Voltar ao Início

Você está em:

O que precisa? As contas do Palmeiras para ser campeão no domingo

Na matemática, o Verdão precisaria terminar a 37ª rodada com quatro pontos de vantagem em relação ao segundo colocado
Amanda Omura

Amanda Omura

Restam duas rodadas para o término do Brasileirão e o Palmeiras segue na liderança, com 66 pontos, abrindo vantagem em relação aos outros cinco postulantes ao título: Botafogo, Atlético-MG, Flamengo, Grêmio e Bragantino. Mas é possível conquistar o título no fim de semana?

Na matemática, o Verdão precisaria terminar a 37ª rodada com quatro pontos de vantagem em relação ao segundo colocado - e enfrenta o Fluminense, às 16h do domingo, no Allianz Parque.

Pontos
Neste momento, o Palmeiras tem 66 pontos e está seguido por: Botafogo (63), Atlético-MG (63) e Flamengo (63). Os três times já jogaram nesta 36ª rodada.

Atrás do quarteto estão Grêmio e Bragantino, ambos com 59 pontos, mas que ainda jogam na rodada - contra Goiás e Fortaleza, respectivamente, nesta quinta-feira.

O que o Palmeiras precisa na 37ª rodada?
Atlético-MG entra em campo primeiro, Flamengo no mesmo horário do Palmeiras e o Botafogo será o último da lista, ao lado de Grêmio e Bragantino. Os cenários possíveis ao Verdão são:

Se o Palmeiras vencer o Fluminense, somará 69 pontos e torce para que Botafogo, Atlético-MG e Flamengo não vençam seus jogos na rodada. Neste caso, Grêmio e Bragantino não teria diferença, porque mesmo se ganharem nesta quinta-feira, só chegariam ao máximo de 68 pontos e não conseguiriam alcançar o Verdão.

Se o Palmeiras empatar com Fluminense, somará 67 pontos e vai precisar torcer por derrotas de Botafogo, Atlético-MG e Flamengo na 37ª rodada. O Verdão também precisará de tropeços de Grêmio e Bragantino caso a dupla vença nesta quinta-feira.

Se o Palmeiras perder para o Fluminense, não tem chances de conquistar o título na 37ª rodada, mesmo que todos os outros três postulantes percam seus respectivos jogos. A diferença seguirá no mínimo em três pontos e a decisão vai para a rodada final.

Posts Relacionados

Flamengo critica CBF sobre o calendário: “Brasileiro não tem isonomia”

Flamengo critica CBF sobre o calendário: “Brasileiro não tem isonomia”

Vice de futebol comenta declaração de Tite, e Bruno Spindel ataca confederação após recusa de troca de datas na Copa América

Neymar brinca com Jorge Jesus em treino e acompanha Al-Hilal na Supercopa

Neymar brinca com Jorge Jesus em treino e acompanha Al-Hilal na Supercopa

Atacante brasileiro compartilha vídeo do clube sobre final com Al-Ittihad e diz: "E a vontade de estar lá?"

Mundial de Clubes: Fifa vai mudar troféu e logo para novo torneio

Mundial de Clubes: Fifa vai mudar troféu e logo para novo torneio

Presidente Gianni Infantino afirma que nova taça estará entre os vários anúncios que a entidade fará para a competição este ano

Mercedes está aberta a receber Sebastian Vettel de volta à F1

Mercedes está aberta a receber Sebastian Vettel de volta à F1

Chefe da equipe alemã, Toto Wolff afirmou que o tetracampeão é alguém "que nunca se pode descartar"; em entrevista recente

Vasco ainda sonha com Marlon Freitas e tem outras duas negociações

Vasco ainda sonha com Marlon Freitas e tem outras duas negociações

A resposta sobre a proposta de R$ 12 milhões pelo volante não foi oficialmente recusada pelo SAF alvinegra, e ainda há conversas

Palmeiras inicia busca para se isolar como maior brasileiro na Libertadores

Palmeiras inicia busca para se isolar como maior brasileiro na Libertadores

Verdão estreia na competição continental nesta quarta-feira, mas deve poupar titulares por estar entre as finais do Paulistão

Landim diz que possível saída do Flamengo afetará Gabigol

Landim diz que possível saída do Flamengo afetará Gabigol

Presidente responde a questionamentos em grupo de WhatsApp com aliados políticos sobre renovação do atacante: "Não seremos reféns"

Dorival aprova início pela Seleção:”O Brasil sai daqui com saldo positivo”

Dorival aprova início pela Seleção:”O Brasil sai daqui com saldo positivo”

Essa é a segunda punição do Peixe; a primeira, pelo não pagamento do técnico Fabián Bustos, foi resolvida após quitação dos R$ 4,7 milhões

en_USEnglish