Voltar ao Início

Você está em:

Contas do governo central devem voltar ao azul neste ano, mas melhora pode ser pontual

Com avanço da arrecadação, governo central deve ter primeiro superávit desde 2013
Amanda Omura

Amanda Omura

A melhora da situação fiscal do Brasil já leva parte do mercado a projetar que as contas do governo central (que reúne Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central) vão fechar no azul neste ano. Se confirmado, será o primeiro resultado positivo desde 2013.

O cenário mais positivo fica evidente no relatório Prisma Fiscal, elaborado todo mês pelo Ministério da Economia com base nas projeções de analistas. No levantamento de agosto, o último publicado, a previsão para o resultado primário deste ano é de um superávit de R$ 4,6 bilhões – em janeiro, era de um déficit de R$ 88,7 bilhões.

O que os analistas dizem, no entanto, é que o resultado positivo previsto para 2022 pode ser apenas pontual. Para 2023, início do próximo governo, a expectativa das instituições financeiras é de um rombo de R$ 30 bilhões.
"Para 2023, o cenário (das contas públicas) parece mais difícil. Estamos com uma projeção de desempenho para o PIB bem pior. Em 2022, o país deve crescer 2%, mas, no ano que vem, deve avançar apenas 0,5%", afirma Luciano Sobral, economista-chefe da Neo Investimentos. "Mas mais importante do que o número é a direção. Há um esgotamento do que causou o crescimento (de arrecadação) deste ano."

Em 2022, as contas públicas têm sido ajudadas, sobretudo, por uma arrecadação recorde. No primeiro semestre, em valores corrigidos pela inflação, ela somou R$ 1,1 trilhão, o que representa alta real de 11% na comparação com o mesmo período do ano passado. Foi o melhor resultado desde 1995, quando tem início a série histórica do Tesouro Nacional.

O governo tem conseguido arrecadar mais por uma combinação de três fatores. São eles:
Retomada da economia com a reabertura pós-pandemia e a melhora nas expectativas para a atividade. No início do ano, os economistas previam que o Produto Interno Bruto (PIB) ficaria praticamente estagnado neste ano. Agora, projetam uma alta de 2%;
Avanço dos preços das commodities no cenário internacional. O Brasil é um grande exportador de produtos básicos, como soja e minério de ferro, e se beneficia toda vez que os preços desses itens sobem no mercado internacional; e
Inflação. O valor dos produtos aumenta e, consequentemente, o governo arrecada mais, já que grande parte dos impostos é cobrada como uma porcentagem do valor pago.

Na quarta-feira (17), a Instituição Fiscal Independente (IFI) divulgou um relatório no qual engrossou as apostas por um superávit primário do governo central neste ano. O órgão ligado ao Senado Federal passou a projetar um superávit de R$ 27 bilhões – dado ainda mais otimista que o do Prisma do Ministério da Economia –, ante uma estimativa anterior de déficit de R$ 40,9 bilhões.

Posts Relacionados

Autuações da Receita Federal batem recorde e somam R$ 225 bilhões em 2023

Autuações da Receita Federal batem recorde e somam R$ 225 bilhões em 2023

Valor é 65% maior que o volume de autuações de 2022 e coincide com esforço por maior arrecadação

De olho na popularidade, Lula prepara obras do PAC com foco na população de baixa renda

De olho na popularidade, Lula prepara obras do PAC com foco na população de baixa renda

Governo quer aprovar medidas econômicas, como a criação de uma linha de crédito para CadÚnico

Supermercados propõe que sejam desonerados na cesta básica foie gras, bacalhau e trufas

Supermercados propõe que sejam desonerados na cesta básica foie gras, bacalhau e trufas

A discussão sobre quais produtos serão contemplados com quais benefícios ainda não foi feita

Governo estuda medidas para custear parte das tarifas e reduzir conta de luz dos consumidores

Governo estuda medidas para custear parte das tarifas e reduzir conta de luz dos consumidores

Segundo o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, três sugestões foram levantadas

Criação de empregos formais soma 306 mil em fevereiro, com aumento de 21,2%

Criação de empregos formais soma 306 mil em fevereiro, com aumento de 21,2%

Expectativa do governo é de que cerca de 43 mil famílias sejam beneficiadas pela medida

Imposto de Renda 2024: sou MEI, como faço minha declaração?

Imposto de Renda 2024: sou MEI, como faço minha declaração?

MEIs precisam fazer duas declarações diferentes: a tradicional e o faturamento da empresa

Desenrola: Correios e a Serasa promovem megafeirão de renegociação nesta quinta

Desenrola: Correios e a Serasa promovem megafeirão de renegociação nesta quinta

Segundo a Fazenda, mais de 12,2 milhões de pessoas já foram beneficiadas pelo Desenrola Brasil

Governo atrasa, e Haddad diz que reforma do Imposto de Renda será feita em etapas

Governo atrasa, e Haddad diz que reforma do Imposto de Renda será feita em etapas

Quando foi promulgada a reforma, Congresso estipulou 90 dias para apresentação de reforma do IR

pt_BRPortuguese