Voltar ao Início

Você está em:

Cérebro permanece ‘afiado’ até os 60 anos, diz estudo

Estudo com 1,2 milhão de pessoas, revelou que a velocidade mental permaneceu relativamente estável entre 30 e 60 anos
Picture of Amanda Omura

Amanda Omura

O cérebro permanece afiado até a meia-idade, diferentemente das suposições populares de que a velocidade de processamento mental diminui a partir dos 20 e 30 anos. É o que sugere uma pesquisa publicada na revista "Nature Human Behaviour".
O estudo com 1,2 milhão de pessoas, com idades entre 10 e 80 anos, revelou que a velocidade mental permaneceu relativamente estável entre 30 e 60 anos — mas a cautela na tomada de decisão tende a aumentar com a idade.

Os pesquisadores da Universidade de Heidelberg, na Alemanha, usaram uma tarefa online para estimar o tempo de tomada de decisão das pessoas.
Eles mostraram aos participantes uma série de imagens online e pediram a eles que as colocassem em duas categorias — boa ou ruim — apertando botões diferentes para isso.

Eles sugerem que a tarefa envolve processos distintos, incluindo velocidade mental (definida a grosso modo como a taxa na qual processamos informações para tomar uma decisão), cautela na decisão (que analisa o tempo necessário para considerar as informações antes de tomar uma decisão) e, em seguida, o tempo envolvido em de fato apertar o botão.

Por meio de modelos matemáticos, os pesquisadores conseguiram estimar a velocidade com que os participantes concluíram cada parte do processo.
Eles descobriram que, embora o tempo médio para concluir a tarefa como um todo tenha piorado após os 20 anos, a velocidade mental de processamento de informações não começou a diminuir até os 60 anos.
O estudo constatou que:

  • Pessoas com menos de 18 anos eram menos cautelosas e mais dispostas a abrir mão da precisão em prol da velocidade;
  • A cautela nas decisões aumentou entre 18 e 65 anos;
  • As pessoas também demoravam mais para apertar o respectivo botão quanto maior a idade.
    Os cientistas admitem que provavelmente há muitos processos diferentes envolvidos nas tomadas de decisão e dizem que é possível que outros fatores, como opiniões previamente formadas, também afetem a velocidade de tomada de decisão.

"Para grande parte da vida humana e carreiras de trabalho típicas, nossos resultados desafiam a noção generalizada de uma desaceleração da velocidade mental relacionada à idade", conclui o estudo.

Posts Relacionados

Abraço, massagem e mais: contato físico pode ajudar a regular o hormônio do estresse

Abraço, massagem e mais: contato físico pode ajudar a regular o hormônio do estresse

Pesquisadores avaliaram os efeitos do contato físico. Toque é importante não só para bebês, mas também para adultos

‘Esquecer’ é tão importante quanto ‘lembrar’ para a longevidade da memória

‘Esquecer’ é tão importante quanto ‘lembrar’ para a longevidade da memória

Professor da UNESP explica que o cérebro não possui um ‘disco rígido’ onde as nossas lembranças são armazenadas

Pipoca é janta? Entenda quando o alimento é considerado saudável e pode ajudar na dieta

Pipoca é janta? Entenda quando o alimento é considerado saudável e pode ajudar na dieta

Fonte de fibras, a pipoca pode ser combinada com outros itens e formar uma refeição. Também é uma boa opção de lanche

Fibromialgia atinge músculos e ligamentos e afeta até 7 vezes mais as mulheres

Fibromialgia atinge músculos e ligamentos e afeta até 7 vezes mais as mulheres

Pacientes com a doença costumam não ser levados a sério. Mulheres têm seis vezes mais chances de desenvolver a síndrome

Como poluição faz meninas menstruarem precocemente

Como poluição faz meninas menstruarem precocemente

Meninas estão entrando na puberdade mais cedo, possivelmente devido à exposição a poluentes atmosféricos

Mulheres vivem mais do que homens, mas com saúde pior, revela estudo

Mulheres vivem mais do que homens, mas com saúde pior, revela estudo

Pesquisa analisou dados sobre as 20 principais doenças causadoras de morte. Resultado mostra influência de fatores biológicos

Cortisol é mesmo o culpado por seus problemas de saúde?

Cortisol é mesmo o culpado por seus problemas de saúde?

"Hormônio do estresse" ganhou fama de vilão, com vídeos nas redes sociais culpando um suposto desequilíbrio hormonal

Sedentarismo e sobrepeso em crianças afetam o desempenho na escola

Sedentarismo e sobrepeso em crianças afetam o desempenho na escola

Os pesquisadores comprovaram a relação dos exercícios físicos com o desempenho cognitivo dos alunos

en_USEnglish