Voltar ao Início

Você está em:

Com Minha Casa, Minha Vida, financiamento imobiliário pelo FGTS cresce 59%

O total de crédito imobiliário somou 251 bilhões de reais em 2023, representando um aumento de 4%
Amanda Omura

Amanda Omura

A retomada do programa Minha Casa, Minha Vida em 2023, impulsionado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, contribuiu para um aumento significativo nos financiamentos imobiliários feitos com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Os dados divulgados pela Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip) revelaram que os empréstimos para compra de imóveis pelo FGTS atingiram um recorde, totalizando 98 bilhões de reais no ano passado, um aumento de 59% em relação a 2022.

Crescimento e impacto no mercado imobiliário
O total de crédito imobiliário somou 251 bilhões de reais em 2023, representando um aumento de 4% em comparação com o ano anterior. Este crescimento foi responsável pela comercialização de quase 1 milhão de unidades, consolidando-se como o segundo melhor ano, em termos de valores, desde 2006.

Os financiamentos feitos com recursos da poupança, no entanto, apresentaram uma queda de 15% no ano passado, totalizando 153 bilhões de reais e financiando a aquisição de 500 mil casas e apartamentos. Por outro lado, os créditos concedidos pelo FGTS financiaram outras 494 mil unidades, destacando o impacto significativo do programa Minha Casa, Minha Vida no mercado imobiliário.

Desafios e mudanças no cenário econômico
Em um ano em que a poupança teve resgates líquidos e a taxa Selic estava em um patamar elevado, houve um movimento de saídas de depósitos em poupança, o que impactou nos empréstimos. No entanto, o presidente da Abecip, Sandro Gama, destacou que as saídas da poupança diminuíram em comparação com 2022, e que esse cenário tende a se reverter com a redução da Selic.

Nova abordagem do Programa Minha Casa, Minha Vida
Em 2023, o presidente Lula reintroduziu o Minha Casa, Minha Vida, substituindo o antigo Casa Verde Amarela do governo de Jair Bolsonaro. O programa foi reformulado, com mais verba e novas regras que ampliaram as possibilidades de contemplação de famílias e imóveis. As mudanças incluem a disponibilidade de compra de imóveis de até 350 mil reais e a inclusão de famílias com renda de até 8 mil reais, oferecendo financiamentos com juros mais baixos e subsídios para famílias de baixa renda.

Para 2024, os valores previstos pelo FGTS para os programas sociais já passam dos 100 bilhões de reais, demonstrando um compromisso contínuo com a habitação popular.

Investimento
Segundo o Ministério das Cidades, os investimentos, apenas para este ano, são de 117 bilhões de reais, sendo a maior parte — 104,6 bilhões de reais –, custeada com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O restante é financiado com recursos do próprio governo, via Orçamento Geral da União.

Posts Relacionados

Juros mais baixos e alta de emplacamentos: vai ficar mais fácil comprar um carro zero?

Juros mais baixos e alta de emplacamentos: vai ficar mais fácil comprar um carro zero?

Segmento acredita em crescimento de dois dígitos, com juros mais baixos para o financiamento

‘Fantasia não é convite’: veja dicas de proteção e ações contra assédio no carnaval do Rio

‘Fantasia não é convite’: veja dicas de proteção e ações contra assédio no carnaval do Rio

'Período de muita alegria, mas não de abuso. Todas as leis continuam valendo', diz a comandante da Ronda Maria da Penha

Gastos de turistas no Brasil em 2023 superam ano de Copa e chegam a US$ 6,9 bilhões

Gastos de turistas no Brasil em 2023 superam ano de Copa e chegam a US$ 6,9 bilhões

Até então, recorde havia sido registrado em 2014, quando turistas gastaram US$ 6,8 bilhões

Governo quer diferenciar empresas que são boas pagadoras e fixar regras

Governo quer diferenciar empresas que são boas pagadoras e fixar regras

Segundo Barreirinhas, a proposta também buscará mapear as companhias com benefícios fiscais

Salário mínimo com valor reajustado passa a ser pago a partir desta semana

Salário mínimo com valor reajustado passa a ser pago a partir desta semana

Valor de R$ 1.412 começou a valer em janeiro de 2024, mas só será pago agora, em fevereiro

Com Minha Casa, Minha Vida, financiamento imobiliário pelo FGTS cresce 59%

Com Minha Casa, Minha Vida, financiamento imobiliário pelo FGTS cresce 59%

O total de crédito imobiliário somou 251 bilhões de reais em 2023, representando um aumento de 4%

Poder de compra do brasileiro foi corroído quase que pela metade em 10 anos

Poder de compra do brasileiro foi corroído quase que pela metade em 10 anos

Salário teria que quase dobrar para conseguir adquirir a mesma quantidade de itens que em 2013

Imposto de Renda: quem ganha dois salários mínimos voltará a pagar; entenda por quê

Imposto de Renda: quem ganha dois salários mínimos voltará a pagar; entenda por quê

Segundo os auditores, a retomada da cobrança é consequência do reajuste do salário mínimo

pt_BRPortuguese