Voltar ao Início

Você está em:

Clubes da Série B e os 14 da A estudam estatutos da Libra e se reunirão por contraproposta

A decisão foi estudar e debater novamente antes de levar uma posição final para a reunião do dia 12, na sede da CBF
Picture of Amanda Omura

Amanda Omura

O tom bélico das discussões sobre a Libra, a Liga do Futebol Brasileiro, observado após reunião em São Paulo na última terça-feira, perdeu força com conversas posteriores ao encontro. O clima ainda está longe de ser de extrema leveza, mas existe diálogo.

Em reunião realizada na tarde de quinta-feira, em Santa Catarina, clubes da Série B do Campeonato Brasileiro discutiram a negociação de direitos de transmissão para as temporadas de 2023 e 2024, além da possível adesão à liga. A decisão foi estudar melhor o estatuto e debater novamente antes de levar uma posição final para a reunião marcada para o dia 12, na sede da CBF.

Uma nova conversa entre os clubes da Série B, mas desta vez virtual e também com participação dos 14 da Série A (incluindo os 10 do movimento Forte Futebol), acontecerá na tarde desta sexta-feira. Dependendo do resultado, uma nova reunião pode ser marcada para o início da próxima semana. O desafio é chegar a termos que tornem viável a adesão de todos e que sejam aceitos pelo grupo dos clubes de maior investimento.

As propostas dos 14 clubes da Série A e dos da B estão alinhadas, embora as agremiações da divisão inferior tenham também outros objetivos, como igualar o peso de voto nas decisões da assembleia geral da liga – pelo estatuto atual, os votos dos clubes da Série A têm peso dois.

Entre reclamações, receios e exigências, existe um forte otimismo por parte do grupo formado pelos cinco paulistas da Série A e pelo Flamengo de que a liga de fato sairá do papel no dia 12.

Hoje, a Libra tem oito assinaturas: Bragantino, Corinthians, Flamengo, Palmeiras, Santos, São Paulo e mais Cruzeiro e Ponte Preta. Para que de fato sejam constituídas sede, estrutura e sociedade empresarial da liga, são necessárias 12. Porém, para organizar o Campeonato Brasileiro, como é a proposta do estatuto, seria necessário, além de adesão da grande maioria dos 40 clubes das duas divisões, o aval da CBF.

Na Série A, as posições já estavam claras desde a reunião de terça-feira em São Paulo. Os times paulistas e o Flamengo criaram a liga, enquanto o Forte Futebol, que se denomina como movimento de clubes emergentes, se colocou contra o formato de rateio de receitas. Além deles, os quatro restantes (Fluminense, Botafogo, Atlético-MG e Internacional) não aderiram oficialmente a nenhum dos lados, mas nos bastidores percebe-se alinhamento com o Forte Futebol.

Posts Relacionados

Premiação da Bola de Ouro 2024 já tem data definida

Premiação da Bola de Ouro 2024 já tem data definida

Cerimônia será realizada no dia 28 de outubro, em Paris, e finalistas serão divulgados em setembro. Vini Jr é um dos favoritos

COB pede vaga olímpica para remadores que ajudaram na tragédia do Rio Grande do Sul

COB pede vaga olímpica para remadores que ajudaram na tragédia do Rio Grande do Sul

Evaldo Becker e Piedro Tuchtenhagen deixaram de disputar o Pré-Olímpico na Suíça para resgatar vítimas das enchentes

Vitórias de Alison, Ítalo e da seleção feminina de vôlei marcam semana do Brasil

Vitórias de Alison, Ítalo e da seleção feminina de vôlei marcam semana do Brasil

Ítalo Ferreira é campeão da etapa do Taiti do Circuito Mundial, Alison dos Santos nos 400m com barreiras, vôlei feminino segue invicta

Brasileirão recomeça neste fim de semana com retorno dos times gaúchos

Brasileirão recomeça neste fim de semana com retorno dos times gaúchos

Grêmio, Inter e Juventude entram em campo neste sábado; Tricolor será mandante e jogará no Couto Pereira, em Curitiba

CBF vai usar data Fifa e inversão de mandos para recuperar jogos atrasados

CBF vai usar data Fifa e inversão de mandos para recuperar jogos atrasados

A entidade – em conjunto com os clubes – também decidiu que o Campeonato Brasileiro vai terminar no dia 8 de dezembro, sem adiamentos

Insatisfeita, VaideBet pede esclarecimentos ao Corinthians e pode rescindir contrato

Insatisfeita, VaideBet pede esclarecimentos ao Corinthians e pode rescindir contrato

A casa de apostas VaideBet, patrocinadora máster do Corinthians, notificou o clube de que está insatisfeita com as recentes notícias relacionadas à parceria e avisou

Corinthians vê Cássio irredutível sobre saída e negocia condições para rescisão

Corinthians vê Cássio irredutível sobre saída e negocia condições para rescisão

A era Cássio está mesmo chegando ao fim no Corinthians. Nesta quarta-feira, o goleiro teve uma conversa com o presidente do clube, Augusto Melo, e

Após 12 dias, Inter volta aos treinos em complexo de universidade

Após 12 dias, Inter volta aos treinos em complexo de universidade

Na fria tarde desta terça-feira, o grupo de Eduardo Coudet se reuniu para o treinamento no complexo esportivo da PUCRS

pt_BRPortuguese