Voltar ao Início

Você está em:

Brasileiro sub-20: Ednaldo justifica regionalização por corte de custos

Com protesto de parte dos 16 clubes, presidente da CBF diz que "é natural que quem paga a conta" reavalie orçamento
Picture of Amanda Omura

Amanda Omura

O presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, ainda não confirma a realização de todas competições de base e de futebol feminino neste ano. Ele defendeu a avaliação completa de custos e a possibilidade de mudanças no formato destes torneios.

Um deles é o Brasileiro sub-20 masculino, que tem nova previsão de início no domingo (29). Inicialmente, deveria começar dia 24 de abril. Mas em novo formato, com regionalização de grupos, como o ge publicou na última quinta-feira.

Ednaldo disse que, após a eleição na CBF em março, era "natural revermos orçamentos", mas foi além e disse que não havia orçamento definido para algumas competições, indicando gastos muito altos para a realização.

  • As competições serão reavaliadas, em formatos que possam dar competitividade e diminuir custos. Tem três clubes de um estado que jogam entre eles e praticamente não saem para jogar, evitando assim três viagens. E tem grupos que estavam sendo feitos que um clube era prejudicado, viajando seis vezes para cumprir a programação. Por isso, a parte técnica está estudando totalmente a competição - justificou o presidente da CBF.

A nova divisão prevê chave com 10 times, com os cinco clubes de São Paulo (Corinthians, São Paulo, Santos, Palmeiras e Bragantino), dois do Rio Grande do Sul (Grêmio e Inter), um do Paraná (Athletico), um de Santa Catarina (Chapecoense), um de Goiás (Atlético-GO).

Do outro lado estão os quatro do Rio (Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco), três de Minas Gerais (América-MG, Atlético-MG e Cruzeiro), três da região Nordeste (dois cearenses, com Fortaleza e Ceará, e o Bahia, da Bahia).

Por outro lado, o presidente da CBF deixou no ar, de fato, a possibilidade de exclusão do torneio sub-23, que envolvia 16 clubes. Ednaldo recebeu protesto de presidentes de clubes nos últimos dias, disse que respeita as manifestações, mas contestou os gastos. E disse que a CBF convive com as críticas, mas vai agir de maneira transparente.

  • Bom lembrar que a CBF banca 100% da competição. Em viagens, hospedagens, alimentação, traslados, arbitragem. Então é natural que quem paga a conta procure ver a forma mais correta a ser paga. Que tenham mais paciência porque não pretendemos excluir, mas reavaliar sim - comentou Ednaldo, sem deixar de alfinetar a antiga gestão.

Posts Relacionados

Premiação da Bola de Ouro 2024 já tem data definida

Premiação da Bola de Ouro 2024 já tem data definida

Cerimônia será realizada no dia 28 de outubro, em Paris, e finalistas serão divulgados em setembro. Vini Jr é um dos favoritos

COB pede vaga olímpica para remadores que ajudaram na tragédia do Rio Grande do Sul

COB pede vaga olímpica para remadores que ajudaram na tragédia do Rio Grande do Sul

Evaldo Becker e Piedro Tuchtenhagen deixaram de disputar o Pré-Olímpico na Suíça para resgatar vítimas das enchentes

Vitórias de Alison, Ítalo e da seleção feminina de vôlei marcam semana do Brasil

Vitórias de Alison, Ítalo e da seleção feminina de vôlei marcam semana do Brasil

Ítalo Ferreira é campeão da etapa do Taiti do Circuito Mundial, Alison dos Santos nos 400m com barreiras, vôlei feminino segue invicta

Brasileirão recomeça neste fim de semana com retorno dos times gaúchos

Brasileirão recomeça neste fim de semana com retorno dos times gaúchos

Grêmio, Inter e Juventude entram em campo neste sábado; Tricolor será mandante e jogará no Couto Pereira, em Curitiba

CBF vai usar data Fifa e inversão de mandos para recuperar jogos atrasados

CBF vai usar data Fifa e inversão de mandos para recuperar jogos atrasados

A entidade – em conjunto com os clubes – também decidiu que o Campeonato Brasileiro vai terminar no dia 8 de dezembro, sem adiamentos

Insatisfeita, VaideBet pede esclarecimentos ao Corinthians e pode rescindir contrato

Insatisfeita, VaideBet pede esclarecimentos ao Corinthians e pode rescindir contrato

A casa de apostas VaideBet, patrocinadora máster do Corinthians, notificou o clube de que está insatisfeita com as recentes notícias relacionadas à parceria e avisou

Corinthians vê Cássio irredutível sobre saída e negocia condições para rescisão

Corinthians vê Cássio irredutível sobre saída e negocia condições para rescisão

A era Cássio está mesmo chegando ao fim no Corinthians. Nesta quarta-feira, o goleiro teve uma conversa com o presidente do clube, Augusto Melo, e

Após 12 dias, Inter volta aos treinos em complexo de universidade

Após 12 dias, Inter volta aos treinos em complexo de universidade

Na fria tarde desta terça-feira, o grupo de Eduardo Coudet se reuniu para o treinamento no complexo esportivo da PUCRS

pt_BRPortuguese