Voltar ao Início

Você está em:

Separatistas de Donetsk retiram civis do território

O líder da região de Donetsk, anunciou que está retirando civis do território e os levando para a Rússia, país vizinho e aliado
Picture of Amanda Omura

Amanda Omura

O líder da região de Donetsk, que se autoproclama uma república, anunciou nesta sexta-feira (18) que está retirando civis do território e os levando para a Rússia, país vizinho e aliado.
Os rebeldes de Donetsk estão em guerra com a Ucrânia desde 2014. Nesta sexta-feira, eles acusaram o governo da Ucrânia de preparar uma invasão, depois que os confrontos aumentaram.
Nesta sexta-feira, "uma partida maciça e centralizada da população para a Federação Russa foi organizada, antes de tudo, mulheres, crianças e idosos devem ser evacuados", declarou Denis Pushilin, um dos líderes dos rebeldes, em um vídeo em sua conta no Telegram.
"O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, muito em breve dará ordem para partir para a ofensiva e lançará um plano para invadir as Repúblicas Populares de Donetsk e Lugansk", disse ele, referindo-se aos dois territórios separatistas.

Governo diz que não pretende atacar
Nesta sexta-feira, ministro ucraniano da Defesa foi ao Parlamento do país e disse que o governo não tem a intenção de executar ofensivas contra os territórios separatistas do leste do país ou da península anexada da Crimeia. "Reforçamos nossa defesa, mas não temos a intenção de executar nenhuma ofensiva contra estes territórios", disse o ministro Oleksiy Reznikov no Parlamento.

Os Estados Unidos e o Reino Unido acusam a Rússia de querer incitar a violência nesses territórios controlados por separatistas pró-Rússia para encontrar uma razão para invadir a Ucrânia, para cujas fronteiras foram enviados cerca de 150 mil soldados.

Ucrânia descarta ofensiva
A Ucrânia não tem a intenção de executar ofensivas contra os territórios separatistas do leste do país ou da península anexada da Crimeia, afirmou nesta sexta-feira (18) o ministro ucraniano da Defesa.

Posts Relacionados

Temos mais armas nucleares que a Europa toda, diz Putin

Temos mais armas nucleares que a Europa toda, diz Putin

Presidente russo afirmou também estar certo de sua vitória na guerra da Ucrânia, mas disse estar aberto a negociações de paz

Eleições no Parlamento Europeu começam

Eleições no Parlamento Europeu começam

A eleição para o Parlamento Europeu é a segunda maior votação do mundo. Espera-se que a participação neste ano seja a maior da história

Biden tenta reforçar aliança com europeus

Biden tenta reforçar aliança com europeus

Presidente dos EUA chegou a Paris para participar das celebrações pelos 80 anos do Dia D. Ele se reunirá com o rei Charles III

Claudia Sheinbaum influencia eleições dos EUA

Claudia Sheinbaum influencia eleições dos EUA

Presidente eleita assumirá o cargo um mês antes do pleito americano. Biden e Trump duelam para controlar a narrativa sobre migrantes

África do Sul tem eleições mais acirradas

África do Sul tem eleições mais acirradas

Serão eleitos 400 deputados nomeados proporcionalmente, indicados por 50 partidos. O novo Parlamento nomeará o próximo presidente

Gema de ovo é boa para a memória? Sal é vilão? O que ajuda na saúde do cérebro

Gema de ovo é boa para a memória? Sal é vilão? O que ajuda na saúde do cérebro

Peixes gordos, oleaginosas, frutas e vegetais escuros contêm propriedades importantes para o nosso cérebro

Forças de Israel e do Egito trocam tiros em fronteira

Forças de Israel e do Egito trocam tiros em fronteira

Sites locais falam ainda de um soldado egípcio morto. Exército de Israel confirma que houve um "incidente" na fronteira

Acaba mandato de Zelensky, mas continua presidente

Acaba mandato de Zelensky, mas continua presidente

Terminou oficialmente na segunda-feira (20) o mandato do presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky. Apesar disso, ele seguirá como chefe do Executivo do país. Em guerra

pt_BRPortuguese