Voltar ao Início

Você está em:

Lula diz que conversou com dezenas de chefes de estado: ‘estamos voltando ao mundo’

Lula também recebeu a indicação de que a Noruega retomará a ajuda financeira contra o desmatamento da Amazônia
Amanda Omura

Amanda Omura

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse, em seu perfil no Twitter, nesta terça-feira (1º), ter conversado com diversos chefes de Estado e que o Brasil está “voltando para o mundo".

Ontem conversei com dezenas de chefes de estado. Todos querem ampliar as parcerias e trabalho conjunto com o Brasil no comércio, na questão do clima e nos grandes temas globais. Estamos voltando ao mundo.

Após ser eleito com 50,9% dos votos válidos no último domingo (30), Lula recebeu felicitações de diversos líderes mundiais, como Joe Biden (EUA), Emmanuel Macron (França), Gabriel Boric (Chile), Luis Alberto Lacalle Pou (Uruguai), Andrés Manuel López Obrador (México), Justin Trudeau (Canadá), Narendra Modi (Índia), Xi Jinping (China), Pedro Sánchez (Espanha), Isaac Herzog (Israel), Marcelo Rebelo de Sousa (Presidente de Portugal) e outros.

Além das felicitações, Lula também recebeu a indicação de que a Noruega retomará a ajuda financeira contra o desmatamento da Amazônia no Brasil, congelada durante a gestão do presidente Jair Bolsonaro (PL), derrotado no segundo turno.

O ministro norueguês do Meio Ambiente fez o anúncio nesta segunda (31), menos de 24h após a vitória de Lula.

Biden, dos Estados Unidos, ligou para Lula ainda nesta segunda para cumprimentar o petista. A ligação durou cerca de 20 minutos, segundo o governo americano. Biden disse que os EUA estão montando uma equipe para discutir o que pode ser feito em conjunto com o Brasil quando Lula assumir o cargo em janeiro.

De acordo com uma nota do governo dos EUA, durante a conversa Biden elogiou a força das instituições democráticas brasileiras após eleições livres, justas e confiáveis

‘Não existem dois Brasis’, diz Lula no primeiro discurso como presidente eleito

Minutos depois de o TSE proclamar o resultado das urnas, Luiz Inácio Lula da Silva leu um primeiro pronunciamento à nação e voltou a se dirigir aos brasileiros um pouco mais tarde da forma que se habituou a fazer desde os tempos de líder sindical.

Posts Relacionados

Lula quer lançar crédito para permitir que inscritos no CadÚnico possam empreender

Lula quer lançar crédito para permitir que inscritos no CadÚnico possam empreender

A expectativa é que nessa linha de crédito as taxas de juros sejam a metade do que o Pronampe cobra

PL das redes sociais pode entrar na pauta do Colégio de Líderes esta semana

PL das redes sociais pode entrar na pauta do Colégio de Líderes esta semana

Orlando Silva tenta colocar projeto na pauta da Câmara, mas diz que tema polêmico e lobby das "big techs" atrapalham

O que é o Sistema Nacional de Cultura, sancionado por Lula nesta semana

O que é o Sistema Nacional de Cultura, sancionado por Lula nesta semana

Mecanismo tem sido chamado de 'SUS da Cultura' e promete facilitar o acesso aos financiamentos no segmento

Em meio a crise na Petrobras, governo resolve pagar metade dos dividendos

Em meio a crise na Petrobras, governo resolve pagar metade dos dividendos

Com pagamento de aproximadamente R$ 20 bilhões, União terá direito a R$ 6 bilhões, valor que ajudará na meta fiscal

Haddad repete apelo por ‘pacto’ entre Poderes para cumprimento de metas

Haddad repete apelo por ‘pacto’ entre Poderes para cumprimento de metas

Pacheco, presidente do Senado, declarou a perda de validade de trechos da MP editada pelo governo para elevar receitas

Câmara aprova retrocessos na pauta ambiental e pode fragilizar prevenção

Câmara aprova retrocessos na pauta ambiental e pode fragilizar prevenção

Textos liberam garimpo em reservas, flexibilizam medidas contra incêndios e extinguem taxas que custeiam Ibama

No Brasil, Macron pretende negociar investimentos bilaterais

No Brasil, Macron pretende negociar investimentos bilaterais

Presidente francês passará por 4 cidades em 3 dias a partir da semana que vem; comitiva terá cerca de 140 empresários

Bloqueio no orçamento deve ser de menos de R$ 5 bilhões, diz Haddad a Lula

Bloqueio no orçamento deve ser de menos de R$ 5 bilhões, diz Haddad a Lula

Valor do bloqueio deve ficar em R$ 3 bilhões. Lula comemorou a notícia com os integrantes da equipe econômica

pt_BRPortuguese