Voltar ao Início

Você está em:

Mercado financeiro volta a elevar previsão e agora estima inflação de 6,86% em 2022

Informação foi divulgada nesta segunda (28) pelo Banco Central. É a 11ª alta seguida na estimativa
Amanda Omura

Amanda Omura

O Banco Central informou nesta segunda-feira (28) que os analistas do mercado financeiro aumentaram de 6,59% para 6,86% a estimativa para a inflação neste ano.

As previsões foram colhidas na semana passada, em pesquisa com mais de 100 instituições financeiras. Foi a décima primeira alta seguida.

Definida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), a meta de inflação para este ano é de 3,5% e será considerada formalmente cumprida se oscilar entre 2% e 5%. No entanto, desde o ano passado os analistas do mercado já preveem a inflação em 2022 acima do teto da meta.

Na semana passada, o BC admitiu que a meta de inflação deve ser superada novamente neste ano. A probabilidade de "estouro" da meta é de 88% a 97%, calculou o banco.

As previsões de inflação começaram a subir com mais intensidade após o aumento nos combustíveis anunciado pela Petrobras em março, em meio à disparada do preço do petróleo — reflexo da guerra na Ucrânia.
Se confirmada a previsão do mercado para a inflação em 2022, será o segundo ano seguido de estouro da meta de inflação. Em 2021, o IPCA somou 10,06%, o maior desde 2015.
Para alcançar a meta de inflação definida pelo CMN, o Banco Central eleva ou reduz a taxa básica de juros da economia, a Selic.

Para 2023, o mercado financeiro subiu de 3,75% para 3,80% a estimativa de inflação. Para o próximo ano, a meta foi fixada em 3,25%, e será considerada formalmente cumprida se oscilar entre 1,75% e 4,75%.
Produto Interno Bruto
Conforme os dados do Banco Central, o mercado financeiro manteve a previsão de crescimento do PIB deste ano estável em 0,50%.

O aumento aconteceu após a divulgação do crescimento do PIB do ano passado de 4,6% pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
Para 2023, o mercado continuou estimando uma alta de 1,30% para o PIB.

Taxa de juros
Para a taxa básica de juros da economia, o mercado financeiro manteve a estimativa estável em 13% ao ano para o final de 2022.
Atualmente, a taxa Selic está em 11,75% ao ano.

Já para o fim de 2023, a expectativa do mercado para a taxa Selic continuou 9% ao ano. Deste modo, o mercado financeiro segue estimando queda dos juros no ano que vem.

Outras estimativas
Dólar: a projeção para a taxa de câmbio no fim de 2022 recuou de R$ 5,30 para R$ 5,25. Para o fim de 2023, caiu de R$ 5,22 para R$ 5,20 por dólar.

Balança comercial: para o saldo da balança comercial (resultado do total de exportações menos as importações), a projeção em 2022 subiu de US$ 64,50 bilhões para US$ 65 bilhões de resultado positivo. Para o ano que vem, a estimativa dos especialistas do mercado continuou em US$ 51 bilhões de superávit.

Investimento estrangeiro: a previsão do relatório para a entrada de investimentos estrangeiros diretos no Brasil neste ano permaneceu estável em US$ 59 bilhões. Para 2023, a estimativa recuou de US$ 69,5 bilhões para US$ 69 bilhões de ingresso.

Posts Relacionados

Governo publica MP que isenta do Imposto de Renda quem ganha até dois salários mínimos

Governo publica MP que isenta do Imposto de Renda quem ganha até dois salários mínimos

Norma foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União, na noite desta terça-feira (6)

Juros mais baixos e alta de emplacamentos: vai ficar mais fácil comprar um carro zero?

Juros mais baixos e alta de emplacamentos: vai ficar mais fácil comprar um carro zero?

Segmento acredita em crescimento de dois dígitos, com juros mais baixos para o financiamento

‘Fantasia não é convite’: veja dicas de proteção e ações contra assédio no carnaval do Rio

‘Fantasia não é convite’: veja dicas de proteção e ações contra assédio no carnaval do Rio

'Período de muita alegria, mas não de abuso. Todas as leis continuam valendo', diz a comandante da Ronda Maria da Penha

Gastos de turistas no Brasil em 2023 superam ano de Copa e chegam a US$ 6,9 bilhões

Gastos de turistas no Brasil em 2023 superam ano de Copa e chegam a US$ 6,9 bilhões

Até então, recorde havia sido registrado em 2014, quando turistas gastaram US$ 6,8 bilhões

Governo quer diferenciar empresas que são boas pagadoras e fixar regras

Governo quer diferenciar empresas que são boas pagadoras e fixar regras

Segundo Barreirinhas, a proposta também buscará mapear as companhias com benefícios fiscais

Salário mínimo com valor reajustado passa a ser pago a partir desta semana

Salário mínimo com valor reajustado passa a ser pago a partir desta semana

Valor de R$ 1.412 começou a valer em janeiro de 2024, mas só será pago agora, em fevereiro

Com Minha Casa, Minha Vida, financiamento imobiliário pelo FGTS cresce 59%

Com Minha Casa, Minha Vida, financiamento imobiliário pelo FGTS cresce 59%

O total de crédito imobiliário somou 251 bilhões de reais em 2023, representando um aumento de 4%

Poder de compra do brasileiro foi corroído quase que pela metade em 10 anos

Poder de compra do brasileiro foi corroído quase que pela metade em 10 anos

Salário teria que quase dobrar para conseguir adquirir a mesma quantidade de itens que em 2013

en_USEnglish