Voltar ao Início

Você está em:

Lula abre as portas da Granja do Torto ao agronegócio para melhorar relação

Encontros serão compostos por reuniões formais e churrascos com os participantes a cada 15 dias
Amanda Omura

Amanda Omura

Em mais uma ação para se aproximar do agronegócio, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) passará a organizar eventos frequentes com representantes do setor dentro da Granja do Torto, residência de veraneio da Presidência da República. O primeiro encontro está previsto para a semana que vem, com o setor de fruticultura e produção de sucos.

Haverá uma reunião de trabalho mais formal, em que representantes do setor vão sentar à mesa com o presidente, ministros e outros auxiliares do governo. Em seguida, o presidente fará um churrasco com os participantes. A ideia é organizar as reuniões sempre no final de tarde para que os convidados fiquem para a churrascada à noite.

O governo planeja fazer esses encontros a cada 15 dias. Cada reunião será com um setor diferente do agronegócio. A Granja do Torto era muito utilizada por Lula nos dois primeiros mandatos como um espaço de confraternização com parlamentares.

A residência passou por uma reforma em 2023. No final do ano, Lula recebeu deputados, senadores e ministros para uma confraternização no Torto, com forró e comida nordestina. Até o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, considerado um desafeto de Lula, esteve no encontro e conversou durante muito tempo com Lula, de forma bastante descontraída.

Uma parcela considerável do agronegócio se engajou no apoio ao ex-presidente Jair Bolsonaro. Empresários do setor, inclusive, são suspeitos de financiar manifestações de caráter golpista, como a do dia 08 de janeiro de 2023.

O Palácio do Planalto aposta que os bons resultados do agronegócio no governo Lula, as ações do governo direcionadas ao setor, além da abertura de novos mercados no exterior, vão atrair o apoio de uma parte do agro. Nas próximas semanas, o presidente deve visitar estados em que o setor é representativo, sobretudo no Centro-Oeste, e fazer anúncios.

Numa outra frente para melhorar a popularidade, Lula determinou a ministros e auxiliares que busquem formas de reduzir o preço do arroz, feijão, milho e trigo. A determinação ocorre no momento em que Lula vem sofrendo uma queda na avaliação, de acordo com pesquisas divulgadas na semana passada.

Posts Relacionados

O que é o Sistema Nacional de Cultura, sancionado por Lula nesta semana

O que é o Sistema Nacional de Cultura, sancionado por Lula nesta semana

Mecanismo tem sido chamado de 'SUS da Cultura' e promete facilitar o acesso aos financiamentos no segmento

Em meio a crise na Petrobras, governo resolve pagar metade dos dividendos

Em meio a crise na Petrobras, governo resolve pagar metade dos dividendos

Com pagamento de aproximadamente R$ 20 bilhões, União terá direito a R$ 6 bilhões, valor que ajudará na meta fiscal

Haddad repete apelo por ‘pacto’ entre Poderes para cumprimento de metas

Haddad repete apelo por ‘pacto’ entre Poderes para cumprimento de metas

Pacheco, presidente do Senado, declarou a perda de validade de trechos da MP editada pelo governo para elevar receitas

Câmara aprova retrocessos na pauta ambiental e pode fragilizar prevenção

Câmara aprova retrocessos na pauta ambiental e pode fragilizar prevenção

Textos liberam garimpo em reservas, flexibilizam medidas contra incêndios e extinguem taxas que custeiam Ibama

No Brasil, Macron pretende negociar investimentos bilaterais

No Brasil, Macron pretende negociar investimentos bilaterais

Presidente francês passará por 4 cidades em 3 dias a partir da semana que vem; comitiva terá cerca de 140 empresários

Bloqueio no orçamento deve ser de menos de R$ 5 bilhões, diz Haddad a Lula

Bloqueio no orçamento deve ser de menos de R$ 5 bilhões, diz Haddad a Lula

Valor do bloqueio deve ficar em R$ 3 bilhões. Lula comemorou a notícia com os integrantes da equipe econômica

PF diz que Bolsonaro agiu com consciência e pediu falsificação de cartões de vacina

PF diz que Bolsonaro agiu com consciência e pediu falsificação de cartões de vacina

Relatório de inquérito indicia ex-presidente por associação criminosa e inserção de dados falsos em sistema

Governo deve realizar ações para proteção ao meio ambiente na Amazônia

Governo deve realizar ações para proteção ao meio ambiente na Amazônia

Executivo terá de apresentar plano para fiscalização, combate a crimes ambientais, e medidas para reduzir o desmatamento

pt_BRPortuguese