Voltar ao Início

Você está em:

Uefa tira final da Champions de São Petersburgo, e Paris é a nova sede

Confederação europeia decide pela mudança após invasão Russa à Ucrânia. Seleções terão seus próximos jogos em campo neutro
Picture of Amanda Omura

Amanda Omura

Como esperado, a Uefa determinou nesta sexta-feira a mudança da sede da final da Liga dos Campeões desta temporada. A decisão do torneio não será mais no Estádio Krestovsky, em São Petersburgo, por causa da invasão da Rússia à Ucrânia. Agora o último jogo da Champions League está previsto para Paris, no Stade de France, no dia 28 de maio.
— A Uefa gostaria de expressar seu agradecimento ao presidente da França, Emmanuel Macron, pelo apoio pessoal e comprometimento para que o jogo de clubes mais prestigiado da Europa fosse movido para a França, neste tempo de crise sem paralelos. Junto com o governo francês, a Uefa vai dar suporte a vários envolvidos para garantir o resgate de jogadores de futebol e suas famílias na Ucrânia, que enfrentam terríveis sofrimentos humanos, destruição e deslocamento — declarou a Uefa.

Também ficou decidido na reunião desta sexta-feira do Comitê Executivo da entidade que clubes da Rússia e da Ucrânia, assim como seleções em competições continentais, terão de mandar seus jogos em estádios neutros, "até segunda ordem".
Esse é o segundo adiamento da final da Liga dos Campeões em São Petersburgo. A cidade russa tinha sido escolhida como sede para a edição de 2020/21, mas por causa da pandemia, teve de que tirar Istambul dos planos para 2019/20 e levar a fase decisiva do torneio para Lisboa.

Paris não recebe a decisão da Liga dos Campeões desde a temporada 2005/06, quando o Barcelona de Ronaldinho Gaúcho venceu o Arsenal no mesmo Stade de France.
A atual Champions League está na fase de oitavas de final. Todos os jogos de ida foram realizados, e agora faltam as partidas de volta, marcadas para os dias 8, 9, 15 e 16 de março.

Uefa condena invasão
A Uefa publicou na quinta-feira uma nota oficial em que condena "veementemente" a invasão militar da Rússia à Ucrânia, que teve início na madrugada. A confederação europeia de futebol disse partilhar da preocupação da comunidade internacional com a situação de segurança na Europa.
— Como órgão dirigente do futebol europeu, a UEFA trabalha incansavelmente para desenvolver e promover o futebol de acordo com valores europeus comuns, como a paz e o respeito pelos direitos humanos. Continuamos resolutos em nossa solidariedade com a comunidade do futebol na Ucrânia e estamos prontos para estender nossa mão ao povo ucraniano — afirmou a Uefa, em nota.

Posts Relacionados

Premiação da Bola de Ouro 2024 já tem data definida

Premiação da Bola de Ouro 2024 já tem data definida

Cerimônia será realizada no dia 28 de outubro, em Paris, e finalistas serão divulgados em setembro. Vini Jr é um dos favoritos

COB pede vaga olímpica para remadores que ajudaram na tragédia do Rio Grande do Sul

COB pede vaga olímpica para remadores que ajudaram na tragédia do Rio Grande do Sul

Evaldo Becker e Piedro Tuchtenhagen deixaram de disputar o Pré-Olímpico na Suíça para resgatar vítimas das enchentes

Vitórias de Alison, Ítalo e da seleção feminina de vôlei marcam semana do Brasil

Vitórias de Alison, Ítalo e da seleção feminina de vôlei marcam semana do Brasil

Ítalo Ferreira é campeão da etapa do Taiti do Circuito Mundial, Alison dos Santos nos 400m com barreiras, vôlei feminino segue invicta

Brasileirão recomeça neste fim de semana com retorno dos times gaúchos

Brasileirão recomeça neste fim de semana com retorno dos times gaúchos

Grêmio, Inter e Juventude entram em campo neste sábado; Tricolor será mandante e jogará no Couto Pereira, em Curitiba

CBF vai usar data Fifa e inversão de mandos para recuperar jogos atrasados

CBF vai usar data Fifa e inversão de mandos para recuperar jogos atrasados

A entidade – em conjunto com os clubes – também decidiu que o Campeonato Brasileiro vai terminar no dia 8 de dezembro, sem adiamentos

Insatisfeita, VaideBet pede esclarecimentos ao Corinthians e pode rescindir contrato

Insatisfeita, VaideBet pede esclarecimentos ao Corinthians e pode rescindir contrato

A casa de apostas VaideBet, patrocinadora máster do Corinthians, notificou o clube de que está insatisfeita com as recentes notícias relacionadas à parceria e avisou

Corinthians vê Cássio irredutível sobre saída e negocia condições para rescisão

Corinthians vê Cássio irredutível sobre saída e negocia condições para rescisão

A era Cássio está mesmo chegando ao fim no Corinthians. Nesta quarta-feira, o goleiro teve uma conversa com o presidente do clube, Augusto Melo, e

Após 12 dias, Inter volta aos treinos em complexo de universidade

Após 12 dias, Inter volta aos treinos em complexo de universidade

Na fria tarde desta terça-feira, o grupo de Eduardo Coudet se reuniu para o treinamento no complexo esportivo da PUCRS

pt_BRPortuguese