Voltar ao Início

Você está em:

Menopausa está diretamente ligada ao declínio da saúde cardiovascular

Uma segunda análise exploratória revelou que a reposição hormonal diminuía o LDL e aumentava o HDL, o bom colesterol
Picture of Amanda Omura

Amanda Omura

Na semana passada, a Sociedade Europeia de Cardiologia fez um alerta que interessa a todas as mulheres: as alterações hormonais que ocorrem no climatério, isto é, a fase que compreende a transição do período reprodutivo para o não reprodutivo, estão diretamente relacionadas ao declínio da saúde cardiovascular feminina. A pesquisa, publicada na revista científica “European Journal of Preventive Cardiology”, que pertence à entidade, indica que os níveis do mau colesterol sobem durante a menopausa e 10% dessa oscilação para cima estão atrelados à queda na produção o estrogênio, o hormônio protetor feminino, e ao aumento do FSH (hormônio folículo-estimulante). As mulheres costumam entrar na menopausa entre os 48 e 52 anos e estudos anteriores já haviam assinalado a elevação do risco para doença cardiovascular.

“Não se pode evitar a menopausa, mas é possível diminuir os fatores de riscos através de atividade física e alimentação saudável”, afirmou Eija Laakkonen, PhD em gerontologia e professora da Universidade de Jyväskylä, na Finlândia. “As mulheres devem prestar atenção na qualidade das gorduras que constam de sua dieta e fazer exercício para manter sua aptidão cardiorrespiratória. A reposição hormonal é uma opção a ser discutida com o médico”, acrescentou.

A pesquisa contou com 218 participantes que se encontravam na perimenopausa e não faziam uso de reposição hormonal. Além do estrogênio e FSH, foram medidos os níveis de 180 metabólitos, entre lipídios, lipoproteínas e aminoácidos – termo que se aplica aos produtos do metabolismo de uma molécula. Essas mulheres se submeteram a exames de sangue a cada três ou seis meses e foram monitoradas até a pós-menopausa. Ao longo do estudo, 35 delas passaram a fazer reposição.

A doutora Laakkonen explicou que houve uma mudança significativa de 85 metabólitos, com impacto no LDL, o chamado mau colesterol, e nos triglicerídeos. Uma segunda análise exploratória revelou que a reposição hormonal diminuía o LDL e aumentava o HDL, o bom colesterol. “Nossa investigação indicou que iniciar a terapia de reposição hormonal no período de transição para a menopausa oferece uma maior proteção cardiovascular, mas não podemos tirar conclusões definitivas dado o pequeno número de participantes. As mulheres devem discutir o assunto com os profissionais de saúde a que têm acesso”, concluiu.

Tratamento
A terapia de reposição hormonal tem a vantagem de aliviar os sintomas físicos (fogachos), psíquicos (depressão, irritabilidade) e os relacionados com os órgãos genitais (secura vaginal, incontinência urinária) no climatério. Além disso, funciona como proteção contra a osteoporose e assegura melhor qualidade de vida para a mulher.

Posts Relacionados

Mitos e fatos sobre nutrição: o glúten realmente faz mal?

Mitos e fatos sobre nutrição: o glúten realmente faz mal?

O glúten tem sido o vilão: cada vez mais pessoas não toleram o conjunto de proteínas encontrados no trigo e em outros grãos

Como determinar o tamanho ideal das porções de comida para cada pessoa

Como determinar o tamanho ideal das porções de comida para cada pessoa

Além da qualidade dos alimentos, também é importante consumir uma quantidade adequada. Como calcular isso?

Passar protetor solar apenas em algumas partes do rosto traz alerta para saúde

Passar protetor solar apenas em algumas partes do rosto traz alerta para saúde

Prática que visa criar um 'jogo de luz e sombra na pele' ao passar protetor solar apenas em partes do corpo não é recomendada

Por que o álcool é tão perigoso para o cérebro dos jovens

Por que o álcool é tão perigoso para o cérebro dos jovens

O álcool é uma toxina. Seus riscos incluem acidentes, doenças do fígado e muitos tipos de câncer, até em pequenas quantidades

Candidíase em homens: como surge a infecção que causa coceira e manchas

Candidíase em homens: como surge a infecção que causa coceira e manchas

A 'Candida albicans' é um tipo de fungo que normalmente coexiste em equilíbrio na microbiota humana, e faz parte do corpo

Cosméticos: quais substâncias nossa pele consegue ou não absorver

Cosméticos: quais substâncias nossa pele consegue ou não absorver

Marketing traz apelo de várias substâncias com promessas de resultados, mas nem tudo é absorvido pela pele

A teoria do ‘útero errante’ que deu origem ao ultrapassado conceito de histeria

A teoria do ‘útero errante’ que deu origem ao ultrapassado conceito de histeria

Esta crença existiu há mais de 2,4 mil anos, mas o paradigma sobre como o suposto 'animal' afetava o corpo se manteve

Psicóloga incentiva adultos a cuidarem de sua criança interior para superar traumas

Psicóloga incentiva adultos a cuidarem de sua criança interior para superar traumas

Com mais de 8 milhões de seguidores, Nicole Lepera fala sobre como os traumas influenciam a vida adulta em vídeos

pt_BRPortuguese