Voltar ao Início

Você está em:

Prisão de imigrantes nos EUA bate recorde

A Patrulha de Fronteira dos EUA prendeu pelo menos 91 mil imigrantes no período, sendo o maior número desde maio de 2019
Picture of Amanda Omura

Amanda Omura

O número de imigrantes detidos nos Estados Unidos após cruzarem a fronteira com o México bateu recorde em agosto. A Patrulha de Fronteira dos EUA prendeu pelo menos 91 mil imigrantes no período, sendo o maior número desde maio de 2019.

São dados preliminares que o jornal The Washington Post teve acesso. Após uma queda em maio e junho, as apreensões aumentaram mais de 30% em julho e agosto.

Desde que Joe Biden assumiu a presidência, há mais de três anos, o mês passado foi o primeiro em que a maioria dos imigrantes fazendo essa travessia estava em grupos de famílias, ultrapassando o número de solteiros.

Mudanças na política de imigração
O governo de Joe Biden implementou mudanças nas regras da política de imigração, tornando mais difícil o processo de permanência para aqueles que são presos atravessando a fronteira. Também tentou incentivar os imigrantes a apresentarem pedidos de asilo antes de fazerem a travessia, montando bases de atendimento em países vizinhos.

Durante o governo de Donald Trump, crianças foram separadas dos pais, em centros de detenção. A medida foi muito criticada e denunciada por entidades de direitos humanos. Joe Biden se comprometeu a reunir de novo as famílias de imigrantes e proteger as que já estavam vivendo em território americano.

Divisão no país
A política de imigração divide o país. Governadores republicanos estão enviando imigrantes para estados democratas, como Nova York, que enfrenta falta de abrigos para esse volume de pessoas.

O Texas está instalando boias no meio do Rio Grande e arame farpado nas margens pra dificultar a travessia. No início de agosto, dois imigrantes foram encontrados mortos perto das boias. O governo Biden entrou com um processo contra o estado pela instalação dessas barreiras.

O que dizia o título 42?
O texto permitia negar imediatamente a entrada de imigrantes que chegassem ao território do EUA sem visto ou documentação necessários. A recusa era válida, inclusive, para quem estivesse em busca de asilo político.

Posts Relacionados

G7: líderes de países racham sobre aborto

G7: líderes de países racham sobre aborto

Apoio financeiro à Ucrânia é o principal tema do encontro, na Itália, que tem presença do presidente ucraniano Volodymyr Zelensky

Acordo autoriza entrada da Ucrânia na Otan

Acordo autoriza entrada da Ucrânia na Otan

Zelensky tem planos para que a Ucrânia entre na Otan já faz tempo, mas com a guerra, perdeu apoio dos países que compõem o grupo

Por que Macron pode dissolver o Parlamento na França?

Por que Macron pode dissolver o Parlamento na França?

A medida ocorreu depois da derrota do partido de Emmanuel Macron para de Le Pen nas eleições do Parlamento Europeu

Temos mais armas nucleares que a Europa toda, diz Putin

Temos mais armas nucleares que a Europa toda, diz Putin

Presidente russo afirmou também estar certo de sua vitória na guerra da Ucrânia, mas disse estar aberto a negociações de paz

Eleições no Parlamento Europeu começam

Eleições no Parlamento Europeu começam

A eleição para o Parlamento Europeu é a segunda maior votação do mundo. Espera-se que a participação neste ano seja a maior da história

Biden tenta reforçar aliança com europeus

Biden tenta reforçar aliança com europeus

Presidente dos EUA chegou a Paris para participar das celebrações pelos 80 anos do Dia D. Ele se reunirá com o rei Charles III

Claudia Sheinbaum influencia eleições dos EUA

Claudia Sheinbaum influencia eleições dos EUA

Presidente eleita assumirá o cargo um mês antes do pleito americano. Biden e Trump duelam para controlar a narrativa sobre migrantes

África do Sul tem eleições mais acirradas

África do Sul tem eleições mais acirradas

Serão eleitos 400 deputados nomeados proporcionalmente, indicados por 50 partidos. O novo Parlamento nomeará o próximo presidente

pt_BRPortuguese