Voltar ao Início

Você está em:

Calor: umidificador ameniza efeitos do tempo seco, mas uso exige cautela

O desconforto do ar muito seco é ainda maior para quem tem doenças respiratórias como asma, rinite, bronquite
Amanda Omura

Amanda Omura

Uma opção para amenizar os efeitos do tempo seco, que afeta boa parte do país nesta semana e pode trazer diversos problemas de saúde, é o umidificador de ar. Mas atenção: o seu uso exige cautela.

Contexto: Em meio a uma nova onda de calor que afeta todo o país, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta de baixa umidade relativa do ar em 16 estados e no Distrito Federal para os próximos dias. O aviso vai até quinta-feira (21). Segundo o órgão, o índice deve ficar entre 20% e 30% em várias regiões brasileiras

O desconforto do ar muito seco é ainda maior para quem tem doenças respiratórias como asma, rinite, bronquite. Além disso, a secura diminui a qualidade do sono e a falta de descanso (ou privação) reflete no nosso dia a dia.

Como o nome já diz, o umidificador tem como objetivo aumentar a umidade no ambiente. Por consequência, o aparelho melhora a qualidade do ar, o sono e traz alívio nos problemas respiratórios. No entanto, é importante entender quando e como usar o aparelho para garantir sua eficácia.

Se ele melhora a qualidade do ar, facilita a respiração e ajuda no sono, então eu posso usar todos os dias, correto? Não.

Frederico Fernandes, pneumologista da Sociedade Paulista de Pneumologia e Tisiologia (SPPT), explica que o ideal é usar quando a umidade do ar estiver abaixo de 50%. Para identificar a condição do ar, o médico recomenda consultar o aplicativo do celular.

"Se a umidade do ar estiver acima de 50%, não é preciso utilizar o aparelho porque você estará literalmente chovendo no molhado", alerta o pneumologista.

E um ambiente excessivamente úmido é tão ruim quanto um local seco, pois pode favorecer o crescimento de mofo e ácaros e, por consequência, desencadear crises alérgicas.
Outro ponto de atenção é a limpeza do umidificador. Se você costuma deixar o aparelho guardado no armário e só usa nos dias realmente secos, deve limpá-lo antes do uso.

"Se o aparelho estiver sujo, ele vai umidificar, mas vai jogar poeira, mofo, bactéria para o ar. Isso pode desencadear alguma crise alérgica ou de asma. Antes de usar, principalmente se estiver guardado há muito tempo, é importante higienizar adequadamente o aparelho", diz Fernandes.
Podemos deixar o aparelho ligado o dia todo? Não há necessidade. O ideal é usá-lo de 3 a 4 horas. Se o aparelho tiver timer, pode programar o tempo para que ele desligue sozinho. Caso contrário, ligue horas antes de dormir.

Toalha molhada ou bacia com água também funcionam? Elas podem ser opção para quem não tem o aparelho, elevando um pouco a umidade do ambiente, mas não são tão efetivas quanto o umidificador de ar.

Posts Relacionados

Vermelhidão, ressecamento, lesões e coceira: pode ser dermatite atópica

Vermelhidão, ressecamento, lesões e coceira: pode ser dermatite atópica

A dermatite atópica também é conhecida como eczema atópico. De origem grega, o termo significa pele que ferve

Por que algumas pessoas se sentem cansadas o tempo todo?

Por que algumas pessoas se sentem cansadas o tempo todo?

Para algumas pessoas, não importa quanto tempo durmam, elas ainda se sentem cansadas e com pouca energia. Por quê?

Manual de sobrevivência para o carnaval: veja cuidados para evitar ressaca

Manual de sobrevivência para o carnaval: veja cuidados para evitar ressaca

Em tempos de carnaval, nada melhor do que curtir a folia ao máximo. Mas você pensa na sua saúde enquanto aproveita?

O que acontece com corpo quando se para de tomar café

O que acontece com corpo quando se para de tomar café

Costuma causar dor de cabeça, mas também melhora o humor, o sistema gastrointestinal e até a aparência

Dengue: quais são os sintomas e quando é hora de buscar um hospital

Dengue: quais são os sintomas e quando é hora de buscar um hospital

Brasil registrou explosão no número de casos de dengue nas duas primeiras semanas deste ano, com 55.859 casos prováveis

Colágeno: quais os efeitos reais do suplemento na pele?

Colágeno: quais os efeitos reais do suplemento na pele?

Apesar de ser um suplemento popular, o colágeno ainda carece de boas evidências científicas que respaldem o principal benefício

Por que devemos investir no consumo de frutas, legumes e verduras

Por que devemos investir no consumo de frutas, legumes e verduras

Alimentos contêm substâncias bioativas que ajudam no nosso metabolismo. Quanto mais colorido o prato, melhor

Os riscos de energéticos pré-treino com cafeína, que prometem resultado rápido

Os riscos de energéticos pré-treino com cafeína, que prometem resultado rápido

Vendidos em cápsulas ou como bebidas, os pré-treinos são turbinados com cafeína e vendidos sem prescrição médica

en_USEnglish