Voltar ao Início

Você está em:

EUA e UE anunciam acordo sobre Inteligência Artificial

Comissão Europeia discute para criar uma legislação para instaurar "limites formais" no uso das novas tecnologias de Inteligência Artificial
Picture of Amanda Omura

Amanda Omura

A Comissão Europeia anunciou a discussão de um acordo que visa criar uma legislação para instaurar "limites formais" no uso das novas tecnologias de Inteligência Artificial.
A comissária europeia de Concorrência e Tecnologia, Margrethe Vestager, estima que estabelecer esses limites "é uma questão urgente."

Como os Estados Unidos e a UE ainda não chegaram a um acordo que permite regularizar o conjunto de relações comerciais, ambos buscam aumentar a cooperação em várias áreas, como a tecnológica.

As "normas técnicas" discutidas durante o G7 no sábado (20), para tornar a internet "digna de confiança", deve resultar em um primeiro acordo na próxima semana, que estabelecerá regras para o monitoramento biométrico e o reconhecimento facial.

Defesa das práticas democráticas
Os Estados Unidos e a União Europeia querem criar uma legislação comum, mas o documento só deve ser finalizado no fim do ano. A previsão é que ele só se transforme em lei dentro de um ou dois anos.
Na ausência de um acordo de livre comércio, o Conselho do Comércio e das Tecnologias vem sendo usado como um espaço para a discussão da cooperação entre os EUA e a UE.

Washington e Bruxelas defendem as mesmas práticas democráticas e já assinaram um acordo de colaboração para pesquisa em cinco áreas da Inteligência Artificial: previsões meteorológicas e climáticas extremas, gestão das intervenções de emergência, melhorias na Saúde e na Medicina, otimização das redes elétricas e da Agricultura.

Imagem falsa do Pentágono
Uma imagem falsa de uma explosão no Pentágono viralizou por um momento e causou, na segunda-feira (22), uma queda de dez minutos nos mercados.
O incidente alimenta as especulações sobre os problemas que a Inteligência Artificial (IA) generativa poderia causar na sociedade.

A imagem, que muitos suspeitaram ter sido gerada por IA, foi compartilhada por várias contas, forçando o Pentágono a comentar, negando qualquer explosão.

Posts Relacionados

G7: líderes de países racham sobre aborto

G7: líderes de países racham sobre aborto

Apoio financeiro à Ucrânia é o principal tema do encontro, na Itália, que tem presença do presidente ucraniano Volodymyr Zelensky

Acordo autoriza entrada da Ucrânia na Otan

Acordo autoriza entrada da Ucrânia na Otan

Zelensky tem planos para que a Ucrânia entre na Otan já faz tempo, mas com a guerra, perdeu apoio dos países que compõem o grupo

Por que Macron pode dissolver o Parlamento na França?

Por que Macron pode dissolver o Parlamento na França?

A medida ocorreu depois da derrota do partido de Emmanuel Macron para de Le Pen nas eleições do Parlamento Europeu

Temos mais armas nucleares que a Europa toda, diz Putin

Temos mais armas nucleares que a Europa toda, diz Putin

Presidente russo afirmou também estar certo de sua vitória na guerra da Ucrânia, mas disse estar aberto a negociações de paz

Eleições no Parlamento Europeu começam

Eleições no Parlamento Europeu começam

A eleição para o Parlamento Europeu é a segunda maior votação do mundo. Espera-se que a participação neste ano seja a maior da história

Biden tenta reforçar aliança com europeus

Biden tenta reforçar aliança com europeus

Presidente dos EUA chegou a Paris para participar das celebrações pelos 80 anos do Dia D. Ele se reunirá com o rei Charles III

Claudia Sheinbaum influencia eleições dos EUA

Claudia Sheinbaum influencia eleições dos EUA

Presidente eleita assumirá o cargo um mês antes do pleito americano. Biden e Trump duelam para controlar a narrativa sobre migrantes

África do Sul tem eleições mais acirradas

África do Sul tem eleições mais acirradas

Serão eleitos 400 deputados nomeados proporcionalmente, indicados por 50 partidos. O novo Parlamento nomeará o próximo presidente

pt_BRPortuguese