Filho de Cristiano Ronaldo assina contrato de base com o Manchester

Filho de Cristiano Ronaldo assina contrato de base com o Manchester

  • Redação
  • fevereiro 11, 2022
  • Nenhum Comentário
  • 634
  • 2 minutos de leitura

A dinastia Ronaldo seguirá no Manchester United. O clube assinou contrato com o filho de Cristiano Ronaldo, de 11 anos, que vestirá a mesma camisa 7 do pai. Ele irá atuar na categoria sub-12 dos Diabos Vermelhos.
Cristiano Júnior vinha treinando na base do United desde que o pai acertou sua volta ao clube. Antes, já havia passado pelas divisões inferiores da Juventus, quando CR7 atuava pelo time italiano.
Apesar do início de carreira do filho, Cristiano Ronaldo deixou claro que não irá pressioná-lo para ser jogador de futebol.

  • Só o tempo irá dizer. Eu nunca vou pressioná-lo. Ele vai fazer o que quiser. O que mais quero para ele é que seja feliz e escolha o que quer. Eu vou apoiar de qualquer maneira – disse Cristiano, o pai, em entrevista recente.

Como funcionam os contratos de base na Inglaterra?
Na Inglaterra, os contratos de jogadores de base são divididos em três fases: Fundação (entre 9 e 11 anos), Desenvolvimento Jovem (entre 12 e 16 anos) e Desenvolvimento Profissional (entre 17 e 21 anos).
Como Cristiano Júnior tem 11 anos, ele será enquadrado na fase de Fundação. Neste momento, o vínculo tem a duração máxima de um ano, com renovação automática.

Post relacionados

Brasil na Opep+: país deve entrar no grupo, mas sem cotas, diz Prates

Brasil na Opep+: país deve entrar no grupo, mas…

Segundo o presidente da Petrobras, o Brasil irá analisar as regras de funcionamento da plataforma
Fechamento de polos de saúde por ameaça do garimpo deixou Yanomamis desassistidos

Fechamento de polos de saúde por ameaça do garimpo…

Tribunal de Contas da União também aponta impacto sobre 'aumento expressivo de agravos e óbitos evitáveis'
Lula diz que gastos com armas deveriam ser usados contra fome e mudança climática

Lula diz que gastos com armas deveriam ser usados…

Presidente disse ainda ser preciso 'trabalhar por uma economia menos dependente de combustíveis fósseis'

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *