Voltar ao Início

Você está em:

Diretoria do Flamengo mantém apoio para Marcos Braz seguir após briga

A briga fez com que alguns vice-presidentes e conselheiros do clube manifestassem o desejo pela saída de Braz do cargo
Amanda Omura

Amanda Omura

Marcos Braz não corre risco de demissão no Flamengo após se envolver em uma briga com o entregador Leandro Campos da Silveira Gonçalves Junior na tarde da última terça-feira, em um shopping da Zona Oeste do Rio de Janeiro. O pronunciamento de Rodrigo Dunshee de Abranches, vice-presidente jurídico e geral do clube, na saída da 16ª Delegacia de Polícia, é a posição da maior parte da diretoria internamente.

Mas não é uma unanimidade. A briga fez com que alguns vice-presidentes e conselheiros do clube manifestassem o desejo pela saída de Braz do cargo, porém, ele continua respaldado por Rodolfo Landim. O mandatário rubro-negro, que já manifestou apoio público ao vice de futebol por diversas vezes anteriormente, enxerga junto com seus pares que o dirigente tem sido ameaçado e foi vítima na história.

  • Eu não fui só xingado, fui até ameaçado de morte. E atacaram minha filha também - disse Braz.

Ou seja, a única possibilidade de Marcos Braz sair seria por opção própria, com ele entregando o cargo. Mas o dirigente repetidamente já afirmou em outros momentos que só deixará o Flamengo junto com Landim ao término da atual gestão, que vai até o fim de 2024.

Independentemente do título ou do vice-campeonato da Copa do Brasil no próximo domingo, Marcos Braz continuará como o homem forte do futebol rubro-negro e será o responsável por uma eventual reformulação no elenco ou na comissão técnica após a temporada muito ruim do Flamengo em 2023. O técnico Jorge Sampaoli, por exemplo, já é dado como carta fora do baralho no clube para o ano que vem.

Entenda o caso
Marcos Braz estava com sua filha dentro de uma loja quando foi abordado por três torcedores, que se identificaram como integrantes de uma organizada. Eles criticaram o vice de futebol e pediram a saída do técnico Jorge Sampaoli e de Gabigol.

Segundo Braz, ele foi xingado. Na sequência, o vice de futebol do Flamengo e um amigo saíram atrás dos rubro-negros e deram início à confusão. Após a confusão, no próprio shopping e com Braz dentro da loja, torcedores do Flamengo se aglomeraram e protestaram contra o dirigente.

Posts Relacionados

Regulamento exige acordo do Corinthians com Mano antes de registro de novo treinador

Regulamento exige acordo do Corinthians com Mano antes de registro de novo treinador

Diretoria do Timão precisa "comprovar a quitação ou formalização do acordo de rescisão trabalhista" para poder registrar outro profissional

Diniz vê elenco inchado, e Fluminense terá saídas neste início de temporada

Diniz vê elenco inchado, e Fluminense terá saídas neste início de temporada

O atacante Yony González é outro que tem chances de deixar o clube e recebeu sondagens do mercado sul-americano

Fernando Diniz fala da saída da Seleção: “Queria que tivesse sido diferente”

Fernando Diniz fala da saída da Seleção: “Queria que tivesse sido diferente”

Ednaldo Rodrigues, presidente da CBF, alegou ter um compromisso com Mário Bittencourt, presidente tricolor, de não prejudicar o Fluminense

Diretor do Atlético-MG Rodrigo Caetano negocia detalhes com a CBF

Diretor do Atlético-MG Rodrigo Caetano negocia detalhes com a CBF

Dorival Júnior, atual treinador da seleção brasileira, é velho conhecido de Rodrigo, já que trabalharam juntos em outras oportunidades

John Textor acrescenta novo capítulo às rusgas entre Botafogo e Palmeiras

John Textor acrescenta novo capítulo às rusgas entre Botafogo e Palmeiras

A confusão entre as equipes iniciou no dia 1º de novembro, dia da vitória palmeirense por 4 a 3 sobre o Glorioso no engenhão

Gabigol prevê final entre Flamengo e Fluminense no Carioca e faz aposta com Zico

Gabigol prevê final entre Flamengo e Fluminense no Carioca e faz aposta com Zico

Flamengo e Fluminense vêm decidindo o Estadual nos últimos quatro anos. Em 2020 e 2021, deu Rubro-Negro

Lei que visa impedir o doping acidental é avanço na educação sobre o assunto

Lei que visa impedir o doping acidental é avanço na educação sobre o assunto

Autor do Projeto de Lei sancionado, afirma que norma derruba tese para atletas que façam uso consciente de substâncias dopantes

Palmeiras arrecada R$ 13 milhões após primeiro ano de plataforma digital

Palmeiras arrecada R$ 13 milhões após primeiro ano de plataforma digital

Em celebração ao aniversário da Palmeiras Pay, clube divulgou premiação ao longo do ano que sorteará carro, moto e produtos oficiais

pt_BRPortuguese