Voltar ao Início

Você está em:

Governo anuncia incentivo a extração de minérios usados para gerar energia limpa

O programa vai incentivar a extração de minerais que são usados por empreendimentos ligados a energias sustentáveis
Picture of Amanda Omura

Amanda Omura

O ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, anunciou nesta quarta-feira (21) o lançamento de um programa, no segundo semestre, para incentivar a extração de minérios úteis para a transição energética.

Com o nome de "Mineração para Energia Limpa", o programa vai incentivar a extração de minerais que são usados por empreendimentos ligados a energias sustentáveis – baterias para carros elétricos, por exemplo.

"Vai ter incentivos fiscais, nós já estamos com eles em andamento. Estamos acabando de discutir agora a inclusão dos minerais críticos para a emissão de debêntures incentivadas. Vai impulsionar e muito a mineração sustentável e segura que nós queremos promover", afirmou Silveira em entrevista a jornalistas.

Silveira disse ainda que o ministério pretende fazer uma avaliação mais detalhada sobre a segurança das atividades de mineração.

O ministro também afirmou que a próximas debêntures a serem lançadas pelo governo já contarão com a política de transformação mineral da pasta.

Debêntures são títulos de dívida que as empresas emitem para financiar seus projetos. Quando são "incentivadas", significa dizer que há isenção do imposto de renda para pessoa física, ou seja, há um incentivo fiscal.

Para Silveira, o Brasil tem uma "janela de oportunidade" para usar os minerais críticos para a transição energética e incentivar a indústria nacional.

"Essa mineração que obviamente vai sobreviver na nova economia, que é a economia verde, com a transição energética e com a produção sustentável. O Brasil não pode continuar sendo um país visto como exportador de commodities", declarou.

Energia limpa
As energias limpas consistem em sistemas de produção de energia que excluem qualquer tipo de poluição, principalmente por emissão de gases de efeito estufa como o CO2, causadores das mudanças climáticas. Portanto, as energias limpas – em pleno desenvolvimento - promovem nossos progressos de preservação do meio ambiente e mitigação da crise de energias esgotáveis, como é o caso do gás ou do petróleo.

Posts Relacionados

Lula busca apoio de governadores e religiosos para manter veto a PL da ‘saidinha’

Lula busca apoio de governadores e religiosos para manter veto a PL da ‘saidinha’

Governo quer influenciar posição da bancada religiosa no Congresso e apelar para governadores sobre risco de crises

Lula quer lançar crédito para permitir que inscritos no CadÚnico possam empreender

Lula quer lançar crédito para permitir que inscritos no CadÚnico possam empreender

A expectativa é que nessa linha de crédito as taxas de juros sejam a metade do que o Pronampe cobra

PL das redes sociais pode entrar na pauta do Colégio de Líderes esta semana

PL das redes sociais pode entrar na pauta do Colégio de Líderes esta semana

Orlando Silva tenta colocar projeto na pauta da Câmara, mas diz que tema polêmico e lobby das "big techs" atrapalham

O que é o Sistema Nacional de Cultura, sancionado por Lula nesta semana

O que é o Sistema Nacional de Cultura, sancionado por Lula nesta semana

Mecanismo tem sido chamado de 'SUS da Cultura' e promete facilitar o acesso aos financiamentos no segmento

Em meio a crise na Petrobras, governo resolve pagar metade dos dividendos

Em meio a crise na Petrobras, governo resolve pagar metade dos dividendos

Com pagamento de aproximadamente R$ 20 bilhões, União terá direito a R$ 6 bilhões, valor que ajudará na meta fiscal

Haddad repete apelo por ‘pacto’ entre Poderes para cumprimento de metas

Haddad repete apelo por ‘pacto’ entre Poderes para cumprimento de metas

Pacheco, presidente do Senado, declarou a perda de validade de trechos da MP editada pelo governo para elevar receitas

Câmara aprova retrocessos na pauta ambiental e pode fragilizar prevenção

Câmara aprova retrocessos na pauta ambiental e pode fragilizar prevenção

Textos liberam garimpo em reservas, flexibilizam medidas contra incêndios e extinguem taxas que custeiam Ibama

No Brasil, Macron pretende negociar investimentos bilaterais

No Brasil, Macron pretende negociar investimentos bilaterais

Presidente francês passará por 4 cidades em 3 dias a partir da semana que vem; comitiva terá cerca de 140 empresários

pt_BRPortuguese