Voltar ao Início

Você está em:

Ministério Público de Goiás entrega investigação para a CPI da Manipulação do Futebol

A CPI foi instituída em meio a uma operação que apura fraudes no Campeonato Brasileiro e em torneios estaduais
Amanda Omura

Amanda Omura

O Ministério Público de Goiás (MPGO), que investiga casos de manipulação de partidas de futebol, entregou nesta terça-feira (30) para a Comissão Parlamentar de Investigação (CPI) da Manipulação do Futebol os documentos da investigação que está sendo feita sobre o tema no estado.

Na segunda sessão da comissão, os membros aprovaram requerimentos para terem acesso à investigação que está em curso pelos promotores.

A entrega foi feita em mãos para o presidente da CPI, deputado Julio Arcoverde (PP-PI), durante audiência para ouvir o promotor responsável pela investigação, Fernando Cesconetto, e o procurador-geral do MPGO, Cyro Terra Peres.
Além deles, esteve presente o presidente do Vila Nova, Hugo Jorge Bravo, responsável pelas denúncias de esquemas no próprio time.

A CPI foi instituída em meio a uma operação policial que apura um esquema de fraudes no Campeonato Brasileiro e em torneios estaduais. O colegiado foi instalado na semana passada e terá 120 dias para investigar o tema.

O plano de trabalho do deputado Felipe Carreras (PSB-PE), relator da CPI, determina que só serão objeto de investigação da comissão “as supostas manipulações em jogos de futebol profissional”.

Além disso, segundo o plano, serão apuradas pela comissão partidas do futebol masculino e feminino.

Entenda
No dia 10 de maio, a Justiça do estado de Goiás aceitou denúncia contra 16 acusados de participação em um esquema de corrupção que envolve jogadores de futebol e apostadores.

Segundo o Ministério Público de Goiás, o grupo criminoso cooptava jogadores com ofertas que variavam entre R$ 50 mil e R$ 100 mil para que cometessem lances específicos nos jogos – como um número determinado de faltas, levar cartão amarelo, garantir um número específico de escanteios para um dos lados e até atuar para a derrota do próprio time.

Diante dos resultados previamente combinados, os apostadores obtinham lucros altos em diversos sites de apostas. Entre os réus, estão sete jogadores e nove apostadores.

Posts Relacionados

Lula quer lançar crédito para permitir que inscritos no CadÚnico possam empreender

Lula quer lançar crédito para permitir que inscritos no CadÚnico possam empreender

A expectativa é que nessa linha de crédito as taxas de juros sejam a metade do que o Pronampe cobra

PL das redes sociais pode entrar na pauta do Colégio de Líderes esta semana

PL das redes sociais pode entrar na pauta do Colégio de Líderes esta semana

Orlando Silva tenta colocar projeto na pauta da Câmara, mas diz que tema polêmico e lobby das "big techs" atrapalham

O que é o Sistema Nacional de Cultura, sancionado por Lula nesta semana

O que é o Sistema Nacional de Cultura, sancionado por Lula nesta semana

Mecanismo tem sido chamado de 'SUS da Cultura' e promete facilitar o acesso aos financiamentos no segmento

Em meio a crise na Petrobras, governo resolve pagar metade dos dividendos

Em meio a crise na Petrobras, governo resolve pagar metade dos dividendos

Com pagamento de aproximadamente R$ 20 bilhões, União terá direito a R$ 6 bilhões, valor que ajudará na meta fiscal

Haddad repete apelo por ‘pacto’ entre Poderes para cumprimento de metas

Haddad repete apelo por ‘pacto’ entre Poderes para cumprimento de metas

Pacheco, presidente do Senado, declarou a perda de validade de trechos da MP editada pelo governo para elevar receitas

Câmara aprova retrocessos na pauta ambiental e pode fragilizar prevenção

Câmara aprova retrocessos na pauta ambiental e pode fragilizar prevenção

Textos liberam garimpo em reservas, flexibilizam medidas contra incêndios e extinguem taxas que custeiam Ibama

No Brasil, Macron pretende negociar investimentos bilaterais

No Brasil, Macron pretende negociar investimentos bilaterais

Presidente francês passará por 4 cidades em 3 dias a partir da semana que vem; comitiva terá cerca de 140 empresários

Bloqueio no orçamento deve ser de menos de R$ 5 bilhões, diz Haddad a Lula

Bloqueio no orçamento deve ser de menos de R$ 5 bilhões, diz Haddad a Lula

Valor do bloqueio deve ficar em R$ 3 bilhões. Lula comemorou a notícia com os integrantes da equipe econômica

en_USEnglish