Voltar ao Início

Você está em:

Com Tite no Rio, Flamengo se mexe para acelerar mudança de treinador

Rubro-Negro é otimista por acerto com técnico que dirigiu a Seleção; Sampaoli e seus pares sabem que saída é iminente
Amanda Omura

Amanda Omura

Tite não abriu o jogo sobre a aproximação do Flamengo ao desembarcar no Rio de Janeiro no fim da noite desta terça-feira. Tal postura não poderia ser diferente com Jorge Sampaoli ainda oficialmente no cargo de treinador do clube. Mas o dia foi de avanços para o Rubro-Negro em relação à mudança de comando.

O Flamengo segue em conversas para contratar o treinador que dirigiu a seleção brasileira nas últimas duas Copas do Mundo. Salários já são discutidos - superiores aos que Sampaoli e sua comissão ganham - e tempo de contrato também - até o fim de 2024.

Tite está animado com o fato de ser a bola da vez do Flamengo e já admite trabalhar ainda em 2023. No início da temporada, o treinador estava decidido a iniciar ciclos profissionais somente no ano que vem, porém a possibilidade de iniciar o planejamento de 2024 com antecedência faz com que reconsidere seus planos.

O gaúcho de 62 anos virou o nome do momento no Flamengo. Havia resistência à fama de montar equipes com características defensivas por parte do presidente Rodolfo Landim e também do vice-geral Rodrigo Dunshee de Abranches. Landim foi convencido por seus pares de que a competência para montar equipes e gerir grupos fazia de Tite o substituto ideal para Sampaoli. Já Dunshee apagou as críticas que fizera ao treinador no Twitter após a queda da Seleção na última Copa.

Embora o interesse agrade a Tite e os pares que acompanhariam em caso de acerto, o staff utiliza o mesmo tom adotado pelo treinador no desembarque. O respeito por Sampaoli faz com que evitem o assunto a todo instante.

Sampaoli ciente da iminente saída
Se Tite mantém a discrição e a postura ética em relação ao atual treinador do Flamengo, na comissão técnica de Jorge Sampaoli não há dúvidas de que a saída acontecerá nos próximos dias.
Havia dentro da equipe de Sampaoli a convicção de que a demissão aconteceria ainda na terça-feira. O treino da tarde, aliás, foi marcado por poucas palavras mais uma vez.

Se não é adepto de muito diálogo, Sampaoli tem o hábito de gritar constantemente durante as atividades. Nesta terça, porém, trabalhou em silêncio na maior parte do tempo.

Posts Relacionados

Flamengo critica CBF sobre o calendário: “Brasileiro não tem isonomia”

Flamengo critica CBF sobre o calendário: “Brasileiro não tem isonomia”

Vice de futebol comenta declaração de Tite, e Bruno Spindel ataca confederação após recusa de troca de datas na Copa América

Neymar brinca com Jorge Jesus em treino e acompanha Al-Hilal na Supercopa

Neymar brinca com Jorge Jesus em treino e acompanha Al-Hilal na Supercopa

Atacante brasileiro compartilha vídeo do clube sobre final com Al-Ittihad e diz: "E a vontade de estar lá?"

Mundial de Clubes: Fifa vai mudar troféu e logo para novo torneio

Mundial de Clubes: Fifa vai mudar troféu e logo para novo torneio

Presidente Gianni Infantino afirma que nova taça estará entre os vários anúncios que a entidade fará para a competição este ano

Mercedes está aberta a receber Sebastian Vettel de volta à F1

Mercedes está aberta a receber Sebastian Vettel de volta à F1

Chefe da equipe alemã, Toto Wolff afirmou que o tetracampeão é alguém "que nunca se pode descartar"; em entrevista recente

Vasco ainda sonha com Marlon Freitas e tem outras duas negociações

Vasco ainda sonha com Marlon Freitas e tem outras duas negociações

A resposta sobre a proposta de R$ 12 milhões pelo volante não foi oficialmente recusada pelo SAF alvinegra, e ainda há conversas

Palmeiras inicia busca para se isolar como maior brasileiro na Libertadores

Palmeiras inicia busca para se isolar como maior brasileiro na Libertadores

Verdão estreia na competição continental nesta quarta-feira, mas deve poupar titulares por estar entre as finais do Paulistão

Landim diz que possível saída do Flamengo afetará Gabigol

Landim diz que possível saída do Flamengo afetará Gabigol

Presidente responde a questionamentos em grupo de WhatsApp com aliados políticos sobre renovação do atacante: "Não seremos reféns"

Dorival aprova início pela Seleção:”O Brasil sai daqui com saldo positivo”

Dorival aprova início pela Seleção:”O Brasil sai daqui com saldo positivo”

Essa é a segunda punição do Peixe; a primeira, pelo não pagamento do técnico Fabián Bustos, foi resolvida após quitação dos R$ 4,7 milhões

en_USEnglish