Voltar ao Início

Você está em:

Putin diz haver ‘guerra real’ contra Rússia

Presidente russo fez discurso de dez minutos diante do tradicional desfile militar que celebra vitória da União Soviética sobre a Alemanha
Amanda Omura

Amanda Omura

Diante de uma ameaça inédita de ataques vindos da Ucrânia, a Rússia celebrou nesta segunda-feira (9) o Dia da Vitória, o feriado mais importante do país, de forma mais enxuta.

A data marca a vitória de tropas soviéticas sobre a Alemanha nazista, há 78 anos. O discurso do presidente do país, Vladimir Putin, foi menos agressivo e mais curto que no ano passado, e a tradicional parada militar na Praça Vermelha, menos numerosa (leia mais abaixo).

Por cerca de dez minutos, Putin disse que:
Uma "guerra real" está sendo travada pelo Ocidente contra a Rússia;
O mundo está novamente em um ponto de virada - em referência ao momento em que a União Soviética conteve as tropas nazistas, no fim da 2ª Guerra Mundial;
As "elites globalistas ocidentais" semeiam a russofobia;
O povo ucraniano se tornou "refém de um golpe de Estado" e das ambições do Ocidente.

"Hoje, a civilização está novamente em um ponto de virada decisivo. Uma verdadeira guerra foi desencadeada contra nossa pátria. Nós repelimos o terrorismo internacional", afirmou.

O desfile militar, que todos os anos toma a Praça Vermelha, em Moscou, também foi mais contido este ano:
Apenas um tanque desfilou, acompanhado de blindados e porta-mísseis;
Neste ano, foram canceladas as tradicionais procissões do “Regimento Imortal”, nas quais multidões de cidadãos saíam às ruas segurando retratos de parentes que morreram ou serviram na Segunda Guerra Mundial;
Pela primeira vez, não houve nenhum avião, helicóptero ou equipamento aéreo na parada.
Em 21 cidades russas as paradas militares locais foram canceladas por conta da ameaça de um ataque da Ucrânia - na semana passada, Moscou disse ter interceptado um drone que atacaria o Kremlin.
As tropas também foram menos numerosas - cerca de 8 mil soldados desfilaram, contra 14 mil em 2020, mesmo durante a pandemia.

Posts Relacionados

Milei se encontra com Elon Musk e oferece apoio

Milei se encontra com Elon Musk e oferece apoio

Presidente da Argentina, Milei ofereceu apoio a Musk nos processos da Justiça brasileira em que o bilionário está sendo investigado

México pede suspensão do Equador na ONU

México pede suspensão do Equador na ONU

O objetivo da denúncia mexicana é "garantir a reparação do dano moral infligido ao Estado mexicano e a seus cidadãos", disse a ministra

Netanyahu diz que já tem data para atacar Rafah

Netanyahu diz que já tem data para atacar Rafah

Ele não deu mais detalhes. Pouco depois, o Departamento de Estado dos Estados Unidos disse que não foi informado sobre os planos

Terremoto de 4,8 de magnitude atinge Nova York

Terremoto de 4,8 de magnitude atinge Nova York

A profundidade do terremoto, de acordo com a USGS, foi de 5 quilômetros abaixo da superfície -- uma profundidade considerada baixa

Blinken diz que Ucrânia vai ser membro da Otan

Blinken diz que Ucrânia vai ser membro da Otan

Ele também afirmou que apoiar a Ucrânia é importante porque os russos estão recebendo ajuda para aumentar sua indústria de defesa

Pressionado, Netanyahu endurece o discurso

Pressionado, Netanyahu endurece o discurso

O primeiro-ministro de Israel é pressionado pela antecipação de eleições gerais e pela crise deflagrada em sua coligação extremista

Ataque destrói consulado iraniano na Síria

Ataque destrói consulado iraniano na Síria

A Guarda Revolucionária do Irã anunciou que sete de seus membros, entre eles três comandantes, morreram no bombardeio

Na Faixa de Gaza, 12 pessoas morrem afogadas

Na Faixa de Gaza, 12 pessoas morrem afogadas

Os Estados Unidos optaram por jogar caixas de aviões porque há dificuldades para entrar com caminhões na Faixa de Gaza

en_USEnglish