Voltar ao Início

Você está em:

Brasil tem melhor defesa pré-Copa, Canadá, melhor ataque

Desde 1994, média de gols só caía nos Mundiais, o que foi revertido em 2014. Mas na Rússia, há quatro anos, voltou a diminuir
Amanda Omura

Amanda Omura

Fora o exuberante futebol apresentado pela seleção brasileira em 1970, uma das características daquela Copa do México foi o aumento na média de gols de modo geral. Após duas Copas com menos bolas na rede, em 1962 e 1966, quem acompanhou a edição de 1970 viu uma pequena melhora, com a média de gols ficando praticamente em três por partida (2,97), o que nunca mais se repetiu. Desde então, as seleções se fecharam, e a média de gols foi variando sempre abaixo disso, com picos de crescimento em 1982 (2,81), 1994 (2,71) e 2014 (2,67).

Neste ano se espera uma Copa do Mundo de nível técnico elevado, já que diferentemente de outras edições, o Mundial será disputado em início de temporada europeia, continente que reúne os melhores jogadores da atualidade. Mas os defensores também estarão menos desgastados fisicamente.
Embora não seja possível prever quantos gols serão marcados neste Mundial, listamos as médias de gols marcados e sofridos desde o final da Copa da Rússia, em 2018, pelos classificados para a Copa do Catar.

Brasil tem melhor defesa pós-Copa da Rússia
Sinal dos tempos em que a primeira preocupação é não sofrer o primeiro gol do jogo, o Brasil chega à Copa do Catar com a menor média de gols sofridos nos jogos disputados após o encerramento da último Mundial, levando em média 0,38 em cada uma das 50 partidas que disputou no período. Foram apenas 19 gols sofridos após a derrota por 2 a 1 para a Bélgica que eliminou o Brasil da Copa passada. Das seleções mais tradicionais, já campeãs mundiais, quem mais se aproxima dessa marca é a Argentina, com 0,55 gol sofrido por jogo. Levou 27 em 49 partidas.
Evidentemente, o nível dos adversários está diretamente ligado ao desempenho de cada seleção classificada para a Copa. No atual ciclo para a Copa do Mundo, por exemplo, o Brasil praticamente não enfrentou seleções europeias (fez um amistoso contra a República Tcheca, em 2019), restando, além dos jogos oficiais contra os rivais sul-americanos, amistosos contra Arábia Saudita, Camarões, Catar, Coreia do Sul e Japão, por exemplo.

Canadá aparece como melhor ataque
Ao enfrentar essencialmente seleções da Concacaf (América do Norte, Central e do Caribe), o Canadá chega ao Mundial com a maior média de gols (2,74). Mas a esperança de termos uma Copa com muitos gols está nos pés, principalmente, de Bélgica (2,61), Alemanha ( 2,48), Inglaterra (2,39) e Holanda (2,33). Será? Logo em seguida aparecem Espanha e Irã (2,24), e Brasil (2,22).

Posts Relacionados

Flamengo critica CBF sobre o calendário: “Brasileiro não tem isonomia”

Flamengo critica CBF sobre o calendário: “Brasileiro não tem isonomia”

Vice de futebol comenta declaração de Tite, e Bruno Spindel ataca confederação após recusa de troca de datas na Copa América

Neymar brinca com Jorge Jesus em treino e acompanha Al-Hilal na Supercopa

Neymar brinca com Jorge Jesus em treino e acompanha Al-Hilal na Supercopa

Atacante brasileiro compartilha vídeo do clube sobre final com Al-Ittihad e diz: "E a vontade de estar lá?"

Mundial de Clubes: Fifa vai mudar troféu e logo para novo torneio

Mundial de Clubes: Fifa vai mudar troféu e logo para novo torneio

Presidente Gianni Infantino afirma que nova taça estará entre os vários anúncios que a entidade fará para a competição este ano

Mercedes está aberta a receber Sebastian Vettel de volta à F1

Mercedes está aberta a receber Sebastian Vettel de volta à F1

Chefe da equipe alemã, Toto Wolff afirmou que o tetracampeão é alguém "que nunca se pode descartar"; em entrevista recente

Vasco ainda sonha com Marlon Freitas e tem outras duas negociações

Vasco ainda sonha com Marlon Freitas e tem outras duas negociações

A resposta sobre a proposta de R$ 12 milhões pelo volante não foi oficialmente recusada pelo SAF alvinegra, e ainda há conversas

Palmeiras inicia busca para se isolar como maior brasileiro na Libertadores

Palmeiras inicia busca para se isolar como maior brasileiro na Libertadores

Verdão estreia na competição continental nesta quarta-feira, mas deve poupar titulares por estar entre as finais do Paulistão

Landim diz que possível saída do Flamengo afetará Gabigol

Landim diz que possível saída do Flamengo afetará Gabigol

Presidente responde a questionamentos em grupo de WhatsApp com aliados políticos sobre renovação do atacante: "Não seremos reféns"

Dorival aprova início pela Seleção:”O Brasil sai daqui com saldo positivo”

Dorival aprova início pela Seleção:”O Brasil sai daqui com saldo positivo”

Essa é a segunda punição do Peixe; a primeira, pelo não pagamento do técnico Fabián Bustos, foi resolvida após quitação dos R$ 4,7 milhões

en_USEnglish