Voltar ao Início

Você está em:

Manual de sobrevivência para o carnaval: veja cuidados para evitar ressaca

Em tempos de carnaval, nada melhor do que curtir a folia ao máximo. Mas você pensa na sua saúde enquanto aproveita?
Picture of Amanda Omura

Amanda Omura

Você é daqueles que aproveita o carnaval do começo ao fim e já acorda com o glitter no rosto, pronto para o próximo bloco? Ou prefere ir com calma, uma cerveja por vez, sempre acompanhada de uma água gelada?

O carnaval é para a gente se jogar mesmo. Mas, para ser só alegria, especialistas fazem algumas recomendações para evitar problemas.

Insolação
Em um tempo de exposição considerado curto, de até três horas, quando há hidratação constante, os riscos são relativamente pequenos.

Mas, nos blocos de carnaval, onde a exposição ao sol costuma ser constante, por muitas horas e, geralmente, no horário de pico do sol, os riscos à saúde aumentam.

Caroline Semerdjian, dermatologista do Hospital 9 de Julho, em São Paulo, alerta que, nesses casos, em um período de 40 minutos a uma hora, a queimadura já pode acontecer, caso não haja uma proteção solar adequada.

Além de poder provocar queimaduras na pele, a insolação tem sintomas como:
Tontura;
Mal-estar;
Vertigem;
Fadiga;
Dor de cabeça;
Dificuldade de concentração;
Desmaio.

A insolação pode ser combinada também com um quadro de desidratação.

Como se prevenir da insolação?
Os especialistas indicam que as principais medidas para evitar a insolação são:
Se hidratar constantemente, seja com água, sucos ou isotônico. A ingestão de líquidos evita a desidratação e minimiza os efeitos de uma possível isolação.
Atenção: bebidas alcóolicas não são indicadas para se hidratar;
Usar roupas leves, que não apertem o corpo;
Utilizar chapéu ou boné. Proteger a cabeça é essencial para evitar o superaquecimento do corpo, além de evitar queimaduras no couro cabeludo e bloquear parcialmente a radiação solar;
Passar protetor solar. É importante aplicar antes de sair de casa e, idealmente, levar para que, ao longo do dia, possa ser reaplicado em um intervalo de aproximadamente três horas;

Nos momentos mais quentes do dia ao longo do carnaval, tentar permanecer na sombra, ou em locais menos abertos.

Desidratação
Assim como a insolação, a desidratação é outro problema causado pela exposição constante ao sol e ao calor.

Ela pode estar associada a um quadro de insolação, tendo sintomas bastante semelhantes aos listados acima. A perda da coordenação motora também é algo comum em quem começa a desidratar.

O professor e chefe da disciplina de neurocirurgia da Unifesp, Feres Chaddad, pontua que a combinação com a grande ingestão de álcool que normalmente acontece no carnaval pode agravar ainda mais um cenário de desidratação.

"Quando o indivíduo ingere álcool, ele acelera o processo de desidratação. A bebida potencializa esse efeito do calor e ainda contribui para a perda de coordenação motora", explica.

Posts Relacionados

Mitos e fatos sobre nutrição: o glúten realmente faz mal?

Mitos e fatos sobre nutrição: o glúten realmente faz mal?

O glúten tem sido o vilão: cada vez mais pessoas não toleram o conjunto de proteínas encontrados no trigo e em outros grãos

Como determinar o tamanho ideal das porções de comida para cada pessoa

Como determinar o tamanho ideal das porções de comida para cada pessoa

Além da qualidade dos alimentos, também é importante consumir uma quantidade adequada. Como calcular isso?

Passar protetor solar apenas em algumas partes do rosto traz alerta para saúde

Passar protetor solar apenas em algumas partes do rosto traz alerta para saúde

Prática que visa criar um 'jogo de luz e sombra na pele' ao passar protetor solar apenas em partes do corpo não é recomendada

Por que o álcool é tão perigoso para o cérebro dos jovens

Por que o álcool é tão perigoso para o cérebro dos jovens

O álcool é uma toxina. Seus riscos incluem acidentes, doenças do fígado e muitos tipos de câncer, até em pequenas quantidades

Candidíase em homens: como surge a infecção que causa coceira e manchas

Candidíase em homens: como surge a infecção que causa coceira e manchas

A 'Candida albicans' é um tipo de fungo que normalmente coexiste em equilíbrio na microbiota humana, e faz parte do corpo

Cosméticos: quais substâncias nossa pele consegue ou não absorver

Cosméticos: quais substâncias nossa pele consegue ou não absorver

Marketing traz apelo de várias substâncias com promessas de resultados, mas nem tudo é absorvido pela pele

A teoria do ‘útero errante’ que deu origem ao ultrapassado conceito de histeria

A teoria do ‘útero errante’ que deu origem ao ultrapassado conceito de histeria

Esta crença existiu há mais de 2,4 mil anos, mas o paradigma sobre como o suposto 'animal' afetava o corpo se manteve

Psicóloga incentiva adultos a cuidarem de sua criança interior para superar traumas

Psicóloga incentiva adultos a cuidarem de sua criança interior para superar traumas

Com mais de 8 milhões de seguidores, Nicole Lepera fala sobre como os traumas influenciam a vida adulta em vídeos

en_USEnglish