Voltar ao Início

Você está em:

Indicado pelo Centrão, novo chefe da Caixa não descarta trocas

Apoiado por Lira, presidente da Caixa afirmou que 'diálogo' do governo com Legislativo serve ao 'bem do Brasil'
Amanda Omura

Amanda Omura

Indicado pelo Centrão, o novo presidente da Caixa Econômica Federal, Carlos Vieira Fernandes, não descartou nesta quinta-feira (9) a possibilidade de fazer trocas na cúpula da instituição financeira.

Em entrevista, após cerimônia de posse na chefia da Caixa, Vieira foi questionado se, por pressão do Centrão, poderá fazer trocas nas vice-presidências do banco. Em resposta, o presidente da Caixa disse que eventuais mudanças fazem parte de "um processo dinâmico" das democracias em busca de "governabilidade".

"Quanto mais pessoas se agreguem ao aspecto da liderança do Executivo, melhor. Esse é um processo dinâmico. Isso faz parte de um processo dinâmico em todas as democracias. Eu não vejo estranhamento nesse processo porque ela não é pela primeira vez que acontece em uma organização como a Caixa […] É uma dinâmica normal das relações entre o executivo e o legislativo”, declarou.

Carlos Vieira assumiu a presidência da Caixa no lugar da economista Rita Serrano, demitida no fim de outubro. O novo chefe do banco conta com o aval do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL).

Em discurso na cerimônia de posse, Vieira disse que o "diálogo" entre o Legislativo e o Executivo "é para o bem do Brasil".
"A imprensa tanto destacou esse processo de transição na Caixa. Tão importante esse papel da imprensa nacional, porque ela ressalta dois aspectos: primeiro, que não se faz democracia sem diálogo. E o segundo aspecto é que ela [a imprensa] percebeu que o diálogo ocorrido entre o Legislativo e o Executivo é para o bem do Brasil", afirmou o novo presidente da Caixa.
No discurso, Carlos Vieira também disse que, na sua gestão, parlamentares "vão ser recebidos na Caixa".

"Quem sou eu para impedir o diálogo com a sociedade e com aqueles que fazem o Brasil crescer?", indagou.

O presidente da Caixa ainda fez, no pronunciamento, um agradecimento à antecessora, Rita Serrano, que não compareceu à solenidade.

"Rita foi responsável por trazer a empresa a apresentar resultados recorrentes, coisa que a Caixa não fazia há muitos anos. Dia 14 de novembro, nós estamos apresentando o balanço da Caixa, e tem que ser feita uma carta de agradecimento à Rita, porque foi a gestão dela que trouxe a empresa de volta a esse patamar que nós queremos que continue existindo", afirmou.

Posts Relacionados

Autuações da Receita Federal batem recorde e somam R$ 225 bilhões em 2023

Autuações da Receita Federal batem recorde e somam R$ 225 bilhões em 2023

Valor é 65% maior que o volume de autuações de 2022 e coincide com esforço por maior arrecadação

De olho na popularidade, Lula prepara obras do PAC com foco na população de baixa renda

De olho na popularidade, Lula prepara obras do PAC com foco na população de baixa renda

Governo quer aprovar medidas econômicas, como a criação de uma linha de crédito para CadÚnico

Supermercados propõe que sejam desonerados na cesta básica foie gras, bacalhau e trufas

Supermercados propõe que sejam desonerados na cesta básica foie gras, bacalhau e trufas

A discussão sobre quais produtos serão contemplados com quais benefícios ainda não foi feita

Governo estuda medidas para custear parte das tarifas e reduzir conta de luz dos consumidores

Governo estuda medidas para custear parte das tarifas e reduzir conta de luz dos consumidores

Segundo o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, três sugestões foram levantadas

Criação de empregos formais soma 306 mil em fevereiro, com aumento de 21,2%

Criação de empregos formais soma 306 mil em fevereiro, com aumento de 21,2%

Expectativa do governo é de que cerca de 43 mil famílias sejam beneficiadas pela medida

Imposto de Renda 2024: sou MEI, como faço minha declaração?

Imposto de Renda 2024: sou MEI, como faço minha declaração?

MEIs precisam fazer duas declarações diferentes: a tradicional e o faturamento da empresa

Desenrola: Correios e a Serasa promovem megafeirão de renegociação nesta quinta

Desenrola: Correios e a Serasa promovem megafeirão de renegociação nesta quinta

Segundo a Fazenda, mais de 12,2 milhões de pessoas já foram beneficiadas pelo Desenrola Brasil

Governo atrasa, e Haddad diz que reforma do Imposto de Renda será feita em etapas

Governo atrasa, e Haddad diz que reforma do Imposto de Renda será feita em etapas

Quando foi promulgada a reforma, Congresso estipulou 90 dias para apresentação de reforma do IR

pt_BRPortuguese