Voltar ao Início

Você está em:

Investigação de emissora britânica traz evidências de corrupção por parte de Roman Abramovich

Detalhes sobre a construção da fortuna mostram que, ele teria enganado o governo da Rússia em mais de US$ 2,7 bilhões
Picture of Amanda Omura

Amanda Omura

A emissora britânica "BBC" exibiu na noite de segunda-feira, no programa Panorama, uma extensa investigação sobre as origens da fortuna do dono do Chelsea, Roman Abramovich. De acordo com a reportagem, foram descobertas novas evidências de acordos corruptos por parte do empresário russo.
Abramovich construiu uma fortuna bilionária após comprar uma companhia de óleo chamada Sibneft, ex-estatal, em meados do anos 1990, por cerca de US$ 250 milhões na época. A compra teria ocorrido em leilão fraudulento. Ele vendeu a companhia em 2005, por US$ 13 bilhões.

De acordo com a BBC, Roman Abramovich admitiu à Justiça britânica que fez pagamentos corruptos para conseguir comprar a Sibneft. Isso aconteceu após ser alvo de uma ação de Boris Berezovsky, antigo sócio, em 2012. Abramovich ganhou a disputa, mas descreveu como deu US$ 10 milhões para Berezovsky subornar um oficial do governo russo.
A BBC obteve acesso a um documento que se acredita ter sido contrabandeado da Rússia, e que era guardado por agências policiais do país. A emissora britânica não conseguiu verificar a veracidade disso, mas outras fontes confirmaram detalhes presentes no documento.
O documento afirma que o governo da Rússia foi enganado em US$ 2,7 bilhões no acordo com a Sibneft, que deu origem à fortuna do dono do Chelsea. O arquivo também revela que as autoridades russas queriam acusar Abramovich de fraude.

O procurador-geral da Rússia na época, Yuri Skuratov, que investigou a negociação, confirmou à BBC detalhes da venda da companhia de óleo, alegando que foi "um esquema fraudulento", em que aqueles envolvidos na privatização da empresa se aliaram a Abramovich e Berezovsky para enganar o governo e pagar menos do que a Sibneft valia.
O documento sugere que Roman Abramovich foi protegido pelo antigo presidente da Rússia Boris Yeltsin. A investigação foi paralisada e os arquivos levados para o Kremlin, sede do Poder Executivo.

Roman Abramovich foi um dos bilionários russos sancionados pelo governo do Reino Unido na semana passada, por causa das ligações com o presidente da Rússia, Vladimir Putin. Seus investimentos foram congelados e ele foi desqualificado do posto de diretor do Chelsea.
Os advogados de Abramovich dizem que não há base para alegar que ele acumulou uma riqueza por meio da criminalidade. Também negam as suspeitas de corrupção ou ele ter sido protegido por Yeltsin.

Posts Relacionados

Temos mais armas nucleares que a Europa toda, diz Putin

Temos mais armas nucleares que a Europa toda, diz Putin

Presidente russo afirmou também estar certo de sua vitória na guerra da Ucrânia, mas disse estar aberto a negociações de paz

Eleições no Parlamento Europeu começam

Eleições no Parlamento Europeu começam

A eleição para o Parlamento Europeu é a segunda maior votação do mundo. Espera-se que a participação neste ano seja a maior da história

Biden tenta reforçar aliança com europeus

Biden tenta reforçar aliança com europeus

Presidente dos EUA chegou a Paris para participar das celebrações pelos 80 anos do Dia D. Ele se reunirá com o rei Charles III

Claudia Sheinbaum influencia eleições dos EUA

Claudia Sheinbaum influencia eleições dos EUA

Presidente eleita assumirá o cargo um mês antes do pleito americano. Biden e Trump duelam para controlar a narrativa sobre migrantes

África do Sul tem eleições mais acirradas

África do Sul tem eleições mais acirradas

Serão eleitos 400 deputados nomeados proporcionalmente, indicados por 50 partidos. O novo Parlamento nomeará o próximo presidente

Gema de ovo é boa para a memória? Sal é vilão? O que ajuda na saúde do cérebro

Gema de ovo é boa para a memória? Sal é vilão? O que ajuda na saúde do cérebro

Peixes gordos, oleaginosas, frutas e vegetais escuros contêm propriedades importantes para o nosso cérebro

Forças de Israel e do Egito trocam tiros em fronteira

Forças de Israel e do Egito trocam tiros em fronteira

Sites locais falam ainda de um soldado egípcio morto. Exército de Israel confirma que houve um "incidente" na fronteira

Acaba mandato de Zelensky, mas continua presidente

Acaba mandato de Zelensky, mas continua presidente

Terminou oficialmente na segunda-feira (20) o mandato do presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky. Apesar disso, ele seguirá como chefe do Executivo do país. Em guerra

pt_BRPortuguese