Voltar ao Início

Você está em:

Debinha é uma das indicadas ao Fifa The Best de melhor jogadora do mundo

Brasileira encerra jejum de 4 anos do país sem uma representante entre as finalistas; Alexia Putellas e Beth Mead são favoritas
Picture of Amanda Omura

Amanda Omura

Quatro anos após a eleição de Marta como melhor jogadora do mundo de 2018, o Brasil volta a ter uma jogadora indicada ao prêmio Fifa The Best no futebol feminino. A atacante Debinha, novo reforço do Kansas City Current, está entre as 14 concorrentes anunciadas nesta quinta-feira. A treinadora da seleção brasileira, a sueca Pia Sundhage, também está concorrendo entre as treinadoras.

  • É um sentimento de gratidão. A gente trabalha tanto em todo jogo, a cada temporada, e agora vendo o reconhecimento do meu trabalho, vendo meu nome na lista, é muito gratificante. Eu queria agradecer a cada companheira de clube e comissão, companheiras de seleção e a comissão, porque se não fosse elas isso não seria possível. Minha família também, que me acompanha. Em um ano de Copa do Mundo, ter uma notícia dessas é muito motivador - afirmou Debinha após a divulgação das finalistas.

A cerimônia do Fifa The Best será no dia 27 de fevereiro, em Paris. A espanhola Alexia Putellas, do Barcelona, vencedora do prêmio em 2021 e também ganhadora das últimas duas edições da Bola de Ouro da France Football, é uma das favoritas. Melhor jogadora da Eurocopa de 2021, vencida pela Inglaterra, a atacante Beth Mead, do Arsenal, é outra forte candidata.

Pia concorre pela sexta vez, a primeira com o Brasil
Esta é a sexta indicação de Pia Sundhage ao prêmio de treinadora do ano no futebol feminino, a primeira após assumir a seleção brasileira, em 2019. Vencedora do troféu da Fifa em 2012, quando foi campeã olímpica com a seleção dos Estados Unidos, atreinadora sueca foi a segunda colocada em 2011, novamente à frente dos EUA, e também ficou três vezes em terceiro lugar na votação, em 2010 (EUA), 2013 e 2016 (ambas pela Suécia). Também foi finalista em 2014 (quarto lugar, com a Suécia).

Em 2022, Pia Sundhage conquistou a Copa América, seu primeiro título com o Brasil. Este ano, a seleção feminina vai disputar a Finalíssima contra a Inglaterra, dia 6 de abril, em Wembley, e entre julho e agosto jogará a Copa do Mundo, na Austrália e Nova Zelândia. A última vez que a seleção brasileira feminina esteve representada na votação da Fifa foi em 2018, quando o então treinador da equipe, Vadão, terminou em sétimo lugar.

Posts Relacionados

Flamengo critica CBF sobre o calendário: “Brasileiro não tem isonomia”

Flamengo critica CBF sobre o calendário: “Brasileiro não tem isonomia”

Vice de futebol comenta declaração de Tite, e Bruno Spindel ataca confederação após recusa de troca de datas na Copa América

Neymar brinca com Jorge Jesus em treino e acompanha Al-Hilal na Supercopa

Neymar brinca com Jorge Jesus em treino e acompanha Al-Hilal na Supercopa

Atacante brasileiro compartilha vídeo do clube sobre final com Al-Ittihad e diz: "E a vontade de estar lá?"

Mundial de Clubes: Fifa vai mudar troféu e logo para novo torneio

Mundial de Clubes: Fifa vai mudar troféu e logo para novo torneio

Presidente Gianni Infantino afirma que nova taça estará entre os vários anúncios que a entidade fará para a competição este ano

Mercedes está aberta a receber Sebastian Vettel de volta à F1

Mercedes está aberta a receber Sebastian Vettel de volta à F1

Chefe da equipe alemã, Toto Wolff afirmou que o tetracampeão é alguém "que nunca se pode descartar"; em entrevista recente

Vasco ainda sonha com Marlon Freitas e tem outras duas negociações

Vasco ainda sonha com Marlon Freitas e tem outras duas negociações

A resposta sobre a proposta de R$ 12 milhões pelo volante não foi oficialmente recusada pelo SAF alvinegra, e ainda há conversas

Palmeiras inicia busca para se isolar como maior brasileiro na Libertadores

Palmeiras inicia busca para se isolar como maior brasileiro na Libertadores

Verdão estreia na competição continental nesta quarta-feira, mas deve poupar titulares por estar entre as finais do Paulistão

Landim diz que possível saída do Flamengo afetará Gabigol

Landim diz que possível saída do Flamengo afetará Gabigol

Presidente responde a questionamentos em grupo de WhatsApp com aliados políticos sobre renovação do atacante: "Não seremos reféns"

Dorival aprova início pela Seleção:”O Brasil sai daqui com saldo positivo”

Dorival aprova início pela Seleção:”O Brasil sai daqui com saldo positivo”

Essa é a segunda punição do Peixe; a primeira, pelo não pagamento do técnico Fabián Bustos, foi resolvida após quitação dos R$ 4,7 milhões

pt_BRPortuguese