Voltar ao Início

Você está em:

Modric vê Brasil favorito e elogia Vinicius Junior: “Temos a difícil missão de pará-lo”

Na véspera do confronto pelas quartas de final, craque da Croácia fala sobre expectativa de encarar brasileiros
Amanda Omura

Amanda Omura

À véspera do confronto, a expectativa. Nesta quinta-feira, Luka Modric admitiu que espera muita dificuldade diante do Brasil no duelo pelas quartas de final da Copa do Mundo do Catar. Especialmente de um jogador com quem convive muito: Vinicius Junior. O craque da Croácia retribuiu os elogios que recebeu do jovem brasileiro e elogiou a evolução do atacante.

– Na realidade é muito bom saber que o Vinicius está me elogiando, me parabenizando. Ele é excelente jogador, pessoa muito boa. Tem muita capacidade física e desde que ele entrou no Real, ele demonstra isso no clube em todos os jogos e também no vestiário.

"Ele está fazendo a mesma coisa nesta Copa. Temos difícil missão de tentar pará-lo", afirmou.

Modric admitiu que seu conhecimento sobre o estilo dos companheiros brasileiros de Real Madrid pode ser um trunfo na partida desta sexta.

– Claro, posso dar conselhos aos meus colegas croatas. Mas se puder ajudá-los dando uma dica, para tentar neutralizá-los, claro que vou fazer. Todos nós estamos representando aqui nossas seleções - afirmou.

Brasil x Croácia acontece nesta sexta, às 12h (de Brasília), no estádio Cidade da Educação.

O meia do Real Madrid não hesitou em jogar o favoritismo para a seleção brasileira e disse que, para ganhar, a Croácia terá de se superar.
– Fizemos algo muito bom de chegar às quartas. Mas independentemente disso, queremos mais. A maior partida da Copa do Mundo está à nossa frente. Brasil é sempre favorito, mas especialmente nesta Copa, acredito que mereça sim ser favorito. Temos que ser nós mesmos, dar nosso melhor. Assim como já fizemos aqui em cada partida. Temos que dar o nosso melhor. Se assim fizermos, ter a chance de vencer. Não podemos ficar satisfeitos só com as quartas.

Zlatko Dalic, técnico da Croácia, minimizou as críticas às danças brasileiras em comemoração aos gols na Copa. O treinador admitiu que não gostaria de ver seus jogadores repetirem os gestos, mas afirmou que os rivais desta sexta têm o direito de comemorar como quiserem.

Posts Relacionados

Regulamento exige acordo do Corinthians com Mano antes de registro de novo treinador

Regulamento exige acordo do Corinthians com Mano antes de registro de novo treinador

Diretoria do Timão precisa "comprovar a quitação ou formalização do acordo de rescisão trabalhista" para poder registrar outro profissional

Diniz vê elenco inchado, e Fluminense terá saídas neste início de temporada

Diniz vê elenco inchado, e Fluminense terá saídas neste início de temporada

O atacante Yony González é outro que tem chances de deixar o clube e recebeu sondagens do mercado sul-americano

Fernando Diniz fala da saída da Seleção: “Queria que tivesse sido diferente”

Fernando Diniz fala da saída da Seleção: “Queria que tivesse sido diferente”

Ednaldo Rodrigues, presidente da CBF, alegou ter um compromisso com Mário Bittencourt, presidente tricolor, de não prejudicar o Fluminense

Diretor do Atlético-MG Rodrigo Caetano negocia detalhes com a CBF

Diretor do Atlético-MG Rodrigo Caetano negocia detalhes com a CBF

Dorival Júnior, atual treinador da seleção brasileira, é velho conhecido de Rodrigo, já que trabalharam juntos em outras oportunidades

John Textor acrescenta novo capítulo às rusgas entre Botafogo e Palmeiras

John Textor acrescenta novo capítulo às rusgas entre Botafogo e Palmeiras

A confusão entre as equipes iniciou no dia 1º de novembro, dia da vitória palmeirense por 4 a 3 sobre o Glorioso no engenhão

Gabigol prevê final entre Flamengo e Fluminense no Carioca e faz aposta com Zico

Gabigol prevê final entre Flamengo e Fluminense no Carioca e faz aposta com Zico

Flamengo e Fluminense vêm decidindo o Estadual nos últimos quatro anos. Em 2020 e 2021, deu Rubro-Negro

Lei que visa impedir o doping acidental é avanço na educação sobre o assunto

Lei que visa impedir o doping acidental é avanço na educação sobre o assunto

Autor do Projeto de Lei sancionado, afirma que norma derruba tese para atletas que façam uso consciente de substâncias dopantes

Palmeiras arrecada R$ 13 milhões após primeiro ano de plataforma digital

Palmeiras arrecada R$ 13 milhões após primeiro ano de plataforma digital

Em celebração ao aniversário da Palmeiras Pay, clube divulgou premiação ao longo do ano que sorteará carro, moto e produtos oficiais

pt_BRPortuguese