Voltar ao Início

Você está em:

Fifa vai usar impedimento semiautomático na Copa do Mundo

Os dirigentes da entidade esperam que os impedimentos difíceis possam ser resolvidos em 20 ou 25 segundos
Picture of Amanda Omura

Amanda Omura

A Fifa anunciou nesta quinta-feira que vai usar na Copa do Mundo do Catar uma nova tecnologia para tornar mais eficientes e mais rápidas as marcações de impedimento, chamada de "impedimento semiautomático". Os dirigentes da entidade esperam que os impedimentos difíceis, que hoje levam em média 70 segundos para serem marcados, possam ser resolvidos em 20 ou 25 segundos.

Vai funcionar assim:

  • As bolas usadas na Copa do Mundo serão dotadas de um sensor, instalado exatamente no centro da esfera, que vai permitir ao sistema saber com exatidão em que momento houve contato com o jogador que passa a bola;
  • 12 câmeras posicionadas no estádio – conectadas ao mesmo sistema – vão rastrear a posição de cada jogador; e, mais do que isso, vão localizar com precisão 29 possíveis pontos de contato do corpo com a bola, 50 vezes por segundo;
  • Sempre que houver um jogador impedido, e ele participar do lance (ao tocar a bola), uma luz vai acender na cabine do VAR. E haverá um operador dedicado exclusivamente para esse tipo de lance;
  • Esses lances serão checados pelo VAR, que então se comunicará com o árbitro de campo;
  • Em vez das habituais linhas traçadas para marcar os impedimentos, a tecnologia vai gerar uma animação em 3D, que deve tornar mais fácil o trabalho dos árbitros (de vídeo e de campo) na hora de tomar uma decisão;
  • A mesma animação será exibida no telão dos estádios e nas transmissões de TV. A ideia é que o público tenha acesso à mesma imagem que foi usada pelos árbitros para decidir o lance;
  • A animação não será exibida imediatamente após o lance. Como é provável que o jogo já tenha sido reiniciado, a animação provavelmente só vai aparecer no estádio (e nas telas de quem estiver assistindo) na seguinte interrupção do jogo;
  • A nova tecnologia só será usada quando o jogador em impedimento tocar a bola; os impedimentos marcados por causa de interferência no campo do goleiro, por exemplo, continuarão a ser decisão do árbitro.

A Fifa testou a tecnologia em duas competições recentes – Copa Árabe, no final de 2021, e Mundial de Clubes, no início de 2022 – e também em laboratórios de universidades nos EUA, na Austrália e na Suíça. De acordo com o chefe do departamento de arbitragem da Fifa, Pierluigi Collina, a ferramenta está pronta para ser usada.

Posts Relacionados

Flamengo critica CBF sobre o calendário: “Brasileiro não tem isonomia”

Flamengo critica CBF sobre o calendário: “Brasileiro não tem isonomia”

Vice de futebol comenta declaração de Tite, e Bruno Spindel ataca confederação após recusa de troca de datas na Copa América

Neymar brinca com Jorge Jesus em treino e acompanha Al-Hilal na Supercopa

Neymar brinca com Jorge Jesus em treino e acompanha Al-Hilal na Supercopa

Atacante brasileiro compartilha vídeo do clube sobre final com Al-Ittihad e diz: "E a vontade de estar lá?"

Mundial de Clubes: Fifa vai mudar troféu e logo para novo torneio

Mundial de Clubes: Fifa vai mudar troféu e logo para novo torneio

Presidente Gianni Infantino afirma que nova taça estará entre os vários anúncios que a entidade fará para a competição este ano

Mercedes está aberta a receber Sebastian Vettel de volta à F1

Mercedes está aberta a receber Sebastian Vettel de volta à F1

Chefe da equipe alemã, Toto Wolff afirmou que o tetracampeão é alguém "que nunca se pode descartar"; em entrevista recente

Vasco ainda sonha com Marlon Freitas e tem outras duas negociações

Vasco ainda sonha com Marlon Freitas e tem outras duas negociações

A resposta sobre a proposta de R$ 12 milhões pelo volante não foi oficialmente recusada pelo SAF alvinegra, e ainda há conversas

Palmeiras inicia busca para se isolar como maior brasileiro na Libertadores

Palmeiras inicia busca para se isolar como maior brasileiro na Libertadores

Verdão estreia na competição continental nesta quarta-feira, mas deve poupar titulares por estar entre as finais do Paulistão

Landim diz que possível saída do Flamengo afetará Gabigol

Landim diz que possível saída do Flamengo afetará Gabigol

Presidente responde a questionamentos em grupo de WhatsApp com aliados políticos sobre renovação do atacante: "Não seremos reféns"

Dorival aprova início pela Seleção:”O Brasil sai daqui com saldo positivo”

Dorival aprova início pela Seleção:”O Brasil sai daqui com saldo positivo”

Essa é a segunda punição do Peixe; a primeira, pelo não pagamento do técnico Fabián Bustos, foi resolvida após quitação dos R$ 4,7 milhões

pt_BRPortuguese