Voltar ao Início

Você está em:

Começa a reconstrução da ponte da Crimeia

Única ligação por terra entre Rússia e a Crimeia, península ucraniana, ponte foi atingida por explosões há quase uma semana
Amanda Omura

Amanda Omura

O governo da Rússia anunciou nesta sexta-feira (14) que a ponte da Crimeia, atingida por explosões há quase uma semana, será reconstruída até 1º de julho de 2023.

A ponte é a única ligação por terra entre território russo e a Crimeia , península ucraniana anexada pela Rússia em 2014, e foi inaugurada pelo próprio presidente russo, Vladimir Putin, em 2018. No último sábado, um trecho dela foi atingido por uma série de explosões que Moscou atribuiu ao governo ucraniano. Kiev não se pronunciou.

O governo definiu a data no fim do contrato estatal para a execução das obras, segundo uma ordem assinada pelo primeiro-ministro russo, Mikhail Mishustin.

O Serviço Federal de Segurança (FSB) da Rússia classificou a explosão de "ataque terrorista" e afirmou que o ataque foi executado pelos serviços ucranianos de inteligência.

De acordo com o FSB, um agente de Kiev organizou o transporte dos explosivos por vários países e entrou em contato com vários intermediários. O governo da Ucrânia negou.
Como represália, a Rússia bombardeou várias cidades da Ucrânia na segunda-feira (10) e na terça-feira (11). O principal ataque foi a Kiev, que vinha sendo poupada de bombardeios russos havia meses. Mísseis também atingiram infraestruturas de energia e provocaram cortes de eletricidade e de água em todo o país.

Na quarta-feira (13), o FSB anunciou a detenção de oito pessoas - cinco russos e três cidadãos ucranianos e armênios - suspeitos de participar no ataque.

A ponte da Crimeia é também a principal via de abastecimento das tropas russas que lutam na Ucrânia. Por isso, uma grande fila de caminhões e carros tem se formado no acesso à ponte pela Rússia, nesta semana. Imagens de satélite mostram o engarrafamento. Após as explosões, a ponte ficou interditada, mas o trânsito no local foi parcialmente restabelecido.

Posts Relacionados

Terremoto de 4,8 de magnitude atinge Nova York

Terremoto de 4,8 de magnitude atinge Nova York

A profundidade do terremoto, de acordo com a USGS, foi de 5 quilômetros abaixo da superfície -- uma profundidade considerada baixa

Blinken diz que Ucrânia vai ser membro da Otan

Blinken diz que Ucrânia vai ser membro da Otan

Ele também afirmou que apoiar a Ucrânia é importante porque os russos estão recebendo ajuda para aumentar sua indústria de defesa

Pressionado, Netanyahu endurece o discurso

Pressionado, Netanyahu endurece o discurso

O primeiro-ministro de Israel é pressionado pela antecipação de eleições gerais e pela crise deflagrada em sua coligação extremista

Ataque destrói consulado iraniano na Síria

Ataque destrói consulado iraniano na Síria

A Guarda Revolucionária do Irã anunciou que sete de seus membros, entre eles três comandantes, morreram no bombardeio

Na Faixa de Gaza, 12 pessoas morrem afogadas

Na Faixa de Gaza, 12 pessoas morrem afogadas

Os Estados Unidos optaram por jogar caixas de aviões porque há dificuldades para entrar com caminhões na Faixa de Gaza

Rússia e China vetam proposta dos EUA de cessar-fogo

Rússia e China vetam proposta dos EUA de cessar-fogo

Ao justificar seu voto, o embaixador da Rússia na ONU, Vassily Nebenzia, acusou os Estados Unidos de falsas promessas

Regime cubano tenta aplacar a ira da população

Regime cubano tenta aplacar a ira da população

As manifestações populares foram contidas pela repressão policial, em sincronia com o bloqueio imediato do serviço de internet

O que esperar do triunfo eleitoral de Putin?

O que esperar do triunfo eleitoral de Putin?

Presidente russo usará reeleição com supostos 87,2% dos votos como demonstração da unidade nacional para prolongar guerra

pt_BRPortuguese