Voltar ao Início

Você está em:

Quais são os sinais mais comuns da falta de ferro no corpo

Anemia por deficiência de ferro é distúrbio nutricional mais comum do planeta; mais de 30% da população mundial é anêmica
Amanda Omura

Amanda Omura

Você costuma ficar cansado, sem fôlego ou notar seus batimentos cardíacos? Talvez seus amigos tenham comentado que você está mais pálido?

Se a resposta for sim, você pode estar com anemia por deficiência de ferro (anemia ferropriva), o distúrbio nutricional mais comum do planeta.

Mais de 30% da população mundial é anêmica, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS).
Esta é uma condição na qual há baixa concentração de hemoglobina no sangue, o que significa que menos oxigênio chega às células.

Mas a anemia por deficiência de ferro não deve ser autodiagnosticada ou medicada —, não só os sintomas podem indicar outra doença, como sobrecarregar o corpo com ferro pode ser perigoso, uma vez que o acúmulo excessivo desse mineral pode danificar o fígado e causar outras complicações.
Portanto, você deve consultar um médico se sentir:
fadiga extrema e falta de energia;
falta de ar;
batimentos cardíacos perceptíveis (palpitações);
pele pálida.

Estes são os sintomas mais comuns, de acordo com o sistema público de saúde do Reino Unido, o NHS, e a Clínica Mayo, uma das maiores organizações de pesquisa médica dos Estados Unidos, embora existam outros menos comuns, incluindo:

dor de cabeça, tontura ou vertigem;
inflamação ou dor na língua;
queda de cabelo: observar que sai mais cabelo ao escovar ou lavar no banho;
desejo de comer substâncias que não são alimentos, como papel ou gelo, uma condição conhecida como síndrome de pica ou alotriofagia;
feridas abertas dolorosas (úlceras) nos cantos da boca;
unhas em forma de colher ou quebradiças;
síndrome das pernas inquietas, transtorno que causa um forte desejo de mover as pernas.

Ferro heme e não-heme
Há dois tipos de ferro: heme e não-heme.

O ferro heme é proveniente de fontes animais — e é mais facilmente absorvido pelo organismo. Você o encontra nos seguintes alimentos:
carne vermelha;
fígado;
ovos;
peixes.

E há boas fontes de ferro em verduras folhosas de cor verde-escura, como couve e espinafre, e leguminosas, como feijão, ervilha e lentilha.

O problema é que estes não são heme, o que significa que você não absorve tanto ferro de fontes vegetais quanto da carne vermelha.

Posts Relacionados

Mitos e fatos sobre nutrição: o glúten realmente faz mal?

Mitos e fatos sobre nutrição: o glúten realmente faz mal?

O glúten tem sido o vilão: cada vez mais pessoas não toleram o conjunto de proteínas encontrados no trigo e em outros grãos

Como determinar o tamanho ideal das porções de comida para cada pessoa

Como determinar o tamanho ideal das porções de comida para cada pessoa

Além da qualidade dos alimentos, também é importante consumir uma quantidade adequada. Como calcular isso?

Passar protetor solar apenas em algumas partes do rosto traz alerta para saúde

Passar protetor solar apenas em algumas partes do rosto traz alerta para saúde

Prática que visa criar um 'jogo de luz e sombra na pele' ao passar protetor solar apenas em partes do corpo não é recomendada

Por que o álcool é tão perigoso para o cérebro dos jovens

Por que o álcool é tão perigoso para o cérebro dos jovens

O álcool é uma toxina. Seus riscos incluem acidentes, doenças do fígado e muitos tipos de câncer, até em pequenas quantidades

Candidíase em homens: como surge a infecção que causa coceira e manchas

Candidíase em homens: como surge a infecção que causa coceira e manchas

A 'Candida albicans' é um tipo de fungo que normalmente coexiste em equilíbrio na microbiota humana, e faz parte do corpo

Cosméticos: quais substâncias nossa pele consegue ou não absorver

Cosméticos: quais substâncias nossa pele consegue ou não absorver

Marketing traz apelo de várias substâncias com promessas de resultados, mas nem tudo é absorvido pela pele

A teoria do ‘útero errante’ que deu origem ao ultrapassado conceito de histeria

A teoria do ‘útero errante’ que deu origem ao ultrapassado conceito de histeria

Esta crença existiu há mais de 2,4 mil anos, mas o paradigma sobre como o suposto 'animal' afetava o corpo se manteve

Psicóloga incentiva adultos a cuidarem de sua criança interior para superar traumas

Psicóloga incentiva adultos a cuidarem de sua criança interior para superar traumas

Com mais de 8 milhões de seguidores, Nicole Lepera fala sobre como os traumas influenciam a vida adulta em vídeos

en_USEnglish