Voltar ao Início

Você está em:

Na contramão do país, SP registra queda de 16% em casos de dengue em 2023

Também houve queda de 31,4% na quantidade de óbitos causados pela doença, segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde
Amanda Omura

Amanda Omura

Os casos de dengue caíram 16,4% no estado de São Paulo em 2023, na comparação com o mesmo período do ano passado. Também houve uma queda de 31,4% na quantidade de óbitos causados pela doença. Os dados são da Secretaria de Estado da Saúde.
Neste ano, até o dia 27 de março, São Paulo havia confirmado 61,3 mil diagnósticos de dengue em todo o estado e 48 mortes. No mesmo período de 2022, 73,4 mil casos haviam sido registrados, com 70 óbitos.

Histórico
No ano passado, os casos haviam voltado a crescer na comparação com 2021. O aumento era de 39% dos casos e 311% das mortes. No período anterior, entre 2020 e 2021, o registro era de queda de 57,9% dos diagnósticos e diminuição de 81,3% dos óbitos pela doença.

Em nota, a Secretaria de Estado da Saúde informou que “a queda no número de casos no Estado de SP deve-se a diversas ações realizadas pelo governo em apoio e parceria com os municípios, que são responsáveis pelo trabalho de campo para a prevenção à doença. Em novembro de 2022, de maneira preventiva, o Governo de SP repassou R$ 93 milhões aos 645 municípios para ações de controle da dengue, zika vírus e chikungunya".

Ainda segundo o comunicado, "de 20 a 25 de março deste ano, o Estado de SP realizou a Semana Estadual de Mobilização Social contra o mosquito Aedes aegypti, com ação nos 645 municípios e, atualmente, está em andamento a campanha de comunicação "Qual o animal mais perigoso do mundo?", que traz orientações sobre prevenção e ações em casos de sintomas da doença e busca mobilizar os cidadãos a participarem efetivamente do combate”.
De acordo com a pasta, o período de maior transmissão da dengue inicia-se no final da primavera e ocorre até o início do outono, quando as condições climáticas são mais favoráveis à proliferação do vetor. “No inverno, a tendência é de diminuição de casos, entretanto, a dengue é uma doença sazonal. Há meses do ano em que é possível observar uma alta na taxa de transmissão, além de ocorrer ciclos epidêmicos e interepidêmicos de um ano para outro.”

Dengue pelo Brasil
Pelo país, o cenário é diferente: os casos de dengue aumentaram em mais de 53% de janeiro até agora, em comparação ao mesmo período do ano passado. O mais recente boletim epidemiológico do governo federal aponta que, até 18 de março, o país registrou 404.485 casos prováveis de dengue e 117 óbitos causados pela doença. Os índices preocupam o Ministério da Saúde.

Posts Relacionados

Rio proíbe uso de celulares nas escolas até no recreio; veja exceções

Rio proíbe uso de celulares nas escolas até no recreio; veja exceções

A medida veio depois de uma consulta pública, aberta em dezembro, em que 83% concordaram com a restrição

Um terço dos eleitores do RJ ainda não tem biometria cadastrada; prazo vai até maio

Um terço dos eleitores do RJ ainda não tem biometria cadastrada; prazo vai até maio

TRE-RJ quer cadastrar cerca de 4,4 milhões de eleitores até eleições municipais. Total representa 34,15% do eleitorado do estado

Entenda por que tem mais dengue com o El Niño e por que a situação pode piorar

Entenda por que tem mais dengue com o El Niño e por que a situação pode piorar

É esperado um pico da epidemia para o final de março e começo de abril, o que gera uma 'perspectiva grande de piorar o quadro'

Ambev começa credenciamento de ambulantes para trabalhar no carnaval

Ambev começa credenciamento de ambulantes para trabalhar no carnaval

Segundo a empresas, podem se inscrever somente pessoas maiores de 18 e que possuam residência no município de São Paulo

Celular Seguro ultrapassa 12 mil alertas de roubo ou perda um mês após lançamento

Celular Seguro ultrapassa 12 mil alertas de roubo ou perda um mês após lançamento

O principal motivo de bloqueio foi roubo (5.496 ocorrências), seguido de furto (3.965), perda (2.549) e outros (601)

Mais de um terço dos municípios têm moradores em áreas de risco de desastres

Mais de um terço dos municípios têm moradores em áreas de risco de desastres

Documento de ministérios do governo federal identificou 1.942 cidades com regiões suscetíveis a deslizamentos, enxurradas e inundações

Leilão da Receita tem carro por R$ 15 mil e celulares por R$ 500; veja como participar

Leilão da Receita tem carro por R$ 15 mil e celulares por R$ 500; veja como participar

As propostas de valor para o leilão podem ser feitas até as 21h do dia 29 de janeiro, e a sessão pública para lances ocorre

Cultura e saúde mental: para 54%, atividades culturais são a principal fonte de bem-estar

Cultura e saúde mental: para 54%, atividades culturais são a principal fonte de bem-estar

Pesquisa mostrou que 42% das pessoas passaram por problemas de saúde mental no último ano

pt_BRPortuguese