Voltar ao Início

Você está em:

Como viagens longas podem aumentar o risco de embolia pulmonar

Segundo o médico, o recomendado é não passar mais de três horas na mesma posição, sem se movimentar
Amanda Omura

Amanda Omura

A fisioterapeuta Flávia Rezende, 45 anos, morreu durante um voo para Tóquio, no Japão. Segundo a família, ela ia ao país para turismo, mas teve uma embolia pulmonar durante a viagem.

Segundo especialistas, a causa da embolia é a trombose venosa profunda, que acontece pela má circulação sanguínea.

Doenças vasculares, cardíacas e obesidade são fatores de risco. No entanto, o que os especialistas dizem é que uma condição em que a pessoa fica muitas horas sentada e pode colocar qualquer um em risco.

Flávia embarcou de Vitória, no Espírito Santo, para Tóquio, um percurso de mais de 30 horas, incluindo conexões. O médico reforça que viagens de dez horas, sejam elas de avião, ônibus ou carro, podem gerar risco à circulação sanguínea.

Como a trombose e a embolia acontecem?
O diretor do departamento de pneumologia do InCor, Carlos de Carvalho, explica que, nesses casos, a circulação do sangue fica “represada” nos membros inferiores.

O sangue circula pelas veias do corpo todo.
Quando ficamos muito tempo sentados, as veias ficam comprimidas, causando coágulos nos membros inferiores.

"Quando ficamos sentados, a perna fica dobrada na região do joelho. Com isso, os vasos que temos nessa região ficam espremidos e o sangue tem dificuldade de circular do pé para a parte superior do corpo. Com isso, ele coagula, causando a trombose." — Carlos de Carvalho, diretor do departamento de pneumologia do InCor.

A embolia é o processo seguinte, que ocorre com o coágulo quando ele sai dessa região e chega aos pulmões.

O pneumologista explica que, depois de horas, a pessoa pode se levantar e, com a pressão do sangue, o coágulo sobe. É nesse processo, que ocorre a embolia.

“O coágulo sobe, passa pelo coração e, quando chega aos pulmões, causa a embolia. Isso porque o pulmão tem veias muito finas, que acabam entupidas pelo coágulo. Quando isso acontece, é letal”, explica Carlos de Carvalho.

Isso pode acontecer com qualquer pessoa?
O médico explica que depende de condições de saúde, mas em períodos muito longos sentada, qualquer pessoa pode correr o risco.

“A partir do momento que fica sentado por muitas horas na mesma posição, com as pernas dobradas e dificultando a circulação, pode acontecer”, explica Carlos de Carvalho.
Ele orienta que as pessoas fiquem atentas a sinais como:
Pernas com sinais roxos
Inchaço
Dores nas pernas

O que fazer para evitar a trombose?
Segundo o médico, o recomendado é não passar mais de três horas na mesma posição, sem se movimentar.

Ele indica que, em aviões e ônibus, as pessoas levantem e se alonguem. Caso vá dormir, o ideal é que a pessoa acorde nessa janela de tempo para se alongar.

Posts Relacionados

Por que o álcool é tão perigoso para o cérebro dos jovens

Por que o álcool é tão perigoso para o cérebro dos jovens

O álcool é uma toxina. Seus riscos incluem acidentes, doenças do fígado e muitos tipos de câncer, até em pequenas quantidades

Candidíase em homens: como surge a infecção que causa coceira e manchas

Candidíase em homens: como surge a infecção que causa coceira e manchas

A 'Candida albicans' é um tipo de fungo que normalmente coexiste em equilíbrio na microbiota humana, e faz parte do corpo

Cosméticos: quais substâncias nossa pele consegue ou não absorver

Cosméticos: quais substâncias nossa pele consegue ou não absorver

Marketing traz apelo de várias substâncias com promessas de resultados, mas nem tudo é absorvido pela pele

A teoria do ‘útero errante’ que deu origem ao ultrapassado conceito de histeria

A teoria do ‘útero errante’ que deu origem ao ultrapassado conceito de histeria

Esta crença existiu há mais de 2,4 mil anos, mas o paradigma sobre como o suposto 'animal' afetava o corpo se manteve

Psicóloga incentiva adultos a cuidarem de sua criança interior para superar traumas

Psicóloga incentiva adultos a cuidarem de sua criança interior para superar traumas

Com mais de 8 milhões de seguidores, Nicole Lepera fala sobre como os traumas influenciam a vida adulta em vídeos

Álcool, cravo e óleo de citronela: os repelentes caseiros funcionam contra a dengue?

Álcool, cravo e óleo de citronela: os repelentes caseiros funcionam contra a dengue?

Sem comprovação de eficácia, produtos não são aprovados pela Anvisa e podem causar alergias em contato com a pele

O que a maior revisão de estudos sobre comidas ultraprocessadas revelou

O que a maior revisão de estudos sobre comidas ultraprocessadas revelou

Ultraprocessados, como cereais matinais e refrigerantes, foram associados a 32 efeitos prejudiciais à saúde

Procrastinação: por que algumas pessoas “enrolam” mais do que as outras?

Procrastinação: por que algumas pessoas “enrolam” mais do que as outras?

Por que adiamos declaração de imposto de renda ou fazer faxina? Por que algumas pessoas "enrolam" mais do que as outras?

pt_BRPortuguese