
variação: queda de 40%

“Isso se dá principalmente ao aumento de fiscalização. O desmatamento estava muito alto, em um nível descontrolado. Então a presença do estado fazendo esse papel de fiscalização resultou nessa queda. Agora vai começar uma segunda fase, em que o governo precisa implementar políticas de valorização de atividades que não levem ao desmatamento. É preciso equilibrar a fiscalização com medidas menos impactantes de desmatamento”, explica Cláudio Almeida, coordenador do programa de monitoramento do Inpe.

Cerrado
O Inpe também faz o monitoramento do Cerrado, que está presente em 14 estados do país e no Distrito Federal. Neste caso, o desmatamento aumentou.

Em março deste ano o aumento foi de 23,8%.
março de 2023: 423 km²
março de 2024: 524 km²
variação: aumentou de 23,8%

Já em relação ao trimestre, a taxa de desmatamento no primeiro trimestre desde ano foi a maior para desde 2019. Em relação a 2023, o aumento foi de 4,1%.
janeiro a março de 2023: 1.417 km²
janeiro a março de 2024: 1476 km²
variação: aumento de 4,1%

Posts Relacionados

Número de refugiados no Brasil aumenta 117% em 2023; venezuelanos e cubanos são maioria

Número de refugiados no Brasil aumenta 117% em 2023; venezuelanos e cubanos são maioria

Apenas no ano passado, 77.193 novas pessoas foram reconhecidas refugiadas pelo governo brasileiro

Senado deve votar regulamentação de cigarro eletrônico, apesar de Anvisa ter vetado

Senado deve votar regulamentação de cigarro eletrônico, apesar de Anvisa ter vetado

Senadores favoráveis argumentam que medida vai estabelecer regras para fiscalizar produto que é comercializado clandestinamente

Rodoviária de Porto Alegre reabre após ficar um mês fechada durante enchente

Rodoviária de Porto Alegre reabre após ficar um mês fechada durante enchente

Viagens interestaduais devem ser retomadas a partir do dia 13 de junho, de acordo com o governo do estado

Justiça proíbe derrubada de muro que dificulta acesso à praia no Pontal de Maracaípe

Justiça proíbe derrubada de muro que dificulta acesso à praia no Pontal de Maracaípe

Agência Estadual de Meio Ambiente deve comprovar se construção foi feita dentro do terreno privado

Nova carteira de identidade: três estados ainda não emitem documento

Nova carteira de identidade: três estados ainda não emitem documento

Previsão é de que Bahia, Roraima e Amapá comecem a emitir nova carteira de identidade ainda em junho

Litoral brasileiro: PEC das Praias pode ‘privatizar’ terrenos à beira-mar

Litoral brasileiro: PEC das Praias pode ‘privatizar’ terrenos à beira-mar

O texto no Senado foi discutido numa audiência pública. Ainda está longe de ser analisado por comissões e pelo plenário

Plano com metas da educação ‘caduca’ em julho; congresso deve prorrogar o atual

Plano com metas da educação ‘caduca’ em julho; congresso deve prorrogar o atual

Plano Nacional de Educação determina diretrizes, objetivos e estratégias para a política educacional a cada 10 anos

Enem 2024: inscrições começam nesta segunda; confira o cronograma completo

Enem 2024: inscrições começam nesta segunda; confira o cronograma completo

Todos os candidatos interessados em participar do Enem 2024 devem se inscrever. Provas serão aplicadas em 3 e 10 de novembro

pt_BRPortuguese