Voltar ao Início

Você está em:

Putin declara lei marcial em 4 cidades da Ucrânia

Pela medida, militares russos tomam o controle da administração das regiões de Kherson, Zaporizhzhia, Donetsk e Luhansk
Picture of Amanda Omura

Amanda Omura

O presidente russo, Vladimir Putin, disse nesta quarta-feira (19) que vai introduzir a lei marcial nas quatro regiões da Ucrânia anexadas em setembro - Kherson, Zaporizhzhia, Donetsk e Luhansk.

A lei marcial é uma norma implementada em cenários de conflitos, crises civis e políticas, que substitui as leis e autoridades civis pelas militares. No início da invasão russa à Ucrânia, o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, chegou a introduzir a mesma medida em seu país.

Em um decreto publicado também nesta quarta, Putin restringiu o movimento de entrada e saída de civis de oito regiões russas ou anexadas por Moscou: Krasnodar, Belgorod, Bryansk, Voronezh, Kursk e Rostov, todas próximas à Ucrânia, e os territórios ucranianos da Crimeia e Sebastopol, que a Rússia anexou ilegalmente em 2014.

As medidas, com quase oito meses de guerra, marcam a mais recente escalada de Putin para combater uma série de grandes derrotas para as forças ucranianas desde o início de setembro.
Em reação ao anúncio de Putin, o governo ucraniano disse que a declaração deveria ser considerada "pseudolegalização de saque de propriedade ucraniana".

Em declarações televisionadas a membros de seu Conselho de Segurança, Putin também instruiu o governo a estabelecer um conselho de coordenação especial sob o comando do primeiro-ministro, Mikhail Mishustin, para governar as regiões.

A implementação da lei marcial chega no mesmo dia em que funcionários russos instalados em Kherson, uma das quatro regiões ocupadas, começaram a expulsar civis da cidade sob a alegação de um ataque ucraniano iminente.

Em uma indicação de que precisa levantar verbas, Putin disse que as medidas aumentariam a estabilidade da economia, indústria e produção em apoio à guerra da Ucrânia.

"Estamos trabalhando para resolver tarefas muito complexas e de grande escala para garantir um futuro confiável para a Rússia, o futuro de nosso povo", disse ele.

Posts Relacionados

Fogo avança sem controle na Califórnia

Fogo avança sem controle na Califórnia

Chamas anteciparam temporada de incêndios no estado dos EUA. Ventos e baixa visibilidade tornam esforços para apagar fogo 'inúteis'

G7: líderes de países racham sobre aborto

G7: líderes de países racham sobre aborto

Apoio financeiro à Ucrânia é o principal tema do encontro, na Itália, que tem presença do presidente ucraniano Volodymyr Zelensky

Acordo autoriza entrada da Ucrânia na Otan

Acordo autoriza entrada da Ucrânia na Otan

Zelensky tem planos para que a Ucrânia entre na Otan já faz tempo, mas com a guerra, perdeu apoio dos países que compõem o grupo

Por que Macron pode dissolver o Parlamento na França?

Por que Macron pode dissolver o Parlamento na França?

A medida ocorreu depois da derrota do partido de Emmanuel Macron para de Le Pen nas eleições do Parlamento Europeu

Temos mais armas nucleares que a Europa toda, diz Putin

Temos mais armas nucleares que a Europa toda, diz Putin

Presidente russo afirmou também estar certo de sua vitória na guerra da Ucrânia, mas disse estar aberto a negociações de paz

Eleições no Parlamento Europeu começam

Eleições no Parlamento Europeu começam

A eleição para o Parlamento Europeu é a segunda maior votação do mundo. Espera-se que a participação neste ano seja a maior da história

Biden tenta reforçar aliança com europeus

Biden tenta reforçar aliança com europeus

Presidente dos EUA chegou a Paris para participar das celebrações pelos 80 anos do Dia D. Ele se reunirá com o rei Charles III

Claudia Sheinbaum influencia eleições dos EUA

Claudia Sheinbaum influencia eleições dos EUA

Presidente eleita assumirá o cargo um mês antes do pleito americano. Biden e Trump duelam para controlar a narrativa sobre migrantes

pt_BRPortuguese