Voltar ao Início

Você está em:

Corinthians aumenta receitas em 2021, mas endividamento chega a R$ 1 bilhão

Resultado é festejado internamente principalmente por acontecer num ano em que o clube praticamente não negociou atletas
Amanda Omura

Amanda Omura

Balanço financeiro enviado aos conselheiros do Corinthians mostra que o clube ampliou receitas e cortou despesas em 2021 para voltar a fechar as contas no azul – depois de quatro anos seguidos de déficit. O Timão encerrou a temporada passada com um superávit de R$ 5,69 milhões.
O resultado é festejado internamente no Corinthians principalmente por acontecer num ano em que o clube praticamente não negociou atletas. A receita com repasse de direitos econômicos foi de apenas R$ 28,2 milhões, o que representa R$ 161 milhões a menos do que em 2020.

O endividamento alvinegro, porém, segue em patamar elevado, de R$ 1 bilhão. Tal montante não engloba os valores do financiamento da Neo Química Arena. O Corinthians tem acordo encaminhado com a Caixa Econômica Federal para pagar R$ 569 milhões em 20 anos – R$ 300 milhões serão abatidos com o valor que o clube receberá pela venda do nome do estádio.
No curto prazo (vencimento de até um ano), a dívida do Corinthians é de R$ 568,1 milhões. Isso engloba empréstimos, obrigações com fornecedores, direitos de imagem atrasados, encargos sociais, impostos, entre outros.
Tal montante é maior do que toda a receita líquida projetada para a temporada 2022 (R$ 561,6 milhões). Sendo assim, a diretoria alvinegra deve buscar renegociações com credores para prolongar o prazo de pagamento.
Tamanho endividamento gera um custo elevado do Corinthians com despesas financeiras. O clube prevê gastar R$ 81 milhões com juros neste ano.

O restante da dívida precisa ser pago a longo prazo, sendo a maior parte referente a tributos parcelados (R$ 359,2 milhões).

Em 2021, a maior fonte de receita do Corinthians foi com direitos de transmissão de TV. A arrecadação, que em 2020 foi de R$ 160,1 milhões, subiu para R$ 265,9 milhões no ano passado.
A segunda maior foi de patrocínios e publicidade, que aumentou de R$ 71,1 milhões em 2020 para R$ 126,3 milhões em 2021.
O crescimento tem relação com novos contratos firmados pelo Timão, mas também com valores que ficaram "represados" no ano anterior por conta da pandemia de coronavírus, que adiou o término do Brasileirão.

No total, o Corinthians arrecadou R$ 447,7 milhões brutos com futebol e mais R$ 54,8 milhões brutos com o clube social e os esportes amadores, totalizando R$ 502,5 milhões.

Posts Relacionados

Mercedes está aberta a receber Sebastian Vettel de volta à F1

Mercedes está aberta a receber Sebastian Vettel de volta à F1

Chefe da equipe alemã, Toto Wolff afirmou que o tetracampeão é alguém "que nunca se pode descartar"; em entrevista recente

Vasco ainda sonha com Marlon Freitas e tem outras duas negociações

Vasco ainda sonha com Marlon Freitas e tem outras duas negociações

A resposta sobre a proposta de R$ 12 milhões pelo volante não foi oficialmente recusada pelo SAF alvinegra, e ainda há conversas

Palmeiras inicia busca para se isolar como maior brasileiro na Libertadores

Palmeiras inicia busca para se isolar como maior brasileiro na Libertadores

Verdão estreia na competição continental nesta quarta-feira, mas deve poupar titulares por estar entre as finais do Paulistão

Landim diz que possível saída do Flamengo afetará Gabigol

Landim diz que possível saída do Flamengo afetará Gabigol

Presidente responde a questionamentos em grupo de WhatsApp com aliados políticos sobre renovação do atacante: "Não seremos reféns"

Dorival aprova início pela Seleção:”O Brasil sai daqui com saldo positivo”

Dorival aprova início pela Seleção:”O Brasil sai daqui com saldo positivo”

Essa é a segunda punição do Peixe; a primeira, pelo não pagamento do técnico Fabián Bustos, foi resolvida após quitação dos R$ 4,7 milhões

Após demissão de Mattos, Rodrigo Pelaipe pede para sair do Vasco

Após demissão de Mattos, Rodrigo Pelaipe pede para sair do Vasco

O dirigente entendeu que não havia mais condição de continuar no clube, já que ele foi contratado pelo agora ex-diretor do clube

Com estreia do Flamengo na Libertadores no dia 2, final do Carioca será no sábado

Com estreia do Flamengo na Libertadores no dia 2, final do Carioca será no sábado

Como o primeiro jogo do Rubro-Negro está marcado para uma terça, a partida número 1 com o Nova Iguaçu será dia 30 de março

Atlético-MG descarta priorizar estreia na Libertadores em meio às finais do Mineiro

Atlético-MG descarta priorizar estreia na Libertadores em meio às finais do Mineiro

Victor Bagy destaca logística complicada para enfrentar o Caracas na Venezuela e cita importância das duas competições para o clube

pt_BRPortuguese