Voltar ao Início

Você está em:

Inglaterra vence Austrália e está na final da Copa pela primeira vez

Ella Toone abre pelas inglesas, Sam Kerr brilha para empatar, mas Alessia Russo e Chloe Kelly selam classificação das Leoas
Amanda Omura

Amanda Omura

Inglaterra está na final!
A treinadora chega - com seleções diferentes - em duas finais seguidas de Copa do Mundo. A Inglaterra superou o brilho de Sam Kerr, venceu a co-anfitriã Austrália por 3 a 1 e está na final do Mundial pela primeira vez na história. Ella Toone abriu pelas Leoas, Kerr empatou, e Alessia Russo e Chloe Kelly selaram a vitória.

E agora?
A decisão do título da Copa do Mundo feminina acontecerá às 7h do domingo, pelo horário de Brasília, entre Espanha e Inglaterra.

Toone: a explosão inglesa
Ella Toone trotava com paciência na direção da área enquanto via as companheiras avançarem ao ataque pela esquerda do campo. Poderia até parecer aérea ao que acontecia a sua volta, mas bastou o passe de Alessia Russo em seus pés para chutar de primeira em um golaço para abrir o placar pela Inglaterra. O primeiro gol da camisa 10 e justamente sendo substituta da suspensa Lauren James, artilheira nessa Copa.

Sam Kerr: o alívio… e uma despedida
Depois de assistir quatro confrontos do banco de reservas - por conta de lesão -, Sam Kerr enfim começou como titular. Puxou a responsabilidade para si e sozinha enfrentou três defensoras para mandar um foguete balançar as redes. Ali, o empate da Austrália trouxe um suspiro de alívio para explodir a torcida em Sidney. Poderia ser a consagração da craque, mas as chances desperdiçadas no fim pesaram na despedida. Elas agora disputam o terceiro lugar com a Suécia, no sábado.
Hemp e Russo: uma dupla fatal
As Matildas, contudo, só não contavam com o brilho do ataque inglês. Tiveram uma, duas, três chances seguidas desperdiçadas na segunda etapa até assistirem Lauren Hemp e Alessia Russo marcarem - aos 25 e aos 40 - para selar o placar. Marcaram ali a eliminação das co-anfitriãs e o feito histórico das inglesas.

Duas finais seguidas com seleções diferentes
Sarina Wiegman transformou-se ao apito final. Se aparecia de semblante fechado na beira do campo, a treinadora enfim deixou esvair a pressão para abrir o sorriso de quem sabe que fez história. Aos 53 anos, tornou-se a primeira pessoa a chegar com seleções diferentes em duas finais seguidas de Copa do Mundo. Como? Nem ela sabe.

Posts Relacionados

Mercedes está aberta a receber Sebastian Vettel de volta à F1

Mercedes está aberta a receber Sebastian Vettel de volta à F1

Chefe da equipe alemã, Toto Wolff afirmou que o tetracampeão é alguém "que nunca se pode descartar"; em entrevista recente

Vasco ainda sonha com Marlon Freitas e tem outras duas negociações

Vasco ainda sonha com Marlon Freitas e tem outras duas negociações

A resposta sobre a proposta de R$ 12 milhões pelo volante não foi oficialmente recusada pelo SAF alvinegra, e ainda há conversas

Palmeiras inicia busca para se isolar como maior brasileiro na Libertadores

Palmeiras inicia busca para se isolar como maior brasileiro na Libertadores

Verdão estreia na competição continental nesta quarta-feira, mas deve poupar titulares por estar entre as finais do Paulistão

Landim diz que possível saída do Flamengo afetará Gabigol

Landim diz que possível saída do Flamengo afetará Gabigol

Presidente responde a questionamentos em grupo de WhatsApp com aliados políticos sobre renovação do atacante: "Não seremos reféns"

Dorival aprova início pela Seleção:”O Brasil sai daqui com saldo positivo”

Dorival aprova início pela Seleção:”O Brasil sai daqui com saldo positivo”

Essa é a segunda punição do Peixe; a primeira, pelo não pagamento do técnico Fabián Bustos, foi resolvida após quitação dos R$ 4,7 milhões

Após demissão de Mattos, Rodrigo Pelaipe pede para sair do Vasco

Após demissão de Mattos, Rodrigo Pelaipe pede para sair do Vasco

O dirigente entendeu que não havia mais condição de continuar no clube, já que ele foi contratado pelo agora ex-diretor do clube

Com estreia do Flamengo na Libertadores no dia 2, final do Carioca será no sábado

Com estreia do Flamengo na Libertadores no dia 2, final do Carioca será no sábado

Como o primeiro jogo do Rubro-Negro está marcado para uma terça, a partida número 1 com o Nova Iguaçu será dia 30 de março

Atlético-MG descarta priorizar estreia na Libertadores em meio às finais do Mineiro

Atlético-MG descarta priorizar estreia na Libertadores em meio às finais do Mineiro

Victor Bagy destaca logística complicada para enfrentar o Caracas na Venezuela e cita importância das duas competições para o clube

pt_BRPortuguese