Voltar ao Início

Você está em:

Agricultura familiar produz 70% dos alimentos consumidos no Brasil

Famílias fornecem desde hortaliças, frutas e tubérculos a chás e pães - tudo sem agrotóxico
Amanda Omura

Amanda Omura

Legumes, hortaliças, frutas, tubérculos, temperos, chás, frutas, pães - tudo produzido sem agrotóxicos. Essa diversidade de alimentos chega à mesa de estudantes de escolas de Castro, nos Campos Gerais do Paraná, graças ao trabalho dos agricultores familiares.

Na cidade, a agricultura familiar é representada principalmente pela Comunidade Maria Rosa do Contestado, acampamento do Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra (MST) formado por cerca de 100 famílias.

A força da produção familiar é nacional. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) calcula que cerca de 70% dos alimentos que chegam às casas brasileiras, como feijão, arroz, milho, leite, batata, mandioca, vêm de produções familiares.

A agricultura familiar tem um papel fundamental no abastecimento interno e ocupa 67% das áreas rurais, divididas em quase 4 milhões de propriedades. As informações são do último Anuário Estatístico da Agricultura Familiar, publicado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (CONTAG).

De acordo com o levantamento, os cerca de 10,1 milhões de agricultores familiares são responsáveis por produzir 23% do Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) nacional, ajudando a preservar recursos ambientais e a impulsionar o desenvolvimento sustentável do país.

Também conforme o anuário, a agricultura familiar brasileira é a oitava maior produtora de alimentos do mundo, movimentando a economia de 90% dos municípios com até 20 mil habitantes, que representam 68% do total.

Saúde no prato
Em Castro, desde 2015 a Comunidade Maria Rosa do Contestado participa de projetos como o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), ajudando a melhorar a qualidade das refeições servidas nas escolas.

No último ano, a produção familiar do município ao programa chegou a R$ 280 mil. Porém, o valor pode ser até cinco vezes maior dependendo dos contratos entre comunidade e instituições, conforme explica Rosane Mainardes, integrante da coordenação do Maria Rosa.

Mais do que movimentar a economia, a Comunidade Maria Rosa ajuda na conscientização sobre a produção e consumo de alimentos "de verdade", de forma sustentável, com redução de danos ao meio ambiente e recuperação de áreas degradadas.

O trabalho em comunidade em prol da produção e alimentação orgânicas dá sentido às famílias que vivem da agricultura.

“Povo que planta e colhe, divide o que tem com o próximo. Gratificante fazer parte dessa família”, diz Rosane.

Posts Relacionados

El Niño x La Niña: mudança de fenômeno pode impactar a inflação no Brasil

El Niño x La Niña: mudança de fenômeno pode impactar a inflação no Brasil

Principal temor é que o fenômeno provoque longos períodos de seca, esvaziando reservatórios

Governo propõe a servidores aumentos em auxílio alimentação e benefícios

Governo propõe a servidores aumentos em auxílio alimentação e benefícios

Ministério da Gestão se reuniu com representantes do funcionalismo, mas não houve acordo

Reforma tributária: imposto sobre herança ou doação pode subir em 10 estados

Reforma tributária: imposto sobre herança ou doação pode subir em 10 estados

Texto prevê que imposto passe a ser progressivo em todo o país, com base no valor do patrimônio

Autuações da Receita Federal batem recorde e somam R$ 225 bilhões em 2023

Autuações da Receita Federal batem recorde e somam R$ 225 bilhões em 2023

Valor é 65% maior que o volume de autuações de 2022 e coincide com esforço por maior arrecadação

De olho na popularidade, Lula prepara obras do PAC com foco na população de baixa renda

De olho na popularidade, Lula prepara obras do PAC com foco na população de baixa renda

Governo quer aprovar medidas econômicas, como a criação de uma linha de crédito para CadÚnico

Supermercados propõe que sejam desonerados na cesta básica foie gras, bacalhau e trufas

Supermercados propõe que sejam desonerados na cesta básica foie gras, bacalhau e trufas

A discussão sobre quais produtos serão contemplados com quais benefícios ainda não foi feita

Governo estuda medidas para custear parte das tarifas e reduzir conta de luz dos consumidores

Governo estuda medidas para custear parte das tarifas e reduzir conta de luz dos consumidores

Segundo o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, três sugestões foram levantadas

Criação de empregos formais soma 306 mil em fevereiro, com aumento de 21,2%

Criação de empregos formais soma 306 mil em fevereiro, com aumento de 21,2%

Expectativa do governo é de que cerca de 43 mil famílias sejam beneficiadas pela medida

en_USEnglish