Voltar ao Início

Você está em:

‘Dia da Unidade’, ‘feriado’ criado pela Ucrânia em resposta às ameaças

Presidente decretou no início da semana que 16 de fevereiro seria celebrado 'dia da unidade nacional', data de uma possível invasão
Picture of Amanda Omura

Amanda Omura

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, decretou no início da semana que em 16 de fevereiro o país celebraria o "Dia da Unidade Nacional".
A data escolhida vinha sendo citada pela imprensa americana como o dia de uma possível invasão russa em meio às crescentes tensões na região.
"Eles nos dizem que o dia 16 de fevereiro será o dia do ataque. Faremos dele um dia de unidade", disse Zelensky em um pronunciamento em vídeo.
Entenda, nesta reportagem, o que é o "feriado" criado pelos ucranianos em resposta às ameaças russas.

16 de fevereiro
Zelensky anunciou o "Dia da Unidade" para 16 de fevereiro após uma série de reportagens da imprensa americana indicarem a data como a de uma possível invasão russa.
"Estão tentando nos assustar, mais uma vez, com uma data para o início da ação militar", disse o presidente ucraniano em pronunciamento.
Diversos jornais estimaram este dia a partir de fontes anônimas da Inteligência dos Estados Unidos que afirmavam ser a data em que o Exército russo estaria com capacidade completa para atacar.
A Rússia negou qualquer intenção de invadir o território vizinho e anunciou o início da retirada de seus soldados da Crimeia nesta quarta.
Tropas russas em Belarus também anunciaram que deixarão o território vizinho à Ucrânia após o fim dos exercícios militares, em 20 de fevereiro.

Hino nacional e cores da bandeira
Zelensky pediu que os ucranianos cantem juntos o hino nacional nesta "festa cívica". Além disso, ele incentivou que os cidadãos pendurem bandeiras e faixas nas cores azul e amarela em suas janelas.
No estádio olímpico de Kiev, dezenas pessoas desdobraram uma bandeira ucraniana de 200 metros de comprimento, agitando-a ao ritmo de uma música patriótica.

Música e discursos
Altos-falantes de prédios públicos em Kiev passaram a tocar canções patrióticas para os pedestres, e a televisão ucraniana transmite discursos nacionalistas.
Em um discurso televisionado, Zelensky disse que os ucranianos estavam unidos em torno de um desejo comum "de viver em paz, felizes, em família, filhos com os pais".

Marcha pela unidade
Em diversas cidades do país, marchas nacionalistas foram registradas com música, cores da bandeira e faixas em apoio da união nacional.

Posts Relacionados

Número de palestinos mortos em Gaza ultrapassa 35 mil

Número de palestinos mortos em Gaza ultrapassa 35 mil

De acordo com o Hamas, já são 35.091 mortos e 78.827 feridos desde outubro, quando Israel declarou guerra ao grupo

Com poucos soldados, Ucrânia vai recrutar presos

Com poucos soldados, Ucrânia vai recrutar presos

A Rússia anunciou que vai fazer exercícios militares com armas nucleares táticas no sul em resposta a supostas ameaças

EUA interromperam envio de bombas para Israel

EUA interromperam envio de bombas para Israel

Foram bloqueadas as entregas de 1.800 bombas de 907 kg e de 1.700 bombas de 226 kg, segundo funcionário do governo

Hamas pede ajuda para barrar avanço de Israel

Hamas pede ajuda para barrar avanço de Israel

Exército israelense entrou na segunda-feira (6) na cidade, que fica no extremo sul de Gaza e é considerada o último refúgio de moradores

Hamas aceita proposta de cessar-fogo

Hamas aceita proposta de cessar-fogo

Israel afirmou que os termos desta proposta foram amenizados pelo Egito e que não pode aceitar os termos do acordo

Desodorante natural ou antitranspirante: qual é mais saudável?

Desodorante natural ou antitranspirante: qual é mais saudável?

Nos últimos anos, tem crescido no mercado a oferta de desodorantes naturais que prometem ser menos agressivos na pele

EUA acusam Rússia de usar armamento químico

EUA acusam Rússia de usar armamento químico

A Rússia declarou que já não possui um arsenal químico militar, mas o país enfrenta pressões para uma transparência maior

Câmara da Argentina aprova Lei de Bases de Milei

Câmara da Argentina aprova Lei de Bases de Milei

A Lei de Bases aprovada é uma nova versão, reduzida, da 'Lei Ómnibus'. Além disso, aprovou-se um novo pacote fiscal

pt_BRPortuguese