Voltar ao Início

Você está em:

Conmebol estuda o que fazer com placas na taça da Libertadores

Neste momento, há mais dois espaços para receber as plaquinhas (para os campeões das edições de 2023 e 2024)
Amanda Omura

Amanda Omura

A taça da Conmebol Libertadores está prestes a ganhar mais uma placa para a coleção. No dia 4 de novembro, no Maracanã, Fluminense e Boca Juniors lutam por um lugar na base do troféu. Festa para uns, preocupação para outros. Isso liga o alerta na Conmebol, já que vê o objeto chegando ao limite para receber novos campeões. Porém, o que a entidade sul-americana pensa a respeito?

Conmebol já estuda as opções para seguir, mas não tem pressa para bater o martelo. Neste momento, há mais dois espaços para receber as plaquinhas (para os campeões das edições de 2023 e 2024). Depois disso, a entidade terá que tomar uma decisão. Assim, algumas possibilidades são trabalhadas:
Aumentar a base da taça e permitir a entrada de mais placas ao redor dela;
Diminuir o tamanho das placas e permitir que novas peças sejam adicionadas;
Parar de adicionar placas e começar o troféu do zero.
A Conmebol ainda terá dois anos para pensar a respeito.

Fluminense e Boca Juniors se enfrentam na final da Conmebol Libertadores, às 17h (de Brasília), no Maracanã, em jogo único, no dia 4 de novembro. Empate no tempo regulamentar leva a partida para a prorrogação e, depois, para os pênaltis se persistir a igualdade.

Fluminense dá prioridade a plano popular
Em meio a discussões sobre elitização do futebol, o Fluminense tomou uma decisão mirando um de seus planos de sócio mais populares. A venda de ingressos para a final da Conmebol Libertadores, entre Fluminense e Boca Juniors, marcada para 4 de novembro, começa nesta segunda-feira, às 15h, e o torcedor do plano Leste Raiz, que paga mensalmente R$ 35, terá prioridade 1 para adquirir o bilhete.

Para se associar nesta categoria, é preciso ser maior de idade e receber até R$ 1.500 — a adesão é presencial na sede do clube para que sejam apresentados os documentos para comprovação de renda. Ele faz parte de uma política do clube de dar espaço a sócios e torcedores de diferentes condições financeiras e sociais.

O Fluminense argumenta que o plano foi pensado para contemplar a todos, mas a decisão chama a atenção por se tratar de uma final de Libertadores.

Posts Relacionados

Mercedes está aberta a receber Sebastian Vettel de volta à F1

Mercedes está aberta a receber Sebastian Vettel de volta à F1

Chefe da equipe alemã, Toto Wolff afirmou que o tetracampeão é alguém "que nunca se pode descartar"; em entrevista recente

Vasco ainda sonha com Marlon Freitas e tem outras duas negociações

Vasco ainda sonha com Marlon Freitas e tem outras duas negociações

A resposta sobre a proposta de R$ 12 milhões pelo volante não foi oficialmente recusada pelo SAF alvinegra, e ainda há conversas

Palmeiras inicia busca para se isolar como maior brasileiro na Libertadores

Palmeiras inicia busca para se isolar como maior brasileiro na Libertadores

Verdão estreia na competição continental nesta quarta-feira, mas deve poupar titulares por estar entre as finais do Paulistão

Landim diz que possível saída do Flamengo afetará Gabigol

Landim diz que possível saída do Flamengo afetará Gabigol

Presidente responde a questionamentos em grupo de WhatsApp com aliados políticos sobre renovação do atacante: "Não seremos reféns"

Dorival aprova início pela Seleção:”O Brasil sai daqui com saldo positivo”

Dorival aprova início pela Seleção:”O Brasil sai daqui com saldo positivo”

Essa é a segunda punição do Peixe; a primeira, pelo não pagamento do técnico Fabián Bustos, foi resolvida após quitação dos R$ 4,7 milhões

Após demissão de Mattos, Rodrigo Pelaipe pede para sair do Vasco

Após demissão de Mattos, Rodrigo Pelaipe pede para sair do Vasco

O dirigente entendeu que não havia mais condição de continuar no clube, já que ele foi contratado pelo agora ex-diretor do clube

Com estreia do Flamengo na Libertadores no dia 2, final do Carioca será no sábado

Com estreia do Flamengo na Libertadores no dia 2, final do Carioca será no sábado

Como o primeiro jogo do Rubro-Negro está marcado para uma terça, a partida número 1 com o Nova Iguaçu será dia 30 de março

Atlético-MG descarta priorizar estreia na Libertadores em meio às finais do Mineiro

Atlético-MG descarta priorizar estreia na Libertadores em meio às finais do Mineiro

Victor Bagy destaca logística complicada para enfrentar o Caracas na Venezuela e cita importância das duas competições para o clube

pt_BRPortuguese