Voltar ao Início

Você está em:

Inglaterra vence Austrália e está na final da Copa pela primeira vez

Ella Toone abre pelas inglesas, Sam Kerr brilha para empatar, mas Alessia Russo e Chloe Kelly selam classificação das Leoas
Picture of Amanda Omura

Amanda Omura

Inglaterra está na final!
A treinadora chega - com seleções diferentes - em duas finais seguidas de Copa do Mundo. A Inglaterra superou o brilho de Sam Kerr, venceu a co-anfitriã Austrália por 3 a 1 e está na final do Mundial pela primeira vez na história. Ella Toone abriu pelas Leoas, Kerr empatou, e Alessia Russo e Chloe Kelly selaram a vitória.

E agora?
A decisão do título da Copa do Mundo feminina acontecerá às 7h do domingo, pelo horário de Brasília, entre Espanha e Inglaterra.

Toone: a explosão inglesa
Ella Toone trotava com paciência na direção da área enquanto via as companheiras avançarem ao ataque pela esquerda do campo. Poderia até parecer aérea ao que acontecia a sua volta, mas bastou o passe de Alessia Russo em seus pés para chutar de primeira em um golaço para abrir o placar pela Inglaterra. O primeiro gol da camisa 10 e justamente sendo substituta da suspensa Lauren James, artilheira nessa Copa.

Sam Kerr: o alívio… e uma despedida
Depois de assistir quatro confrontos do banco de reservas - por conta de lesão -, Sam Kerr enfim começou como titular. Puxou a responsabilidade para si e sozinha enfrentou três defensoras para mandar um foguete balançar as redes. Ali, o empate da Austrália trouxe um suspiro de alívio para explodir a torcida em Sidney. Poderia ser a consagração da craque, mas as chances desperdiçadas no fim pesaram na despedida. Elas agora disputam o terceiro lugar com a Suécia, no sábado.
Hemp e Russo: uma dupla fatal
As Matildas, contudo, só não contavam com o brilho do ataque inglês. Tiveram uma, duas, três chances seguidas desperdiçadas na segunda etapa até assistirem Lauren Hemp e Alessia Russo marcarem - aos 25 e aos 40 - para selar o placar. Marcaram ali a eliminação das co-anfitriãs e o feito histórico das inglesas.

Duas finais seguidas com seleções diferentes
Sarina Wiegman transformou-se ao apito final. Se aparecia de semblante fechado na beira do campo, a treinadora enfim deixou esvair a pressão para abrir o sorriso de quem sabe que fez história. Aos 53 anos, tornou-se a primeira pessoa a chegar com seleções diferentes em duas finais seguidas de Copa do Mundo. Como? Nem ela sabe.

Posts Relacionados

COI propõe criação dos Jogos Olímpicos de Esports

COI propõe criação dos Jogos Olímpicos de Esports

Proposta foi colocada na mesa durante sessão do Comitê Olímpico Internacional; existem discussões sobre um país anfitrião

Dorival crê que Vini Júnior pode repetir na Copa América desempenho no Real

Dorival crê que Vini Júnior pode repetir na Copa América desempenho no Real

Vini tem 24 gols em 41 jogos nessa temporada. Além disso, foi fundamental para títulos do Campeonato Espanhol e da Liga dos Campeões

Lúcio Barbosa e Kátia dos Santos entregam seus cargos na SAF do Vasco

Lúcio Barbosa e Kátia dos Santos entregam seus cargos na SAF do Vasco

A interferência do CRVG, que está no controle das ações, e o comprometimento à governança da SAF pesaram na decisão

Crise no Corinthians: diretores financeiro e de futebol entregam os cargos

Crise no Corinthians: diretores financeiro e de futebol entregam os cargos

Horas após a patrocinadora VaideBet comunicar a rescisão contratual, diretores de cargos importantes deixaram a cúpula do clube

Premiação da Bola de Ouro 2024 já tem data definida

Premiação da Bola de Ouro 2024 já tem data definida

Cerimônia será realizada no dia 28 de outubro, em Paris, e finalistas serão divulgados em setembro. Vini Jr é um dos favoritos

COB pede vaga olímpica para remadores que ajudaram na tragédia do Rio Grande do Sul

COB pede vaga olímpica para remadores que ajudaram na tragédia do Rio Grande do Sul

Evaldo Becker e Piedro Tuchtenhagen deixaram de disputar o Pré-Olímpico na Suíça para resgatar vítimas das enchentes

Vitórias de Alison, Ítalo e da seleção feminina de vôlei marcam semana do Brasil

Vitórias de Alison, Ítalo e da seleção feminina de vôlei marcam semana do Brasil

Ítalo Ferreira é campeão da etapa do Taiti do Circuito Mundial, Alison dos Santos nos 400m com barreiras, vôlei feminino segue invicta

Brasileirão recomeça neste fim de semana com retorno dos times gaúchos

Brasileirão recomeça neste fim de semana com retorno dos times gaúchos

Grêmio, Inter e Juventude entram em campo neste sábado; Tricolor será mandante e jogará no Couto Pereira, em Curitiba

pt_BRPortuguese