Voltar ao Início

Você está em:

Casos de dengue crescem 85% no Brasil e número de mortes é o dobro em 2022

Nas últimas semanas, região Sul apresentou aumento expressivo de casos da doença causada pelo mosquito Aedes Aegypti
Amanda Omura

Amanda Omura

Os casos de dengue no Brasil tiveram um crescimento de 85,6% até o início de abril deste ano, em comparação com o mesmo período de 2021. É o que aponta o último boletim epidemiológico sobre arboviroses do Ministério da Saúde. Até a semana epidemiológica 13 (02/04/2022) ocorreram 323.900 casos prováveis de dengue no país.

O país já registrou este ano 233 casos de dengue grave (DG) e 2.836 casos de dengue com sinais de alarme (DSA). Ainda há 248 casos de DG e DSA em investigação. Até o início de abril de 2022, foram confirmadas 79 mortes causadas por dengue, o dobro em comparação com o mesmo período do ano passado — que foram 39 até a semana epidemiológica 13. Os estados que apresentaram o maior número de óbitos foram: São Paulo (29), Goiás (9) e Bahia (8). Permanecem em investigação outras 150 mortes.
O Centro-Oeste é a região mais afetada, com 108.258 casos apenas este ano, e apresenta a maior incidência de dengue, com 648 casos/100 mil habitantes. Desde a semana epidemiológica 9, o Sul tem demonstrado um expressivo crescimento da doença, chegando a 198,5 casos/100 mil habitantes. No Norte, a incidência é de 127,8 casos/100 mil habitantes, seguido pelo Sudeste (com 106,2 casos/100 mil habitantes) e pelo Nordeste (62,4 casos/100 mil habitantes).
Goiás é o estado com maior número de casos da doença (71.652), seguido por São Paulo (70.722), Paraná (31.837) e Minas Gerais (20.928).

As análises laboratoriais apontam que a dengue tipo 1 é a predominante no Brasil até o momento, seguido pelo tipo 2. Os tipos 3 e 4 ainda não foram encontrados nos exames de pessoas infectadas com o vírus no país.
Sintomas da dengue e Covid são parecidos
Com a queda dos casos de Covid-19 no Brasil e o aumento de diagnósticos de dengue, especialistas alertam para os sintomas de ambas as doenças, que podem ser parecidos. A dengue é uma doença febril aguda sistêmica causada por um vírus da família Flaviviridae. Quem está com dengue não apresenta sintomas respiratórios. Essa é a principal diferença em comparação com a Covid.

A melhor forma de prevenir a dengue é conter a proliferação do mosquito transmissor, eliminando os criadouros. A fêmea do Aedes aegypti deposita seus ovos na superfície de água limpa e parada. Para combater o vetor, é fundamental acabar com possíveis reservatórios, que incluem vasos de plantas, pneus velhos, latas e garrafas vazias, calhas, caixas d’água, piscinas abandonadas, entre outros.

Posts Relacionados

Ministra da Saúde pede que população receba agentes de combate à dengue

Ministra da Saúde pede que população receba agentes de combate à dengue

Ministra pede 'mobilização nacional', com população atuando para reduzir focos de mosquitos. Casos da doença ultrapassam 365 mil

SP tem alta de 32% em casos de gastroenterite em 2023; como prevenir

SP tem alta de 32% em casos de gastroenterite em 2023; como prevenir

Transmitida pelo contato com bactérias ou vírus presentes em água e alimentos contaminados, virose é comum no período de verão

Rio proíbe uso de celulares nas escolas até no recreio; veja exceções

Rio proíbe uso de celulares nas escolas até no recreio; veja exceções

A medida veio depois de uma consulta pública, aberta em dezembro, em que 83% concordaram com a restrição

Um terço dos eleitores do RJ ainda não tem biometria cadastrada; prazo vai até maio

Um terço dos eleitores do RJ ainda não tem biometria cadastrada; prazo vai até maio

TRE-RJ quer cadastrar cerca de 4,4 milhões de eleitores até eleições municipais. Total representa 34,15% do eleitorado do estado

Entenda por que tem mais dengue com o El Niño e por que a situação pode piorar

Entenda por que tem mais dengue com o El Niño e por que a situação pode piorar

É esperado um pico da epidemia para o final de março e começo de abril, o que gera uma 'perspectiva grande de piorar o quadro'

Ambev começa credenciamento de ambulantes para trabalhar no carnaval

Ambev começa credenciamento de ambulantes para trabalhar no carnaval

Segundo a empresas, podem se inscrever somente pessoas maiores de 18 e que possuam residência no município de São Paulo

Celular Seguro ultrapassa 12 mil alertas de roubo ou perda um mês após lançamento

Celular Seguro ultrapassa 12 mil alertas de roubo ou perda um mês após lançamento

O principal motivo de bloqueio foi roubo (5.496 ocorrências), seguido de furto (3.965), perda (2.549) e outros (601)

Mais de um terço dos municípios têm moradores em áreas de risco de desastres

Mais de um terço dos municípios têm moradores em áreas de risco de desastres

Documento de ministérios do governo federal identificou 1.942 cidades com regiões suscetíveis a deslizamentos, enxurradas e inundações

en_USEnglish